Últimas

Sábado, 03 de Março de 2007, 20h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Liminar proíbe greve dos médicos em Cuiabá

Categoria iria paralisar atividades à 0h deste domingo no Pronto-Socorro e nas unidades   

    Uma liminar concedida neste sábado, às 17h, pela juíza plantonista Vandymara Zanulo, da 21ª Vara de Cuiabá, proíbe a greve dos médicos da rede municipal que cruzariam os braços a partir de zero hora deste domingo (25). Com a decisão, o atendimento no Hospital e Pronto-Socorro Municipal deve prosseguir integralmente. Já nas cinco policlínicas e nos 30 centros de saúde, além das 31 unidades do Programa Saúde da Família (PSF), a determinação judicial é para manter ao menos 60% do atendimento, já que a liminar se remete à decisão judicial de novembro do ano passado, quando os médicos, então em greve, foram obrigados a voltar ao trabalho para garantir o funcionamento integral do HPSMC e de 60% das unidades de saúde.

    No HPSMC estão lotados 249 médicos, incluindo todas as especialidades. Em todo a rede municipal são 568. Eles partiram para a greve como forma de pressionar o prefeito Wilson Santos a cumprir uma série de reivindicações, entre elas a de reajuste salarial e de promover concurso público. Cerca de 52% dos médicos da rede são prestadores de serviços. Os médicos tentam também fechar o cerco contra o superintendente Euclides Santos, que vem gerindo o HPSMC com 'mão de ferro'. Ele determinou até que os médicos batam ponto e, pessoalmente, faz checagem in loco, inclusive durante a madrugada. 

   A Procuradoria-Geral do Município, por meio do adjunto Fernando Figueiredo, ingressou com a medida cautelar, pleiteando a liminar com vistas a barrar a greve, anunciada pela categoria para a partir deste domingo. A juíza deferiu o pedido. Considerou que a paralisação prejudicaria os serviços essenciais. "Concedo a liminar apenas para determinar que os requeridos cumpram integralmente as liminares no processo 764/2006 e 765/2006 da 2ª Vara da Fazenda Pública (...) dos servidores escalonados", escreveu a magistrada, em seu despacho. Esses processos são os que determinaram o atendimento integral do HPSMC e de ao menos 60% nas unidades.

    A juíza alertou que o descumprimento da ordem judicial resultará em multas estipuladas nas liminares já concedidas no final do ano passado, que previa pena no caso de incidência de R$ 50 mil por dia. O procurador-geral-adjunto Fernando Figueiredo não vê razão para a greve. Segundo ele, o prefeito está aberto ao diálogo e já cumpriu quase todas as reivindicações. Entende que, da forma que a categoria está agindo, só pode estar sendo motivada por algum interesse político.

    Falhas

    O secretário municipal de Saúde, médico Olete Ventura. admite que, "em muitas coisas os médicos têm razão". "Realmente, o piso salarial é baixo, mas o prefeito prometeu concurso público. Hoje, existe uma complementação com pagamento de produtividade e de prêmio", destacou. Em tom conciliador, Olete disse que a categoria dos médicos é muito importante porque prestam serviços inestimável.

    "Não gostaria de entrar em conflito. Sabemos que existem muitas falhas e queremos corrigí-las juntos. E já ocorreram muitos avanços também", diz o secretário, que conduz um orçamento anual de R$ 173 milhões, incluindo todas as transferências dos governos estadual e federal.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...