Últimas

Terça-Feira, 15 de Abril de 2008, 12h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

EXECUTIVO

Lula convoca governadores e cutuca os prefeitos


Presidente Lula faz discurso na abertura da Marca a Brasília
Foto: Alline Marques

  Alline Marques, enviada especial a Brasília

  Depois de mais de uma hora de atraso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu a XI Marca dos Prefeitos com um discurso inflamado. Ele chegou acompanhado de toda sua equipe ministerial. Foi a última autoridade a falar, após o presidente do Senado, Garibaldo Alves Filho (PMDB/RN). Lula destacou a importância do crescimento da marcha, discutiu sobre a dengue e ainda convocou os governadores para também participarem do evento. "Faltou um ingrediente nesta marcha, faltou trazer os governadores, porque é claro que a relação de vocês (prefeitos) é mais próxima deles. Se é trabalhar em uma tríplice aliança, temos que conversar em todas as esferas", destaca.

  Também alertou os prefeitos para o cambate à dengue, principalmente os das "cidades alagadas". Disse que a dengue ocorre nos municípios e ninguém melhor que os prefeitos para saber a realidade da cidade que administra. Mas também puxou a orelha da população e ressaltou que não basta apenas o governo ou a prefeitura fazer sua parte. Destaca que é necessário que o povo exerça a cidadania. "Não adianta nada a dona da casa 23 combater o mosquisto da dengue, quando a vizinha da casa 21 não faz nada para previnir. O que vai acontecer é o mosquito da 21 morder a da 23, e assim vai. É uma questão de educação e consciência do povo. Não estou querendo me isentar, mas é preciso previnir, evitar que o mosquito chegue até às casas das pessoas e somente com multirões de toda a sociedade é que será possível acabar com este problema, que tende a se agravar caso não seja controlado. Mas não basta o governo apenas assumir os custos dos hospitais, é necessário errdicar o mal", relata.

  O presidente reconheceu ainda o valor dos prefeitos, que estão muito mais próximo da comunidade e brincou: "descobri que para me xingar é muito mais difícil, mas ao prefeito é a toda hora. Já dormi na casa de prefeitos e acordei no domingo, 6 horas da manhã com 150 pessoas na porta", conta.

  Lula estava de bom humor.  Durante todo o seu discurso ficou fazendo piadinhas com todos os assuntos, arrancando risos da platéia. Talvez tanta alegria seja pelos vários elogios recebidos do presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, João Paulo LIma (PT/PE) e pelo presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski (PSB/RS).

(Às 16h45) - 40 prefeitos de MT participam da Marcha

  Cerca de 40 prefeitos de Mato Grosso vieram a Brasília participar da 11ª Marcha. Alguns chegaram ainda cedo, como o cuiabano Wilson Santos, o de Peixoto de Azevedo, Hermenegildo Bianchi Filho (PR), de Tangará da Serra, Júlio César Ladeia, de Poconé, Clovis Damião Martins (PP), de Dom Aquino, Maria José Borges (PMDB), entre outros. Nesta manhã participaram da cerimônia de abertura que contou com a presença do presidente Lula, que arrancou aplausos da platéia composta por mais de 4 mil prefeitos de todo o país.

   De acordo com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski (PMDB/RS), esta Marcha já bateu o recorde de inscrições. O assunto principal deste ano é a reforma tributária. Os prefeitos defendem maior autonomia para os municípios e repasse de recursos, que atuamente são proveniente da soma do Imposto de Renda e do Imposto de Valor Agregado Federal (IVA-F) para o Fundo de Participação dos Municípios.

  Um debate sobre este assunto foi realizado à tarde com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios. Depois, os gestores vão para o Congresso discutir com as bancadas a PEC-233/2008, referente à reforma tributária. Nem todos os prefeitos participaram da discussão no período vespertino. Muitos optaram por ir direto ao Senado.

  Os prefeitos seguem neste momento para o Congresso com vistas a discutir com senadores de seus Estados e buscar formas de melhorar as arrecadações dos municípios que,  segundo eles, cada vez mais passam por dificuldades.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.