Últimas

Sexta-Feira, 16 de Março de 2007, 08h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

RONDONÓPOLIS

Líder, Pátio prefere avaliar dados com cautela

Deputado diz que prefeito Sachetti aumentou impostos, é desarticulado e fechado ao diálogo

    O deputado estadual Zé Carlos do Pátio (PMDB), que aparece na liderança na pesquisa Mark na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, disse que recebe o resultado com grande satisfação mas, ao mesmo tempo, com cautela, já que resta ainda um ano e meio para as eleições. De acordo com o Mark Instituto de Pesquisa de Opinião, Pátio impõe uma larga vantagem sobre todos os próváveis adversários, entre eles o atual prefeito Adilton Sachetti (PR) e os ex-gestores Percival Muniz (PPS) e Rogério Salles (PSDB). Em todas as simulações, o peemedebista lidera com percentuais que variam de 42% a 59%.

   "Vejo que a sociedade está exigindo cada vez mais do poder público e quer a gestão cada vez mais eficaz e que defenda uma política mais humana", destaca o pré-candidato. Para Pátio, o PMDB não definiu ainda quem será o candidato a prefeito de Rondonópolis, segunda economia no ranking estadual, mas, por outro lado, já está acordado que terá projeto próprio. Considera a candidatura própria um caminho sem volta e se mostra disposto a liderar o processo. "Vamos sentar com os partidos que contrapõem a essa forma de governo e vamos discutir um plano de governo para Rondonópolis e debatê-lo com a sociedade", destacou Pátio, numa referência à gestão Sachetti. Considera esse debate "bom para Rondonópolis, para o Estado e para a democracia".

    Zé do Pátio avalia como primordial para um prefeito o poder de articulação tanto em âmbito regional quanto nacional. Em seguida, observa que nestes dois anos de gestão Sachetti, houve 'muito aumento de impostos e cita, como exemplos, 100% sobre IPTU e 60% sobre a tarifa de água. "A capacidade contributiva do cidadão chegou no limite. Ninguém aguenta mais tantos impostos".

    O peemedebista, que na eleição passada ficou em terceiro lugar para prefeito de Rondonópolis, observa que o seu PMDB vem conquistando espaço, inclusive ocupará cinco ministérios no governo do presidente Lula. Destaca que, uma vez eleito prefeito, terá condições de articular, principalmente junto a essas pastas conduzidas pelo partido, no sentido de obter investimentos para o município.

    Críticas  

    Na avaliação de Zé do Pátio, Sachetti é desarticulado. Também aponta falta de diálogo com os setores da sociedade. Segundo ele, essa integração é necessária até mesmo na hora de cumprir as leis. Ele se refere às chamadas medidas antipopulares adotadas pelo prefeito, como, por exemplo, de retirada de ambulantes da área central. "Sempre defendi a questão do cumprimento da lei, mas não posso e acho injusto achar que é dono da verdade. Vivemos num regime democrático e Rondonópolis não é uma empresa privada. É de todos. Então, todos têm de participar das decisões".  Entende que falta também humanização no governo Sachetti.

   Segundo Zé do Pátio, após a divulgação dessa pesquisa Mark, aqui no RDNews, 'Rondonópolis deve se transformar num canteiro de obras'. "Até agora, a administração estava um pouco acomodada e agora vai buscar recursos e quero deixar claro que vamos apoiar, inclusive estamos conseguindo R$ 4 milhões para asfaltamento", comentou o parlamentar, temendo, no fundo, mudança de ritmo da atual gestão devido à questão eleitoral e, assim, superar o desgaste. "O importante é a gente construir uma agenda positiva para Rondonópolis".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-vereador abandona rei dos porcos

fernando morais 400 curtinha   Mesmo impedido de ser candidato, já que está inelegível por oito anos, o ex-vereador pela Capital Abílio Júnior segue se articulando politicamente, deixou o PSC e se filiou ao Podemos. Acabou dando de ombros para o empresário Fernando Morais (foto), o "rei dos porcos",...

Temor e negociação com 3 partidos

wilson kero-kero 400 curtinha   Depois de ajudar na articulação para se filiar ao Podemos o colega vereador Dilemário Alencar, que estava "fritado" e sem espaço no Pros e procurou abrigo em outra legenda, Wilson Kero-Kero (foto) está agora com receio de migrar para o partido da senadora cassada Selma Arruda e do...

Agora no DEM e foco à saúde pública

gilberto figueiredo 400 curtinha   Gilberto Figueiredo (foto), vereador licenciado da Capital e secretário de Estado de Saúde, aproveitou a janela - data limite de filiação até sábado (4) para quem quiser ser candidato em outubro -, e ingressou no DEM. Agora, o partido do governador Mauro, até...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.