Últimas

Quinta-Feira, 13 de Março de 2008, 18h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EXECUTIVO

Lopes é confirmado na Sefaz e ganha R$ 7,5 mil

  Confirmado oficialmente a nomeação do economista Vivaldo Lopes na secretaria estadual de Fazenda, conforme o RDNews havia antecipado - veja aqui. Ele já está atuando como assessor especial, num contato direto com o secretário Éder de Moraes. A nomeação, assinada pelo governador Blairo Maggi e pelos secretários Geraldo de Vitto (Administração) e Éder (Sefaz) está publicada no Diário Oficial do Estado que circula nesta quinta. O documento registra o ato a partir do dia 1º deste mês, ou seja, considera-se que Vivaldo nomeado há 13 dias.

   Lopes terá um salário mensal de R$ 7,5 mil mensais. Segundo ele, sua atuação será técnica. Conduzirá principalmente a reestruturação da dívida do Estado que supera a R$ 5 bilhões. Ex-secretário de Finanças da Prefeitura de Cuiabá na gestão Roberto França (1997/2004), Lopes está incumbido também de atuar no programa de modernização institucional da pasta da Fazenda. Após sair do Palácio Alecastro, o ex-secretário passou a fazer parte da Fundação Getúlio Vargas em Mato Grosso e atuou também como consultor do ex-secretário Luiz Pagot, hoje diretor-geral do Dnit, em Brasília. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Vivaldino está para a economia assim como como; a cárie para os dentes,a ferrugem para a soja,o lixo para o luxo,a bala perdida para a vítima,o gatuno para a carteira,ogambá para o perfume,a águia para a lebre ...

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O cara fez um rombo nos cofres de Cuiabá e agora pode esperar, o estado esta frito principalmente os servidores do estado.
    Se cuiabá esta apertando o cinto com contas batendo na porta e por causa deste CIDADÃO e o ex prefeito ROBERTO FRANÇA, ou alguem tem duvida, se tiver e só perguntar para os funcionarios da prefeitura e os empresarios que forneceram seus serviços para a prefeitura na época.

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...