Últimas

Terça-Feira, 06 de Março de 2007, 08h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Lutero anuncia auditoria na Câmara de Cuiabá

Ex-primeiro-secretário e agora presidente quer acompanhamento do MPE e do TCE     

      O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (sem partido), anunciou nesta terça (6) pela manhã, em entrevista coletiva, a abertura de uma auditoria no legislativo. Assegura que a devassa terá acompanhamento de membros do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado. Lutero pretende estabelecer um divisor entre sua gestão, que começou a partir em janeiro deste ano, e a da antecessora, ex-vereadora e hoje deputada estadual Chica Nunes (PSDB), mesmo tendo feito parte da Mesa Diretora anterior como primeiro-secretário. Trata-se do segundo cargo mais importante da Mesa. Entre as atribuições está o de ordenar despesas, ou seja, de cuidar do caixa.

   A Câmara tem sido alvo de denúncias. Levantamento preliminar do TCE levantou indícios de atos de improbidade administrativa na gestão passada. Há acusações de fraudes em processos licitatórios. Questionado sobre o assunto, Lutero afirma que no legislativo cuiabano o regime é presidencialista. Argumenta que somente o presidente dita as regras e os demais membros da Mesa 'não ficam sabendo de nada', apesar de terem obrigação e responsabilidade sobre os atos.

    Raio-X

    O novo presidente garante que vai conduzir uma gestão de forma transparente e tornará público o resultado da auditoria para saber a real situação financeira da Câmara. Ele herdou uma dívida de R$ 3,4 milhões. Conduzirá, pelos próximos dois anos um legislativo que hoje recebe R$ 1,294 milhão de duodécimo mensal. Emprega 457 servidores. A folha chega a R$ 760 mil. Nos gabinetes são quase 300 DAS. Cada vereador recebe R$ 7,1 mil mensais.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com um na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha uma voz na Câmara. Trata-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista. Já vinha atuando como...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.