Últimas

Terça-Feira, 15 de Abril de 2008, 12h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

EXECUTIVO

Lula convoca governadores e cutuca os prefeitos


Presidente Lula faz discurso na abertura da Marca a Brasília
Foto: Alline Marques

  Alline Marques, enviada especial a Brasília

  Depois de mais de uma hora de atraso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu a XI Marca dos Prefeitos com um discurso inflamado. Ele chegou acompanhado de toda sua equipe ministerial. Foi a última autoridade a falar, após o presidente do Senado, Garibaldo Alves Filho (PMDB/RN). Lula destacou a importância do crescimento da marcha, discutiu sobre a dengue e ainda convocou os governadores para também participarem do evento. "Faltou um ingrediente nesta marcha, faltou trazer os governadores, porque é claro que a relação de vocês (prefeitos) é mais próxima deles. Se é trabalhar em uma tríplice aliança, temos que conversar em todas as esferas", destaca.

  Também alertou os prefeitos para o cambate à dengue, principalmente os das "cidades alagadas". Disse que a dengue ocorre nos municípios e ninguém melhor que os prefeitos para saber a realidade da cidade que administra. Mas também puxou a orelha da população e ressaltou que não basta apenas o governo ou a prefeitura fazer sua parte. Destaca que é necessário que o povo exerça a cidadania. "Não adianta nada a dona da casa 23 combater o mosquisto da dengue, quando a vizinha da casa 21 não faz nada para previnir. O que vai acontecer é o mosquito da 21 morder a da 23, e assim vai. É uma questão de educação e consciência do povo. Não estou querendo me isentar, mas é preciso previnir, evitar que o mosquito chegue até às casas das pessoas e somente com multirões de toda a sociedade é que será possível acabar com este problema, que tende a se agravar caso não seja controlado. Mas não basta o governo apenas assumir os custos dos hospitais, é necessário errdicar o mal", relata.

  O presidente reconheceu ainda o valor dos prefeitos, que estão muito mais próximo da comunidade e brincou: "descobri que para me xingar é muito mais difícil, mas ao prefeito é a toda hora. Já dormi na casa de prefeitos e acordei no domingo, 6 horas da manhã com 150 pessoas na porta", conta.

  Lula estava de bom humor.  Durante todo o seu discurso ficou fazendo piadinhas com todos os assuntos, arrancando risos da platéia. Talvez tanta alegria seja pelos vários elogios recebidos do presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, João Paulo LIma (PT/PE) e pelo presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski (PSB/RS).

(Às 16h45) - 40 prefeitos de MT participam da Marcha

  Cerca de 40 prefeitos de Mato Grosso vieram a Brasília participar da 11ª Marcha. Alguns chegaram ainda cedo, como o cuiabano Wilson Santos, o de Peixoto de Azevedo, Hermenegildo Bianchi Filho (PR), de Tangará da Serra, Júlio César Ladeia, de Poconé, Clovis Damião Martins (PP), de Dom Aquino, Maria José Borges (PMDB), entre outros. Nesta manhã participaram da cerimônia de abertura que contou com a presença do presidente Lula, que arrancou aplausos da platéia composta por mais de 4 mil prefeitos de todo o país.

   De acordo com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski (PMDB/RS), esta Marcha já bateu o recorde de inscrições. O assunto principal deste ano é a reforma tributária. Os prefeitos defendem maior autonomia para os municípios e repasse de recursos, que atuamente são proveniente da soma do Imposto de Renda e do Imposto de Valor Agregado Federal (IVA-F) para o Fundo de Participação dos Municípios.

  Um debate sobre este assunto foi realizado à tarde com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios. Depois, os gestores vão para o Congresso discutir com as bancadas a PEC-233/2008, referente à reforma tributária. Nem todos os prefeitos participaram da discussão no período vespertino. Muitos optaram por ir direto ao Senado.

  Os prefeitos seguem neste momento para o Congresso com vistas a discutir com senadores de seus Estados e buscar formas de melhorar as arrecadações dos municípios que,  segundo eles, cada vez mais passam por dificuldades.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....