Últimas

Quarta-Feira, 02 de Abril de 2008, 21h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

JUDICIÁRIO

Justiça obriga Funasa a pagar salários em 48h

  A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) tem 48 horas para depositar R$ 949,9 mil para os servidores da Ong FunSaúde que estão com salários e benefícios atrasados desde dezembro do ano passado. A determinação é do juiz José Hortêncio Ribeiro Júnior, da 23ª Vara do Trabalho de Barra do Garças. Pelo menos 200 funcionários estão em greve e devem retomar às atividades assim que a liminar for cumprida.

    Segundo o servidor da FunSaúde, Gilson Gonzaga, o comunicado será feito nesta quinta (3), às 8h, para o grupo de manifestantes em Barra do Garças. Ele está otimista pelo fim da greve e estima que já na segunda o atendimento será regularizado. A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Mato Grosso (Sindsep-MT) comemora a decisão.

   O próximo passo dos servidores é debater as condições precárias de trabalho, como, por exemplo, a falta do fornecimento de alimentos e medicamentos, a dificuldade de transporte, bem como a morosidade na realização de exames ou tratamentos de saúde.

    Desde a última segunda (31), sete unidades do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) ligadas à Funasa tiveram suas atividades interrompidas no Estado. Ao todo, os pólos de Barra do Garças, Campinápolis, Água Boa, Nova Xavantina, Primavera do Leste (Sangradouro) e Paranatinga atendem mais de 13 mil índios da etnia Xavante que passam por tratamento de saúde, odontológico e assistência social. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Extremista vai ter que se explicar na PF

Marcelo Stachin 400   O barulhento militante de extrema-direita Marcelo Stachin (foto) tem perdido o palco desde que teve um pífio desempenho nas urnas e acabou com apenas 0,8% dos votos para prefeito de Sinop. Em sua busca incessante por aparecer, o bolsonarista, que é investigado pelo STF por espalhar fake news, decidiu ironizar e...

Prefeitos, MPE e afastamento do cargo

jose antonio borges 400 Prefeitos de MT que descumprirem as diretrizes do decreto estadual que impôs o toque de recolher em todo o território podem até mesmo ser afastados do cargo. O alerta é do procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira (foto), e reforçada pelo procurador Domingos...

Prefeito se rebela e é enquadrado

vander masson 400 curtinha O prefeito de Tangará da Serra Vander Masson (foto), do PSDB, bem que quis ser rebelde, mas acabou enquadrado pelo MPE. Vander fez um decreto mais ameno que o do governo do Estado, impondo toque de recolher a partir das 23h, mas teve de recuar após ser notificado pelo MPE. Nas redes sociais, para evitar desgaste com...

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...