Últimas

Sábado, 03 de Março de 2007, 20h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Liminar proíbe greve dos médicos em Cuiabá

Categoria iria paralisar atividades à 0h deste domingo no Pronto-Socorro e nas unidades   

    Uma liminar concedida neste sábado, às 17h, pela juíza plantonista Vandymara Zanulo, da 21ª Vara de Cuiabá, proíbe a greve dos médicos da rede municipal que cruzariam os braços a partir de zero hora deste domingo (25). Com a decisão, o atendimento no Hospital e Pronto-Socorro Municipal deve prosseguir integralmente. Já nas cinco policlínicas e nos 30 centros de saúde, além das 31 unidades do Programa Saúde da Família (PSF), a determinação judicial é para manter ao menos 60% do atendimento, já que a liminar se remete à decisão judicial de novembro do ano passado, quando os médicos, então em greve, foram obrigados a voltar ao trabalho para garantir o funcionamento integral do HPSMC e de 60% das unidades de saúde.

    No HPSMC estão lotados 249 médicos, incluindo todas as especialidades. Em todo a rede municipal são 568. Eles partiram para a greve como forma de pressionar o prefeito Wilson Santos a cumprir uma série de reivindicações, entre elas a de reajuste salarial e de promover concurso público. Cerca de 52% dos médicos da rede são prestadores de serviços. Os médicos tentam também fechar o cerco contra o superintendente Euclides Santos, que vem gerindo o HPSMC com 'mão de ferro'. Ele determinou até que os médicos batam ponto e, pessoalmente, faz checagem in loco, inclusive durante a madrugada. 

   A Procuradoria-Geral do Município, por meio do adjunto Fernando Figueiredo, ingressou com a medida cautelar, pleiteando a liminar com vistas a barrar a greve, anunciada pela categoria para a partir deste domingo. A juíza deferiu o pedido. Considerou que a paralisação prejudicaria os serviços essenciais. "Concedo a liminar apenas para determinar que os requeridos cumpram integralmente as liminares no processo 764/2006 e 765/2006 da 2ª Vara da Fazenda Pública (...) dos servidores escalonados", escreveu a magistrada, em seu despacho. Esses processos são os que determinaram o atendimento integral do HPSMC e de ao menos 60% nas unidades.

    A juíza alertou que o descumprimento da ordem judicial resultará em multas estipuladas nas liminares já concedidas no final do ano passado, que previa pena no caso de incidência de R$ 50 mil por dia. O procurador-geral-adjunto Fernando Figueiredo não vê razão para a greve. Segundo ele, o prefeito está aberto ao diálogo e já cumpriu quase todas as reivindicações. Entende que, da forma que a categoria está agindo, só pode estar sendo motivada por algum interesse político.

    Falhas

    O secretário municipal de Saúde, médico Olete Ventura. admite que, "em muitas coisas os médicos têm razão". "Realmente, o piso salarial é baixo, mas o prefeito prometeu concurso público. Hoje, existe uma complementação com pagamento de produtividade e de prêmio", destacou. Em tom conciliador, Olete disse que a categoria dos médicos é muito importante porque prestam serviços inestimável.

    "Não gostaria de entrar em conflito. Sabemos que existem muitas falhas e queremos corrigí-las juntos. E já ocorreram muitos avanços também", diz o secretário, que conduz um orçamento anual de R$ 173 milhões, incluindo todas as transferências dos governos estadual e federal.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

Barbudo é menos empreguista de MT

nelson barbudo 400 curtinha   Dos oito deputados federais de MT, o estreante Nelson Barbudo (foto) é o menos "empreguista". Nestes 10 primeiros meses de mandato, ele nomeou no gabinete em Brasília e no escritório político em Cuiabá apenas 15 assessores. Cada gabinete pode ter até 25 secretários...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.