Últimas

Sábado, 21 de Fevereiro de 2009, 10h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

AGENDA

Líderes políticos se "refugiam" durante carnaval

  Autoridades aproveitam o período de Carnaval para "esticar" o feriado e se "refugiar" com a família. O governador Blairo Maggi, por exemplo, viajou nesta sexta, dia da abertura do Carnaval, para Sapezal, terra no chapadão dos parecis desbravada por sua família. No município onde o pai André Maggi (já falecido) foi fundador e prefeito, Blairo Maggi recebe para uma entrevista a equipe da BBC (British Broadcasting Companyde) de Londres, emissora pública britânica que mantém em sua vasta grade um programa dedicado ao meio rural e ao agronegócio.

  De Sapezal, Maggi e a primeira-dama Terezinha,  secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, se deslocam para Rondonópolis, onde também possui residência e mantém a sede do Grupo Amaggi. O governador não vai prestigiar o carnaval popular na área do antigo aeroporto. Ele tem lá suas razões. Correria o risco de ser vaiado. A promoção da festa é da prefeitura, agora sob Zé do Pátio (PMDB), que derrotou nas urnas o candidato de Maggi, ex-prefeito Adilton Sachetti (PR). O clima de rivalidade política ainda é intenso e tem aflorado entre os grupos políticos e os eleitores de um modo geral.

   O vice-governador Silval Barbosa (PMDB), ex-deputado estadual e ex-prefeito de Matupá, permanece em Cuiabá com a família. Já o prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB) se deslocou neste sábado para a vizinha Chapada dos Guimarães com a esposa Adriana Bussiki e com os filhos. Ele retorna à Capital na segunda para acompanhar o desfile dos blocos e escolas de samba. O seu secretário de Cultura, Mário Olímpio, ficou com a missão de acompanhar o carnaval popular descentralizado em alguns bairros e também no sambódromo. O presidente da Assembléia, deputado José Riva (PP), passa o carnaval em Juara, onde reside e iniciou a trajetória política como prefeito.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Suellen da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson,

    Você se esqueceu do nosso glorioso 1 Secretário da Assembléia Legislativa, dep. Sérgio Ricardo, que após passar o Reveillon com toda a família em Nova York e Aspen, agora aproveita o Carnaval para descansar em Londres e Paris, juntamente com esposa e um casal de amigos.Bem diferente de outros líderes políticos.....

  • Luizinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Falar em zé do pátio, o prefeito sem jeito e sem competência, pois não está dando conta de administrar a prefeitura, cadê o pagamento dos contratados, e está a maior confusão na prefeitura, muitos desentendimentos e até brigas, pois nenhum secretário se entende com o zé.
    Uma certidão negativa de débito (CND) está levando até quinze dias para ser expedida, que vergonha zé.
    Falo isto porque estou presenciando tudo isto que acebei de comentar.
    Estou preocupado com o nosso aumento salarial, o qual ficou combinado na época da campanha com o zé, mas o prefeito está se esquivando de uma reunão para tratar do assunto com o SISPMYR.
    Sr. Rubens de Oliveira, vamos cobrar, não vamos deixar ser engolido pelo zé, pelo que sei ele não vai dá aumento nenhum, este é o comentário nos corredores da prefeitura.
    Porque fazíamos greve no tempo do ex prefeito Adilton? e porque não prepararmos greve também agora? Já estou ficando preocupado será que voce presidente já foi engolido pelo zé do pátio? E nós como ficaremos?

  • Nequinha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dias atrás um tal de José Antonio de Cuiabá fez um comentário pedindo o zé do pátio para ir pagar as contas em Cuiabá, e um cidadão de Rondonópolis comentou que o josé Antonio estava mal informado e dizia que o zé do pátio estava pagando as contas de Cuiabá numa média de R$ 60.000,00 por quinzena e mais R$ 20.000,00 também poor quinzena em Rondonópolis. Falo que estou realmente preocupado com esta situação, um prefeito que tem um salário de R$ 15.000,00 bruto conseguir pagar R$ 160.000,00 por mês, é realmente preocupante. Sou obrigado a fazer uma visita ao Ministério Público.

  • Aparecida Camargo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Povo n é bobo mais, todos sabemos q os políticos torram, torram, torram dinheiro em divertimentos, bebidas, churrascos, mansões, pelo amor de DEUS povo, vamos saber votar o ano q vem.

    Muitos criticam os Populistas, mas voces n veem Sergio Ricardo, Zé do Pátio, Wilson Santos, Jaime fazendo essas gastanças. Com o dinhero de quem, quem?????

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS