Últimas

Quinta-Feira, 15 de Outubro de 2009, 12h:36 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA DE CUIABÁ

Levi oficializa licença; Fabrício assume cadeira na 3ª

   O vereador Leve Levi (PP) se licenciou nesta quinta (15) por 121 dias. Em seu lugar assume o primeiro-suplente Marcus Fabrício. A posse acontece já na próxima terça (20). Apesar disso, ainda não se sabe se o parlamentar vai permanecer no cargo durante toda a licença de Levi ou se vai “dar a vez” ao empresário José Maria Barbosa, o Juca do Guaraná. Há 10 dias os dois se “digladiam” nos bastidores para definir quem assume. “Eu estou muito cansado e preciso me cuidar. Não quero saber qual dos dois vai assumir. Eles estão saindo no tapa pela vaga, mas eu não tenho nada a ver com isso”, disse Levi, da tribuna, ao anunciar oficialmente sua saída. O parlamentar reforçou que se afasta por quatro meses e que, neste período, não vai receber salários do Legislativo. “Saio sem nenhum ônus para esta Casa”, discursou.

  Apesar de afirmar que não pretende interferir na decisão sobre quem assume o posto por 121 dias, Levi argumentou que Marcus Fabrício já teve a oportunidade de ocupar uma cadeira no parlamento. “Já Juca nunca foi vereador. Ele é um cuiabano que merece esta chance. Cabe agora a eles definirem”, afirmou. Questionado se assume ou não a vaga, Fabrício desconversou. “Eu estou chegando agora em Cuiabá. Vou à Câmara nesta tarde para tomar pé da situação e, somente depois, poderei responder a essa pergunta”, disse o ex-vereador ao RDNews.

  Em verdade, Fabrício deve se reunir com Juca e com Levi para definir o assunto. Atualmente, o ex-vereador, que é sobrinho da deputada Chica Nunes, é secretário de Infraestrutura no staff do marido de Chica, Marcelo Ribeiro, prefeito de Barão de Melgaço. O progressista chegou a firmar um acordo com Juca para assumir a vaga por apenas 24h, entretanto parece ter mudado de ideia. Entre os itens negociados estão o salário de R$ 9 mil, a verba de gabinete e a contratação de servidores - veja mais aqui. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • salomao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    todos falam isso que nao tem acordo mais o juca nao e melhor do que ninguem e um vereador tomara que ele faz alguma coisa pois o atual vereador fazia agora esta sendo troca troca na camara vamos ver so falta o Deuciar e o santo do POP de santo nao tem nada vamos esperar pra ver Juca para frente mais segue os passos de vereadores Ccorretos como esse

  • Rodrigo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sai sem nenhum ônus? Será? Por que então optou-se pelo afastamento de 121 dias, única estratégia que permite o recebimento dos salários? Por que não solicitou 119 ou 118 dias onde o pagamento não é devido? Quero ver para crer.

  • JUCA DO GUARANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nota de Esclarecimento



    Caro Romilson, não há acordo nenhum entre eu (Juca do guaraná) e Levi, nem sei se o vereador Levi, é pré-candidato ao cargo de deputado estadual, federal ou qualquer outro cargo, uma coisa nós sabemos é que nenhum dos 03 vereadores Pop, Levi e Deucimar elegeram sozinho ambos foram eleitos com os votos dos suplentes, o que de fato aconteceu, conversei com Marcus Fabrício antes de falar com o vereador Levi, e ele (Marcus Fabrício) me disse que, se houvesse rodízio ele não queria assumir o cargo de vereador, e se o Levi licencia-se abriria o espaço para que eu pudesse apresentar os meus projetos e indicações, ouve uma concordância de bate pronto por parte de Marcus Fabrício.

    Em seguida entrei em contato com o vereador Levi, este por sua vez indagou o seguinte “precisamos fortalecer o partido,” e me pré disponho a tirar licença até mesmo porque estou com muitas outras situações a serem resolvidas, e estou muito cansado, o vereador firmou que antes de tudo teríamos que falar com o Marcus Fabrício, pois ele é o primeiro suplente, o meu filho Lídio Barbosa que é assessor jurídico disse ao vereador Levi que já havíamos conversado com ele (Fabrício ) e já havia entendimento por parte do mesmo.

    Romilson, como você sabe, sou empresário e já fui anunciante do seu blog , não preciso de cargos políticos para dar a minha contribuição para minha cidade, o que foram dito além disso é mentira o único compromisso que eu tinha para apoiar para deputado era o ex deputado e hoje conselheiro do tribunal de contas CAMPOS NETO, quero dizer ao povo cuiabano e mato-grossense, que sou pré-candidato a DEPUTADO ESTADUAL OU FEDERAL , sou soldado de meu partido não é porque perdi a eleição para vereador, aliais eu não perdi ganhei experiência e acima de tudo uma dezena de novos amigos .

    Cuiabá, 14 de Outubro de 2009.


