Últimas

Segunda-Feira, 21 de Maio de 2007, 09h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Lula e a PF: modos de usar

     Diante da eficiência espetacular da PF, é o caso de perguntar: qual era mesmo a origem do dinheiro (mais de milhão) encontrado com petistas que planejaram a compra de um dossiê e uma entrevista contra adversários tucanos na campanha eleitoral de 2006?
     A PF investigou, mas nada concluiu. O dinheiro caiu do céu, de quem era até hoje ninguém sabe, ninguém viu. O fiasco poderia ser batizado de Operação Jack Palance -acredite se quiser.
     Isso posto, também é fato que a Polícia Federal protagoniza capítulos importantes deste governo e da história recente do país. Há um mês foi desbaratada uma quadrilha que vinha operando no Judiciário, com acesso até o topo daquele Poder.
     Agora, depois da Têmis e de outras ações de menor impacto, é a vez da Operação Navalha. Diante dela, o escândalo dos sanguessugas, baseado no superfaturamento de ambulâncias, parece coisa de trombadinha, troco de deputado.
     Igualmente capilarizada, a teia de corrupção identificada pela Navalha atravessa diversas instâncias e esferas da administração pública e envolve mais dinheiro e figuras mais poderosas do meio político. Trata-se, obviamente, de um avanço republicano: as leis devem valer para todos.
     Um retrospecto da atuação da PF sob Lula mostraria que, se ela desde o início agiu com mais desprendimento do que fazia nos anos FHC, foi a partir da crise do mensalão que ganhou notoriedade. Ali, quando o PT viveu sua ruína moral e o governo viu derreter sua base no Congresso, a PF passou a ser peça da sustentação política de Lula, uma âncora da legitimidade ameaçada.
     Curioso é o paradoxo do país: desde o mensalão, a PF até ampliou seu espaço e sua força no governo, mas Lula e o PT não fizeram nenhuma ruptura com o sistema político clientelista e corrupto, este mesmo que a Navalha acaba de flagrar. A questão então é: para cada Zuleido preso, quantos Zuleidos e agregados o país continua a produzir?

Fernando de Barros e Silva é jornalista da Folha de S. Paulo

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.