Últimas

Sábado, 22 de Agosto de 2009, 12h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

REPERCUSSÃO

Leitores têm posições divergentes sobre queda de Muniz

   A decisão do ministro Joaquim Barbosa, do STF, de manter a cassação do deputado estadual Percival Muniz (PPS) provocou reações favoráveis e contrárias de vários leitores do RDNews. Alguns comentários postados à matéria "Muniz é cassado pelo STF; vaga na AL fica com Nataniel" saíram em defesa do parlamentar, enquanto outros disseram que "já vai tarde demais". Há aqueles que classificam a decisão monocrática do ministro de "manobra política para prejudicar o deputado, que aparece com elevado percentual de intenções de voto na última pesquisa do instituto Mark" feito em Rondonópolis.

   “Ta na cara as manobras. A decisão foi tomada no dia em que saiu a pesquisa em que Muniz é o melhor avaliado, mais que Blairo Maggi (PR) e Wilson Santos (PSDB). A inveja é um problema, deputado. Sorte nessa empreitada”, escreveu Carlos Oliveira. O primeiro suplente de vereador por Rondonópolis, Thiago Muniz (PPS), sobrinho de Percival Muniz, endossou o comentáio de Carlos Oliveira. “É o efeito de estar liderando as pesquisas para governador em Rondonópolis e crescendo em outros municípios. Fazer o que? Em política existem dessas coisas”, ironizou.

   De Rondonópolis, o leitor Gabriel Castro disse que informações de bastidores apontam que o ministro Joaquim Barbosa é historicamente ligado ao PT. Por sua vez, “o Percival ultimamente não tava muito ligado ao PT. Alguma coincidência? Hein, Serys?”.  Em favor da decisão de Joaquim Barbosa, o leitor Paulo da Silva, também de Rondonópolis, escreveu que a Justiça tarde e, às vezes, não falha. “Parabéns ao ministro Joaquim Barbosa. Existem outros que merecem muito mais essa vaga na AL. Então, abre alas aos suplentes sofredores”. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Paula Mendes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    oh, justiça dos homens, quanto é cega, meu Deus!!!enquanto isso, o CAITITU MOR RIVA, que possui dezenas de processos na justiça continua inculúme, safa-se inexplicavelmente das mãos da justiça, é o fim da picada!

  • Jorge Borges | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson. Não sabia desta triste notícia. Tem tanta gente ruim para cassar, vão cassar justo o Percival? Deixa ele trabalhar.. Cassa o Riva, ou cassa o Bosaipo do TCE..
    Num é possível que perderemos o único deputado com voz ativa no estado.

  • Rômulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engraçado, pq não cassaram a Chica Nunes... o Gilmar Fábris... é pq eles não são oposição???
    gostaria da resposta.... estou contigo Percival, o senhor fala a Verdade, e eles tem medo....

  • joao luis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom realmente o Bosaipo e o riva jamais serão bulidos o dinheiro falam mais alto, mas tenho plena ideia que isso tem dedo da turma da botina, a turma da botina conhece o poder de fogo que o percival tem nas mangas, o Blairo jamais tem reconhecimento o que percival fez a eles, Percival voce e guerreiro e vamos bater de frente rumo ao paiaguas contra tudo e contra todos, na istoria de Rondonopolis nunca teve prefeito igual a voce e nunca tera.

  • memoria curta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Durante todo esse tempo de dep. a unica coisa que gostei desse dep. foi a auto-critica de si mesmo: A muito tempo venho tentado ser dep. e não consigo, aqui na A. legislativa somos todos um bando de caititu.

  • Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quanto às opiniões, é fácil entender porque os eleitores ficam divididos sobre a possível perda de mandato do Dep. Percival Muniz: quem acha que deve perder é porque entre no senso comum de que todos os políticos são iguais, ninguém presta; porém, quem viveu em Rondonópolis e acompanhou a gestão e queda do Prefeito Alberto de Carvalho, vai entender que a multa do TCE é injusta e deveria ser aplicada ao Alberto e não ao Percival

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS