Últimas

Sábado, 21 de Junho de 2008, 11h:08 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

JUDICIÁRIO

Lessa afasta servidores denunciados por desvio

  O desembargador Paulo Lessa, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, determinou o imediato afastamento por 60 dias dos servidores envolvidos no esquema de desvio de dinheiro, que envolve magistrados, durante à gestão do desembargador José Ferreira Leite. A decisão foi determinada nesta sexta (20), através de uma Portaria.

  Cácia Cristina Pereira Senna, Ticiana de Azevedo Silva Côsso e seu esposo Frederico Mauro Venega Côsso são servidores efetivos do TJMT e trabalhavam na Coordenadoria de Magistrados no período de 2003 a 2006.

  Ticiana e Frederico eram assessores do juiz Marcelo Souza de Barros, que foi denunciado pela auditoria realizada pela Corregedoria Geral de Justiça, que também identificou a partição de outros magistrados, tais como: Irênio Lima Fernandes, Marcos Aurélio dos Reis Ferreira e Antônio Horário da Silva Neto, presidente da Associação Mato-grossense dos Magistrados (Amam). Eles são acusados de desviar dinheiro público para a loja maçônica Grande Oriente de Mato Grosso.

  Cácia era a coordenadora de Magistrados e chegou a movimentar, no período de 2003 a 2007, em sua conta no Credjud, R$ 954 mil. Valor incompatível com seu salário que era em média de R$ 5,5 mil. Ticiana e Frederico também registraram uma alta circulação de dinheiro, em valores elevados, nas suas contas bancárias. Outra servidora envolvida é Viviane Moreira Rondon, que à época era contratada e não atua mais no TJ.

  Lessa também determinou o envio de cópias do relatório da auditória para o Ministério Público Federal, devido à existência de fraude contra a Receita Federal. Uma vez que as movimentações registradas nas contas dos suspeitos não foram declaradas. Também há indícios de abuso contra o Sistema Financeiro Nacional, já que também foram constatados sucessivos empréstimos concedidos pela Credijud, com indicação de uso de laranja.  (Alline Marques)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • marcos m | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    È RAMILSON , PARECE Q NO TJMT SÓ TEM LADRÃO
    VC JÁ NOTOU QUE TODA HORA ,O OUTRO LADO
    TE MUNICIA COM NOTAS DESONROSAS , PORÉM NINGUEM
    MANIFESTA REPUDIO PELA DIFAMAÇÃO.
    SÓ CONTRA ATACA , DO TIPO : EU ROUBEI ,
    MAS VOCE TAMBEM ROUBOU.
    ATÉ QUANDO VC NOTIFICARÁ ?
    COMO NOTAS CONFIDENCIAS VÃO PARAR NA MIDIA ?
    O POVO PRECISA SABER........

  • O povo está envergonhado !!! | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Frederico Cosso, COINCIDENTEMENTE, também faz parte dos quadros do GRANDE ORIENTE DO ESTADO DE MATO GROSSO - GOEMT.

    Apenas coincidência ?????????????????????????????????

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse tal Frederico Mauro Venega Côsso parece o rei da cocada preta e agora caiu a mascara é um tremendo de um laranja e ainda querendo ser veneravel de loja maçonica isso é demais pra maçonaria.

  • Fabiana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que acontece qdo a Justiça cai, e ficamos mais vúlneraveis ainda????? Porque eles julgam nossas vidas, é mto poder, quase deuses. Os três poderes com escândalos pipocando? É só isso? Como é sério isso, o povo tem que agir, no voto! Abra o olho......povo.

  • ROGERIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É ISSO AI, O JUDICIARIO DEVE CUIDAR É DELE PRÓPRIO, TEM TRABALHO PRA MAIS DE METRO.

  • nei dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sobra sempre pros mais fracos....

  • Soraia Sanches Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CRUZ CREDO!!!!!!!

    ESSE É O JUDICIÁRIO MATOGROSSENSE...SÓ DEUS PARA TER MISERICÓRDIA DAS NOSSAS VIDAS.

  • jose carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gostaria de esclarecer ao rdnews qye esta havendo equivoco,pois nao houve investinmento dos juizaes e desembargador acusado em loja maçonica,e sim houve investimentos deles como cooperados em uma coperativa bancaria, a maçonaria nao tem nada a ver com isso.

  • marcelo arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson tem que colocar a foto dessas pessoas no seu site quando der a notícia pro leitor ver a cara e saber que todos andam por ai dando uma de bacana com o dinheiro público.

  • léo medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    quanto?

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...