Últimas

Segunda-Feira, 21 de Janeiro de 2008, 10h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

JUDICIÁRIO

Justiça obriga o envio de defensor para Tapurah

  A Justiça obrigou a Defensoria Pública, sob Carol Rotini, a designar um defensor para atuar na Comarca de Tapurah (a 414 km da Capital). Para não incorrer no descumprimento da decisão e, com isso, vir a pagar multa diária de R$ 25 mil, Carol escalou um defensor para atuar no município. A Procuradoria-Geral do Estado ingressou com recurso para tentar reverter a decisão, mas o Tribunal de Justiça indeferiu o pedido. Cabe à Defensoria, que está vinculada à máquina do governo estadual, mesmo contando com autonomia, atuar como advogada daqueles que não possuem condições financeiras para arcar com honorários de um advogado particular.

  Pressionada judicialmente, Carol Rotini  encaminhou para trabalhar no município a defensora Gisele Chimati Berna. Além de Tapurah, também foram contempladas as cidades de Querência (a 912 km da Capital) e Ribeirão Cascalheira. No caso de Querência, a defensora Kelly Christina Veras Otácio vai atender a comunidade durante três vezes por semana. Já em Ribeirão Cascalheira a assessoria se dará por duas vezes semanais.

   Instituída no governo Dante de Oliveira e com uma década de atraso, a Defensoria Pública do Estado conta hoje com 116 advogados, incluindo os 42 recém-empossados. Mesmo com um orçamento superior a R$ 50 milhões e com nova estrutura, a Defensoria não está presente em todos os municípios. Atende hoje a 57 comarcas. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • César Romero | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E o Assessor da DD. Defensora Geral, que acabou de passar no concurso, pq já esta aqui em Cuiabá? e a esposa de um Juiz que tbém acabou de passar no Concurso, pq já está aqui em Cuiabá tbém ? desse jeito nunca vai ter para as Comarcas do interior !!!

  • MILENA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE TAL UMA AUDITORIA NESSA DEFENSORIA?E QUEM FAZ MESTRADO NA ARGENTINA,ÀS CUSTAS DA DEFENSORIA?

  • Geraldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gostaria de parabenizar o grandioso trabalho feito pela Defensoria Pública em nossa capital.

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na minha opinião o MP incorreu em erro, pois possivelmente foi ele a parte autora do processo que culminou nessa decisão.

    A Defensoria Pública neste estado funciona com míseros reais, sendo que na maioria das vezes é um Defensor e um estagiário para atender a universo muito grande trabalho, quando não são funcionários cedidos das prefeituras.

    Já o MP e a Justiça Pública, possuem milhares de trabalhadores, as vezes até demais, vemos todos os anos o Defensor Geral mendigar para o Governador uma verba um pouco melhor para atender os anceios da Defensoria.

    Agora vem uma ordem judicial dessas, obrigando a Defensora Geral a "criar" tal qual um passe de mágica um cargo para essas comarcas sem, contudo, aumentar a verba destinada a esse órgão.

    O pior de tudo é saber que o Tribunal(de faz) de Contas recebe 4 vezes mais, para julgar politicamente contas deste estado, aprovando coisas bizarras e sem fazer muito pela população carente.

    É bem Mato Grosso...

  • juliana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SE A DEFENSORA GERAL RETIRAR DA SUA ASSESSORIA A ESPOSA DO SECRETÁRIO CARLOS BRITO,A IRMÃ DO SUB PROCURADOR GERAL E OUTROS APANIGUADOS QUE NÃO EXERCEM A FUNÇÃO PARA A QUAL PASSARAM NO CONCURSO QUE VAI COMEÇAR A SOBRAR DEFENSORES PARA SANAR A DEMANDA QUE EXISTE EM VÁRIOS MUNICIPIOS.É SO OLHAR O TANTO DE DIÁRIAS QUE SÃO GASTAS NESSE ÓRGÃO E QUEM SÃO OS BENEFICIÁRIOS DAS MESMAS.É UMA GRANDE FARRA SIM O QUE EXISTE NESSA DEFENSORIA.E O CORREGEDOR QUEM É?QUEM ELEGEU A ATUAL E NEM LÁ APARECE...ACORDA BLAIRO PORQUE A POPULAÇÃO JÁ ACORDOU COM ESSA QUEBRA DE PARADIGMAS.....

Magistrado quer restrições mais duras

orlando perri 400 curtinha   Ao deferir pedido de liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo chefe do MPE-MT, José Antonio Borges, em meio a conflitos de normas editadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da Capital, o desembargador Orlando Perri (foto) enfatiza que é preciso endurecer as medidas...

Paisagista, aliança com Pátio e a AL

claudio paisagista 400   Claudio Ferreira, o Paisagista (foto), está tão empolgado com a votação para prefeito de Rondonópolis no ano passado que pretende encarar outro teste das urnas, agora para deputado estadual, em 2022. Pelo DC, ele tentou a sucessão municipal e chegou a 17.498 votos, ficando...

90 novas UTIs só neste ano em MT

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que o governo estadual tem se empenhado ao máximo na luta pelo combate ao novo coronavírus. E enfatiza que somente neste início de ano, o Estado já habilitou 90 novos leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19. Entre janeiro e março, foram abertos...

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...