Últimas

Segunda-Feira, 09 de Março de 2009, 08h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Lessa deixa "herança" de R$ 200 mi para Travassos

   O novo Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Remuneração (SDCR) do Judiciário causará um rombo de R$ 200 milhões porque foram feitos reenquadramento dos salários e com datas retroativas dos débitos aos funcionários. A esposa do ex-presidente do TJ, desembargador Paulo Lessa, Déa Maria de Barros Lessa receberá, por exemplo, R$ 932,9 mil, revela o jornal A Gazeta - confira aqui. O novo plano já foi apresentado ao Conselho Nacional de Justiça, mas o novo presidente do TJ, desembargador Mariano Travassos, interferiu e, por meio de liminar, suspendeu o SDCR.

  Além de Déa Lessa, o novo Plano contempla também na lista de privilegiados a sua própria irmã Dirce Maria de Barros Viegas Lobo, ex-diretora-geral do Tribunal, com mais de R$ 400 mil; Maristela Costa Ricci, que terá direito a R$ 270 mil e, Sandra Maria Curvo de Barros Garcia, com R$ 154,1 mil. Segundo levantamento do CNJ, 10 servidores receberão reenquadramento que variam de R$ 25,6 mil a R$ 270 mil.

   O novo presidente do TJ conseguiu suspender três itens do SDRC. Ele proibiu o pagamento de adicional por tempo de serviço sobre o subsídio dos servidores, o acúmulo de salários de cargos efetivos e comissionados e derrubou a aplicação retroativa do novo sistema de cálculo salarial. O SDCR foi regulamentado pela lei estadual 8.814, do ano passado, durante a gestão Lessa. Não existe nenhum balanço de quanto já foi pago aos funcionários. Antes de sua saída do comando do Judiciário, Lessa havia anunciado reajuste de 11% aos servidores - saiba mais aqui. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Eduarda Mello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    De acordo com a matéria publicada na Gazeta tem vários itens sendo pagos a essa senhora, inclusive adicional por tempo de serviço. Ora, adicional por tempo de serviço? Se isso for verdade, e os servidores do Tribunal de Justiça receberem, criará jurisprudência para os servidores do executivo e legislativo receberem também. Afinal, o TJ é a casa onde se julga, então que não haja imparcialidade. É UMA VERGONHA QUANDO VEJO MATÉRIAS COM ESSES CONTEÚDOS, PIOR AINDA, PORQUE ESTAMOS FALANDO DE UMA INSTITUIÇÃO QUE DEVERIA FAZER JUSTIÇA.... OQUE SERÁ DE NÓS POBRES MORTAIS? ONDE VAMOS PARAR COM TANTA IMPUNIDADE????....

  • Robson Crusué | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não podemos esquecer que a Lei que está por trás do SDRC é a Lei nr. 8814 de janeiro de 2008...Será que a Lei tá furada ou é a interpretação para os privilegiados??????
    Bom, como trata-se de Lei, ela passou pela Assembléia Legislativa e foi sancionada pelo Governador.....PRECISAMOS INTERPRETAR A LEI...AI..AI....AI....E O JUDICIÁRIO????????

  • maria educarda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O presidente do TJ faz o que quer, enquanto os Oficiais de Justiça que rala dia e noite, feriados, final de semana ganham um salário de miséria, enquanto os cargos de confiança que são peixinhos do Presidente ganham mais de R$ 10.000,00 para irem trabalhar de vez e quando , passando tempo no ar condicionado.

  • Créu no Povo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Passou a hora de repensar o modelo de poder judiciário que a sociedade deseja. Este modelo que ai esta certamente não é. Com que moral estes senhores sentenciam vidas? Será que pensam que vão ficar impunes? Um dia a casa cai e este dia esta chegando. A ferrujem esta a corroer as estruturas deste arcaico judiciário.

  • José ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É BRINCADEIRA MESMO ESSE TAL DE PAULO LESSA!!

    ESSE CARA ESTÁ ACHANDO QUE O POVO É PALHAÇO!!

    FICA AÍ INVENTANDO COISA PRA DAR DINHEIRO PRA SUA PRÓPRIA ESPOSA.... PAAARA

    QUASE 1.000,00 (UM MILHAO DE REAIS)

    COMO QUE DEIXAM ESSE CARA TOMAR CONTA DA NOSSA JUSTIÇA???

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que eu quiz dizer no comentario vetado era que a justiça e cega só para a classe que acharam de judas (politica), QUANTO ESCANDALO meu DEUS, quem os jugara na terra. OBS: qual e a banda podre da sociedade.

  • kiko lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o resultado dessa justiça
    que so sabe priviligia os seus apadrinhados


    insegurança e clima de guerra civil

  • Maria -Funcionária do Tribunal de Justiç | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois de colocada as cartas na mesa, esperamos que o atual Presidente Des. Mariano faça JUSTIÇA com os demais funcionários, que também têm seus direitos. Confiamos na sua honestidade e no seu empenho para quitar todas as dívidas com os servidores. Senhor Des. Presidente, seja um exemplo de homem digno e zele pelo reconhecimento de todos nós. Que Deus ilumine sua gestão !

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Há pouco ,quando assumiu a Presidência,houvi rasgados elogios,aqui e ali, dizendo que tal Sr. seria a Redenção de tôda a Magistratura. Seria ele um poço de sabedoria e exemplo raro de como atuar com correição e abnegação . Lêdo engano. Dai desse Tribunal,está para aparecer alguem com tal vocação.

  • Profª Gislaine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...