Últimas

Quinta-Feira, 31 de Maio de 2007, 10h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CONVENÇÃO DO PR

Lúdio teria reeleição garantida, revela pesquisa

    Se as eleições fossem hoje, o vereador Lúdio Cabral (PT) seria reeleito, revela pesquisa espontânea Mark, realizada em Cuiabá no domingo (27) e segunda (28) desta semana. Em tese, o nome do petista aparece como o mais preferido com 1,7% das intenções de voto, já que o deputado Walter Rabello (PMDB), que figura com 2,8%, não tem qualquer intenção de concorrer a vereador, mas sim a prefeito, inclusive, aparece na liderança também rumo ao Palácio Alencastro.

    O segundo colocado é o vereador de terceiro mandato Luiz Marinho (DEM), que figura com 1%. A amostragem, que apresenta margem de erro de 3% para mais ou para menos, serve apenas de indicativo sobre os nomes preferenciais hoje, mas não é capaz de, a partir desse levantamento, assegurar os possíveis eleitos. O quadro de pré-candidaturas está completamente indefinido. A 16 meses para as eleições municipais, o índice de indecisos chega a 81,1%. O legislativo cuibano dispõe de 19 cadeiras de vereador.

   Dois nomes aparecem com 0,7% de preferência para vereador: Chico 2000 (PR), que hoje já atua como parlamentar, e de Éden Capistrano (PSB), licenciado da Câmara e secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da Capital. Outros dois vereadores estão com 0,5%: Permínio Pinto (PSDB) e Luiz Poção (sem partido). O ex-vereador Caio Cesar (PP) é citado por 0,3%, assim com a ex-vereadora e hoje deputada Chica Nunes (PSDB) e a vereadora Lueci Ramos (DEM). Estão com o mesmo percentual o vereador Clovito Hugney  (PTB), o presidente da Câmara, Lutero Ponce (PP), o também vereador Marcus Fabrício (PP), a ex-vice-governadora Iraci França (sem partido) e outros nomes até então desconhecidos do meio político, como Gasolina e Odilon.

   Treze nomes são lembrados espontaneamente pelo eletorado cuiabano, só que por apenas 0,2% dos entrevistados pelos pesquisadores da Mark. São eles: o ex-prefeito Roberto França (sem partido), Celso Henrique, Abadio, o deputado Sérgio Ricardo (PR), Ozéas, o ex-vereador Dito Labamba (PDT), Paulo Brother, Arnaldo Padilha, Pastor Emanoel, Rezende, Natanael e os vereadores Levi de Andrade e Dilemário Alencar (PSB) - confira os dados no quadro.  

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.