Últimas

Sexta-Feira, 16 de Março de 2007, 08h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

RONDONÓPOLIS

Líder, Pátio prefere avaliar dados com cautela

Deputado diz que prefeito Sachetti aumentou impostos, é desarticulado e fechado ao diálogo

    O deputado estadual Zé Carlos do Pátio (PMDB), que aparece na liderança na pesquisa Mark na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, disse que recebe o resultado com grande satisfação mas, ao mesmo tempo, com cautela, já que resta ainda um ano e meio para as eleições. De acordo com o Mark Instituto de Pesquisa de Opinião, Pátio impõe uma larga vantagem sobre todos os próváveis adversários, entre eles o atual prefeito Adilton Sachetti (PR) e os ex-gestores Percival Muniz (PPS) e Rogério Salles (PSDB). Em todas as simulações, o peemedebista lidera com percentuais que variam de 42% a 59%.

   "Vejo que a sociedade está exigindo cada vez mais do poder público e quer a gestão cada vez mais eficaz e que defenda uma política mais humana", destaca o pré-candidato. Para Pátio, o PMDB não definiu ainda quem será o candidato a prefeito de Rondonópolis, segunda economia no ranking estadual, mas, por outro lado, já está acordado que terá projeto próprio. Considera a candidatura própria um caminho sem volta e se mostra disposto a liderar o processo. "Vamos sentar com os partidos que contrapõem a essa forma de governo e vamos discutir um plano de governo para Rondonópolis e debatê-lo com a sociedade", destacou Pátio, numa referência à gestão Sachetti. Considera esse debate "bom para Rondonópolis, para o Estado e para a democracia".

    Zé do Pátio avalia como primordial para um prefeito o poder de articulação tanto em âmbito regional quanto nacional. Em seguida, observa que nestes dois anos de gestão Sachetti, houve 'muito aumento de impostos e cita, como exemplos, 100% sobre IPTU e 60% sobre a tarifa de água. "A capacidade contributiva do cidadão chegou no limite. Ninguém aguenta mais tantos impostos".

    O peemedebista, que na eleição passada ficou em terceiro lugar para prefeito de Rondonópolis, observa que o seu PMDB vem conquistando espaço, inclusive ocupará cinco ministérios no governo do presidente Lula. Destaca que, uma vez eleito prefeito, terá condições de articular, principalmente junto a essas pastas conduzidas pelo partido, no sentido de obter investimentos para o município.

    Críticas  

    Na avaliação de Zé do Pátio, Sachetti é desarticulado. Também aponta falta de diálogo com os setores da sociedade. Segundo ele, essa integração é necessária até mesmo na hora de cumprir as leis. Ele se refere às chamadas medidas antipopulares adotadas pelo prefeito, como, por exemplo, de retirada de ambulantes da área central. "Sempre defendi a questão do cumprimento da lei, mas não posso e acho injusto achar que é dono da verdade. Vivemos num regime democrático e Rondonópolis não é uma empresa privada. É de todos. Então, todos têm de participar das decisões".  Entende que falta também humanização no governo Sachetti.

   Segundo Zé do Pátio, após a divulgação dessa pesquisa Mark, aqui no RDNews, 'Rondonópolis deve se transformar num canteiro de obras'. "Até agora, a administração estava um pouco acomodada e agora vai buscar recursos e quero deixar claro que vamos apoiar, inclusive estamos conseguindo R$ 4 milhões para asfaltamento", comentou o parlamentar, temendo, no fundo, mudança de ritmo da atual gestão devido à questão eleitoral e, assim, superar o desgaste. "O importante é a gente construir uma agenda positiva para Rondonópolis".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misael é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

MAIS LIDAS