Últimas

Segunda-Feira, 28 de Janeiro de 2008, 07h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

LEGISLATIVO

Lutero curte praia; Marinho articula presidência

  Enquanto Lutero Ponce (PP) curte a boemia e a praia de Ipanema, no Rio, ao menos três de seus colegas vereadores se articulam pela sua derrocada na presidência da Câmara Municipal de Cuiabá. Ele corre risco de ser cassado por infidelidade partidária. Desde já, Luiz Marinho (DEM), Ivan Evangelista (PPS) e Edivá Alves (PSDB) se movimentam em busca de respaldo dos demais colegas para suceder Lutero, caso este venha mesmo a perder o mandato. Destes, o nome mais cotado à sucessão na Mesa Diretora é de Marinho, que já presidiu o legislativo por dois mandatos.

   Foi justamente Marinho quem recuou da última disputa após ter sido traído por Luiz Poção, que pulou para o grupo de Lutero e, em moeda de troca, foi contemplado com o cargo de primeiro-secretário. Assim, Poção e Lutero controlam o duodécimo mensal de R$ 1,6 milhão.

   Apesar de Ivan e Edivá estarem no páreo, Marinho demonstra maior poder de articulação. Segundo alguns vereadores, seria o nome que mais aglutinaria no sentido de resgatar a imagem de um Legislativo, que passou a ser bombardeado desde a gestão Chica Nunes (PSDB) por causa de denúncias sobre supostas irregularidades. Hoje, Marinho teria respaldo de ao menos 10 dos 19 colegas parlamentares.

   Lutero, que deixou o PP, pelo qual foi eleito em 2004 com 3.520 votos, e migrou para o PP, luta para não perder o mandato. Ele integra a lista de quase 500 parlamentares considerados infiéis. Sua estratégia é não ser notificado pelo oficial de Justiça, o que contribui para postergar o julgamento. O TRE tem somente 60 dias para julgar todos os processos.

   Entre a maioria dos 19 vereadores o comentário é que a regra da fidelidade partidária vai acabar por tirar o mandato de ao menos três da Câmara de Cuiabá, entre eles de Deucimar Silva, que saiu do DEM e foi para o PP, de Lutero e de Éden Capistrano, que "fugiu" do PSB e foi para os braços do PSDB.

   Caso Lutero perca o mandato, a atual primeira-vice Lueci Ramos (PSDB) passaria a presidir a Câmara por 30 dias. Nesse interím, conforme estabelece o Regimento Interno, ela teria que realizar uma nova eleição para suprir a vacância. Pelo prognóstico dos candidatos à presidência, ainda restariam cerca de 10 meses para conclusão do mandato de Lutero.

(Às 10h20) - Marinho nega pretensão pela Mesa

   O ex-presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Luiz Marinho (DEM) nega que esteja pleiteando a presidência da Mesa Diretora por agora. "Não sou candidato a nada. Não tenho essa pretensão. Existem outras pessoas mais entusiasmadas e animadas para isso", enfatizou Marinho, que foi antecessor de Chica Nunes no comando do legislativo cuiabano. Ele diz considerar natural que ocorreram manifestações em apoio a seu nome, tanto por parte de alguns vereadores quanto de servidores. "Os funcionários gostam muito de mim porque na minha época procurei valorizar muito a categoria. Fiz uma gestão voltada para a qualidade de vida deles".

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em breve a sociedade vai conhencer com detales os escândolos da Camara Municipal de Cuiabá e o Vereador luiz Marinho esta até a tampa de enrolado não da para entender os vereadores alegarem que não tem acesso a os gastos da camara, pergunto oque eles estão fazendo la? Já foram denúnciados por prevaricação, será que o MP tomou alguma providência?

