Últimas

Quarta-Feira, 13 de Maio de 2009, 15h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA DE CUIABÁ

Lutero deixa reunião com auditoria "embaixo do braço"

   O ex-presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PMDB), já está com o resultado da auditoria de sua gestão em mãos. Ele abandonou a reunião dos 19 parlamentares que começou a cerca de 30 minutos na Câmara e saiu com o balancete "embaixo do braço", argumentando que precisa estudar o documento, que possui 75 páginas, para poder se defender das acusações.

   O peemedebista garante que não teme ter seu mandato cassado, porque cada um dos pontos que forem ressaltados na conclusão da auditoria, terá uma explicação. Lutero considera o fato de o atual presidente, Deucimar Silva (PP), como perseguição. "Pelo discurso do presidente, dá a entender que ele quer me derrubar", afirma. Ele completa dizendo que desde que o progressista assumiu a Casa, em janeiro deste ano, não sabe falar outra coisa a não ser "auditoria", mas ressalta que até agora não fez nada de concreto.

   Segundo Lutero, não existe qualquer relação de amizade entre ele e Deucimar. "Tenho que respeitá-lo porque ele (Deucimar) foi eleito pela maioria dos vereadores, mas é só isso. Não tenho qualquer relação com ele". (Flávia Borges e Patrícia Sanches)

(15h20) - Deucimar pede pacto pelo silêncio; auditoria conta com fotos e microfilmagens

   O presidente Deucimar Silva pediu para que todos os membros que participam da reunião de apresentação da auditoria feita nas contas da gestão Lutero Ponce não falem nada sobre o caso, até que ele decida entregar cópias aos jornalistas que estão na Câmara. Além de Lutero, o vereador Antônio Fernandes (PSDB) também já deixou a sala de reuniões, mas se negou a fazer qualquer pronunciamento. Além de documentos que supostamente comprovam desvio de dinheiro durante o período em que Lutero presidiu a Casa, a auditoria conta com mais 10 cadernos onde constam microfilmagens de cheques emitidos em sua gestão, além de fotografias.


Lutero Ponce recebe auditoria, prepara defesa junto à assessores jurídicos e só se pronunciará na 2ª
Foto: Lisânia Ghisi

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estaremos aguardando, ansiosos mas com ponderações, a apresentação pública dessa Auditoria, por ser de interesse público. Sei que será mais um tapa na sociedade cuiabana, mas esta, em algum momento terá de reagir contra os abusos, os criminosos, aqueles que infelicitam a nossa cidade e que não contribuem para o nosso desenvolvimento. Aguardemos.

  • Sebastião Carlos Brito | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Não pense o senhor LUTERO PONCE que somente o presidente da Câmara quer Cassar o seu mandato:È O POVO DE CUIABÁ , que nao aguenta mais os escandalos e roubalheiras que mancha a dignidade do povo cuiabano.VAMOS CASSAR O VEREADOR LUTERO JÁ....E DEPOIS OS OUTROS TROMBADÕES ...DIGNIDADE JÁ!!!!!! XÔ...XÔ !!!

  • Leandro Marcos da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    QUE PALHAÇADA, QUE PODRIDÃO, ATÉ QUANDO ESSA CORJA EMPULEIRADA NA CÂMARA DE CUIABÁ VAI BRINCAR E TRIPUDIARÇ COM A HONRA E A DIGNIDADE DO POVO DE MATO GROSSO E ESPECIAL DE CUIABÁ. ATÉ QUANDO ESSE MALA DO LUTERO VAI SE DIRIGIR AO POVO COM TANTO CINÍSMO E CARA DE PAÚ, CHEGOU Á HORA DA CÂMARA DAR UM BASTA NA ROUBALHEIRA, OU VAI PARA A LATA DO LIXO TAMBÉM.

    CHEGA, MORALIZAÇÃO, JÁ!

  • Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já escrevi aqui, não é possivel que ninguem leu....pague a PROMESSA, a Igreja esta esperando, ho homi dificio, pague a igreja so. Vai perder o mandato e não vai pagar? Vaculha na mente vc sabe a qual? O nome dela esta no SPC. Pronto falei Fui

  • Hélio Anta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante Romilson esse Deucimar é o mesmo que presta serviço de limpeza no Pronto Socorro de Cuiabá, onde participou de uma licitação fraudulenta, igual a licitação da prestação de serviço de energia em Cuiabá que é feita pela empresa do irmão do ex vereador Luiz Marinho, cade o MCCE, e o Ministério Público prá investigar isso? Eles pelo cargo que ocupam não poderiam ter parentes prestando esse serviço no muncipio.

  • afonso maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lutero, acho melhor voce pegar essa auditoria e ir ao teles pires pescar Matrinxã.

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...