Últimas

Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2009, 17h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA DE CUIABÁ

Lutero pode ser denunciado nas esferas cível e criminal

   O ex-presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PMDB), vai ser denunciado criminalmente na próxima semana pela promotora de Justiça titular da 12ª Promotoria de Justiça Criminal , Ana Cristina Bardusco Silva, uma das responsáveis pela análise das investigações. Ela já finalizou as oitivas e iniciou a confecção da peça de denúncia. A expectativa é que a documentação seja protocolada nos próximos dias junto a 15ª Vara Criminal de Cuiabá, sob o juiz José Arimatéia.  

   Não se sabe se ela acusará Lutero dos mesmos crimes detectados pela Delegacia Fazendária ou se serão ampliados com base no Código Penal. Antes de decidir pela denúncia, Bardusco fez questão de ouvir os mesmos empresários que os delegados fazendários e, após se convencer de que há elementos suficientes para a denúncia, iniciou a confecção da peça.

   O ex-presidente da Câmara é acusado de liderar uma quadrilha que causou rombo superior a R$ 7,5 milhões ao erário. Ele enfrenta também uma investigação interna na Câmara que pode culminar na sua cassação e agora se vê a um passo de virar réu em outro processo, por desvio de dinheiro público. Lutero responde na Justiça junto com a prima, deputada Chica Nunes, acusações de formação de quadrilha e rombo de R$ 6,5 milhões, que supostamente foram desviados quando a tucana presidia a Câmara (2006/2007). À época, Lutero exercia a função de 1º secretário da Mesa Diretora. Assim, em tese, ele era o ordenador das despesas.

   Além de responder criminalmente pelos supostos atos criminosos, Lutero pode ser processado na área cível. Neste caso, cabe ao promotor do Patrimônio Público, Célio Joubert Fúrio, a missão de denunciar o peemedebista pelo crime de improbidade administrativa. “Ainda estou analisando as provas encaminhadas pela Delegacia Fazendária, entretanto, como se trata de algo muito complexo, devo trabalhar no caso por mais 30 dias”, explica Fúrio. O promotor analisa o inquérito feito pelos delegados fazendários. O documento têm 113 volumes com 200 folhas cada e foi protocolado oficialmente no MP, em 17 de julho.

  Criminalmente, Lutero deve ser denunciado por formação de quadrilha, falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos e privados, peculato e fraude à licitação. Já na esfera cível responderá por improbidade administrativa. Neste caso, fica sujeito às sanções legais como multa, inegibilidade e ressarcimento ao erário. “Estou avaliando individualmente para que eu possa produzir em juízo a propositura”, explicou o promotor. Neste caso, a denúncia será encaminhada ao juiz titular da Vara Cível, Luís Aparecido Bertolucci Júnior. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • rita | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    não foi ainda???? esses representantes nossos so querem receber o salario, trabalhar que é bom...nada!!!!
    e o judiciario, ministerio publico, cadê??? todos estão como a cinderela....adormecidos para o trabalho!!!

  • Rogerio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma pena o que esta acontecendo com LuteroUm cuiabano,trabalhador,integro,respeitado na nossa sociedade,ja adninistrou outros orgãos e jamais desviou recursos publicosEspero que a justiça não cometa uma injustiça com esta pessoa.Imaginem- se outras estituições como:assembleia;prefeitura de Cuiabá,Gov.do Estado,tribunais de contas,TJ etc...passassem por uma varredura como estão fazendo com a camara de Cuiabá,com certeza não sobraria pena nem penacho para ninquem.Lutero esta pagando o preço de ter posto as finanças da camara em ordem,de ter feito um verdadeiro PCCS para os servidores valorizando principalmente os menos favorecidos.o preço de ser uma pessoa independente sem grupo politico,mas que buscou fazer a coisa certa dentro de um sistema apodrecido pelo tempo e corroidos por aqueles que não tem carater.Sei que Lutero dentro da sua humildade e de um cidadão temente a Deus,esta preparado para passar nesta terra o que for da vontade de Deus pois é um vencedor,que tem uma familia estraordinária e muitos amigos nuna cidade que ele tem orgulho de ser Cuiabano.

  • jl | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse LUTERO faz o que quer e impressionante que a nossa JUSTIÇA não da um BASTA nessa situação!

Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...