  • carlos antonio carvalho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    voces já notaram que esses camaradas só vivem brigando politica os anos todos que antes da eleição de novo. Ninguém faz nada ninguém visita um bairro para ver os problemas que os municipes estão enfrentando, somente no dia da eleiçao, ai sim esses camaradas aparece, é uma vergonha, se eu tivesse um poder maior faria uma campanha para ninguém aparecer nas urnas no dia da eleição, acordem povo cuiabano, matogrossense, e brasieliro, vamos expurgar esse povo nesse dia.

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    olha o MP tenhe que fazer uma varredura nao so nas conta de LUTERO como tambem dos demais que passarão pela presidencia. ( eu gostaria de saber onde fica o disque denucia ) para que posso fazer denucia desses gestor.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O momento em que uma Lei começa a vigorar, é apartir da sua publicação, salvo especificação.."esta Lei entra em vigor apartir da...." mas como o STF foi político e amarelou..., sim amarelou! pois o texto é claro, Juízes, desembargadores, Ministros, estão obrigados a aplicabilidade da Lei, portanto é inadmissivel uma Lei ser interpretada como norma, apartir de uma consulta! O que aconteceu é que poderia aprtir de uma decisão estritamente legal, pormos em risco o regime democrático de direito, pois provavelmente teríamos outras eleições gerais. Na minha opinião, devia abrandar,pois aplicar uma regla na segunda rodada de um campeonato...já que deixaram à vontade, que se começe a cumprir rigorosamente apartir das novas eleições! ou então casse a todos que mudaram de partido independemente da data da troca, inclusive Governadores...E onde fica o artigo 5º da Constituição Federal?. não são todos iguais perante a Lei?

  • ALVINO GONZAGA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É preocupante o descaso que o vereador Lutero Ponçe faz com a Justiça deste Estado, ridículo não tomarem nenhuma medida para sequer citarem o vereador quanto mais punirem com a perca do mandato.

  • SILVIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SOMENTE AS ELEIÇÕES DESTE ANO IRÁ MOSTRAR A ESSES VEREADORES O QUANTO TRABALHANRAM CONTRA A POPULAÇÃO CUIABANA, NÃO VAI SOBRAR PEDRA SOBRE PEDRA...

    NOVOS CANDIDATOS ESTÃO SE APRESENTANDO, E ENTENDO QUE HAVERÁ UMA GRANDE MUDANÇA NAS CADEIRAS DA CAMARA, ELES ESTÃO VINDO COM SEDE DE FAZER PELO POVO.

    DEIXA ESTAR, O CIDADÃO JÁ APRENDEU A VOTAR.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando a matéria de capa é boa e desperta o interesse do leitor nessa hora já tem no mínimo 20 comentários, isso sim é ipobe, mas essa de hoje foi um pé no s... Tenha dó né Romilson, vc quer que seus leitores migrem para outro blog. O povo não tá nem aí para esses vereadores, a resposta virá das urnas, porque tenho certeza que o povo prestou bem atenção nesses tais fiscais do povo. Não fizeram B... nenhuma, foi a pior legislatura que já em Cbá e a mais marcada por corrupções da história. Gente que entrou lá sem nem um tostão no bolso, hoje tem várias fazendas, será como hein?

  • PEDRO BÔ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estamos vivendo momentos que já sabiamos que iria acontecer,Partidos supostamente ideológicos se corrompem, pregam uma ideológia liberal e oportunista, que não é constentada. É triste, ver Gestores como executivo Municipal e legislativo, querendo a Presidência do parlamento ou a Prefeitura, sem preparo nenhum, ex; não tem planejamento,falam em nome de grupos, e acima de tudo se diz Profesores, Engenheiros, Advogados..........E supostamente são gestores ACORDEEEMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM.

França, a gritaria e as contradições

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) sempre fez campanha eleitoral na gritaria. É daqueles populistas que fazem cara feia, falam alto e batem na mesa para tentar assustar e intimidar adversários e posar para o eleitor como "cabra macho", "valente" e acima de qualquer suspeita. Foi assim que se elegeu e se...

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...