    SEGUE A MINHA BIOGRAFIA :



    Dados Pessoaisda



    Nome: José Maria Barbosa (Juca do Guaraná)

    Filiação: Leogildo Bispo Barbosa e Tereza Duarte Barbosa

    Estado Civil: Casado

    Cônjuge: Carmelita de Magalhães Barbosa

    Data de nascimento: 20 de fevereiro de 1947

    Naturalidade: Santo Antonio do Leverger Mato Grosso


    José Maria Barbosa (Juca do Guaraná) trabalhou na roça até 31 anos de idade em Sangradouro, município de Santo Antonio do Leverger onde nasceu.
    Mãos calejadas do serviço árduo da lida na roça, não perdendo o costume de usar o chapéu no qual ele usava para se proteger do sol escaldante da região no qual usa até hoje.

    A VINDA PARA CAPITAL “CUIABÁ”

    Em 1975 decide mudar para capital com sua esposa dona Carmelita de Magalhães Barbosa e filhos:
    Sem ter onde morar aluga uma casa no bairro campo velho conhecido como “lixa” e depois muda para o grilo denominado Santo Antonio do Pedregal, onde reside até hoje. Começa a vender secos e molhados. Já no ano de 1977 funda o comercial Barbosa, popularmente conhecido como “Bulicho do Juca” no bairro Pedregal. Em 1986 como seus pais eram acostumados a beber guaraná ralado e era um produto de muita procura e pouca oferta decide fundar a empresa Guaraná do Juca, se deslocando até o Estado do Amazonas e daí distribuindo Guaraná ralado em bastões na cidade de Cuiabá, Santo Antonio do Leverger, Poconé e Barão de Melgaço,

    Já em 1992 o Guaraná do Juca vira referencia de qualidade dentro do estado de Mato Grosso expandindo para 16 estados e alguns países.

    OS FILHOS

    Ducarmo Barbosa
    Ernesto Manoel Barbosa - Formado em Gerenciamento Ambiental
    Luiz Barbosa – Formado em Artes Plásticas
    Lídio Barbosa - Formado em Direito
    Nicássio José Barbosa - Acadêmico de Direito



    DO 1° AVC POPULARMENTE CONHECIDO COMO DERRAME

    Juca do guaraná em 14 de setembro de 1994 estava em sua propriedade rural em Santo Antonio do Leverger, quando uma cobra lhe picou ao pé, foi socorrido pelo seu filho caçula “Nicássio” de 13 anos de idade a época, após percorrer aproximadamente 45 km conseguiu chegar ao pronto socorro municipal de Cuiabá, ao adentrar aquela instituição o mesmo foi acometido por um AVC (acidente vascular cerebral) logo em seguida sendo transferido para o hospital Amecor em Cuiabá.

    DO 2° AVC

    No ano de 2002, Juca do guaraná sofre mais um AVC, este por sua vez com seqüelas quase que irreversíveis.

    DAS SEQUELAS

    Logo após o segundo AVC, da qual Paralisou a perna direita e o braço direito do Sr. Juca do guaraná, ficou impossibilitado de falar e de se locomover os médicos do hospital Amecor disseram a sua família que seria quase impossível voltar os movimentos.

    DA FORÇA DE VONTADE

    Um mês depois Juca do guaraná estava falando parcialmente e andando com algumas dificuldades.

    2002

    Em 2002 engrena no PHS a convite do pastor Sena para disputar uma das vagas no Senado, sua candidatura foi indeferida, porque sua suplente tinha dupla filiação.

    DOS NOVOS EMPREENDIMENTOS

    Em 2004 Sr. Juca do guaraná funda a empresa Juca do guaraná transportes situada a Rua:Jornalista Arquimedes Pereira Lima n°01 bairro Santa cruz, trabalhando com materiais como Areia,Brita,Terra Preta,Aterro,e aluguel de maquinas e caminhões.
    2005

    Em 2005 entra no ramo de minérios criando a mineradora do Juca na zona rural de Cuiabá fornecendo materiais de base e sub-base para pavimentação asfáltica para as principais construtoras do Estado de Mato Grosso.

    2007

    Recebe um certificado de honra ao mérito da associação de aposentados, pensionistas e idosos da cidade de JUARA-MT pelos serviços prestados
    2007/02

    Filia-se ao PP (Partido Progressista) a convite do então Deputado estadual, hoje Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Campos Neto, para ser candidato a Vereador de Cuiabá

    2008

    Juca do guaraná sai candidato a vereador pela capital do Estado de Mato Grosso, elegendo-se 2° suplente de vereador.

    “Mesmo com todas as rasteiras e vitorias com que a vida lhe impôs Juca do guaraná após sofrer 2 derrames consegue administrar e crescer com as empresas acima citadas.Ou seja mesmo após sofrer os 2 derrames Sr° Juca foi enfrente e nunca desistiu de seus sonhos.”

    Juca até hoje administra suas empresas

    Grupo





    “Não duvides, não parem de crê, os sonhos de Deus para você jamais vão morrer”
    ( Pastora Ludmila Ferber)

    Juca do Guaraná
    È Gente

  • Roni Lazaro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Levi a cada ação,enterra a sua vida politica.Quanta decepção por ter votado em você.Qunta politicagem,Quanta falta de considerações aos seus eleitores e ao povo de Cuiabá!

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.