Últimas

Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2007, 13h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SANGUESSUGAS

Lino Rossi presta depoimento e ganha liberdade

 
    Acusado de envolvimento com a máfia das sanguessugas, o ex-deputado federal Lino Rossi (PP) já está em liberdade. Após quatro horas de depoimento perante o juiz Jeferson Schineider, da 2ª Vara Federal, Rossi deixou o prédio da Justiça Federal sem as algemas. Ficou preso por dois dias. À Justiça, o ex-parlamentar confessou que mantinha uma relação próxima com o empresário Darci Vedoin, um dos sócios da Planam, empresa acusada de comandar a máfia das Sanguessugas.

     Rossi disse que recebeu R$ 800 mil de "doação" da Planam durante a campanha eleitoral. No ano passado, ele chegou a ensaiar candidatura à reeleição mas, diante das graves denúncias sobre os ombros, desistiu de última hora. O ex-parlamentar confessou também ter recebido até veículo de presente da máfia. Rossi é acusado de ter atuado como elo entre os Vedoin e parlamentares no esquema que consistia na compra superfaturada de ambulâncias para prefeituras com emendas parlamentares do Orçamento Geral da União.

    O ex-deputado assinou termo de compromisso perante o juiz e agora fica em liberdade. Rossi foi preso na segunda-feira à tarde no aeroporto de Brasília, momentos antes de embarcar para São Paulo. Sua prisão foi motivada pela dificuldades dos agentes em localizá-lo para oficializar a intimação com vistas as audiências que estavam agendadas. Foram três tentativas sem sucesso. De quebra, Rossi ainda teria se recusado a assinar uma notificação. Algemado, foi transferido para Cuiabá e dormiu na Polinter. Nesta quarta prestou depoimento por mais de quatro horas e saiu do prédio sem falar com a imprensa.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ELY | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VER O LINO ALGEMADO FIQUEI DESEPICIONADA PÓS NUNCA PENSSABE EI QUE QUANDO ELE VIVIA NO PROGRAMA CADEIA NELE, DEFENDENDO OS MAIS UMILDE E DIZENDO QUE LADRÃO TEM QUE SER PREZO PARA PAGAR, E HOJE VEJO ELE NAS MESMAS CONDIÇÕES, FICO TRISTE PÓS NÃO SABEMOS EM QUEM MAIS CONFIAR, DESCULPA LINO MAS CHEGOU SUA VEZ DE PAGAR.

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    no brasil e em mato grosso so fica preso quem rouba uma galinha pois os politicos roubam fazem e acontece e nao vao presos esta ai o exemplo o dep. pedro henry que cimento ilicito esta solto e roubando muito mais ETA PAIS BAO

  • Plinio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...