Últimas

Quinta-Feira, 14 de Junho de 2007, 19h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Lutero quer ação contra vandalismo na Câmara

   

     O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PP), anunciou que vai acionar judicialmente os responsáveis pelo ato de vandalismo, ocorrido nesta quinta durante a sessão ordinária. Cerca de 100 estudantes, sob a liderança de Gibran Laschowski, destruíram a galeria de fotos dos vereadores, soltaram bomba e riscaram veículos estacionados no entorno do prédio do legislativo cuiabano.

    O que deveria ser uma manifestação contra a decisão da Câmara de rejeitar a proposta por uma menor tarifa do transporte coletivo virou caso de polícia.  Lutero condenou as agressões e disse que vai ingressar com ação na Justiça contra os coordenadores do Comitê de Luta pelo Transporte Coletivo identificados no ato, um deles Gibran.

     "Aceito manifestações populares, mas não tolero vandalismo", comentou o presidente da Câmara. Já Gibran argumenta que o grupo foi à Câmara com a intenção de manifestar a insatisfação com a decisão dos vereadores por terem mantido o aumento da tarifa de ônibus em R$ 2,05.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Paulo Henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A opinião do tal Marcos Pena(funcionário do Gab do Prefeito) não tem valor, se O Wilson Demiti-lo será o primeiro a se juntar aos estudantes porque só assim ele vai ver quanto representou esse aumento no bolso do povo Cuiabano.E como todo puxa saco ele tem que fazer isso mesmo prá ganhar um graçejo do Prefeito uma vez que a função desse moço lá é ficar em uma mesa esperando o tempo passar.

  • Emerson Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nós vivemos em país em tese democratico, e, com essa pretensa democracia, abre-se um leque para 'supostos' estudentes se transforme em quadrilhas, baderneiros, vandalos, e criminosos. A insatisfação é grande mesmo. Agora resolveu Quebrar a Camara Municipal? Resolveu toda essa baderna? Tomara Deus, que esses criminosos, Criminosos mesmo e nao estudantes sejam indiciados e seus pais, sejam obrigados a pagar o patrimonio publico que eles estragaram. Fui estudantes e participei de inumeros movimentos, só que no meu tempo éramos estudantes, e nao aceitamos bandidos em nosso meio. Hoje com a tal 'democracia' já nao identificamos quem é estudante quem é bandido.

  • paulo henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lutero tem todo direito de entrar com uma ação de vandalismo contra qualquer que seja que depredar ou danificar a camara municipal de cuiaba , isso mostra a lisura e o respeito que o Presidente trata essa casa.Nós defendemos punição a todos aquele que quebraram o patrimonio publico ,inclusive pedimos que se extenda a Chica Nunes e a Lutero que praticaram coisas absurdas que e´igual ou pior a essa depredação praticada pelos jovens, que ainda lutam pelos ideais e em defesa do povo, ao contrario dessa dupla que são acusadas de todo tipo de conduta irregular com provas frente a aquela casa que hoje ele quer defender .PUNIÇÃO PARA TODOS JÁ!

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    REVOLTANTE !!!!

    Não são estudantes, são bandidos !

    São adimiradores de ditadores e ditaduras e não tem respeito nenhum pelo jogo democrático. Se dependesse desses atrasados, nós nos tornariamos uma Venezuela Chavista ou um Cuba castrista.

    Polícia neles !
    Esse país precisa de ordem e respeito as leis !

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu como eleitor cuiabano gostaria que esta punição se estendesse até a ex- presidenta da camara.

  • marcus penna | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    isso ja esta acontecendo a algum tempo,ja depredaram a prefeitura e outros bens publicos,o que mais meassusta e quem faz isso tudo sao as pessoas que justamente tem o passe livre,os estudantes.mais de inicio de passagem nao sao todos ,apenas aguns manobrados ,por pessoas mais experientes e queusam os mesmos pra fazer politica barata.infelismente tem vereadores que estao nessa baderna,incosequentes,.quero ver agora queos estudantes quebraram a propria casa deles,o que vaofalar.chega de demagogia barata e usarestudantes,unsate menores como massa de manobra.

  • Dérick Christein Vasconcelos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom alguns dos cometários feitos não merecem nem resposta, vejo pessoas guiadas pelo reacionarismo e sectarismo.
    Vamos por as coisas em seu devido lugar!

    Revolta!!!
    Só considero a do trabalhador que tem que ser lezado pelos empresarios do transporte com o a Aval do Prefeito, todos os dias ao ir cumprir sua rotina de trabalho!

    Bandidos?!?!

    Quem é que está roubando quem?

    Manipulados?!?!?

    Não tão manipulados quanto quem defende esse aumento de tarifa absurdo. Manipulados não acho que vendidos.

    Respeitar as Leis?!?!?!

    (risos) Acho que essa ai eu posso dar como resposta o meu silêcio.

    Somos estudantes filhos dos trabalhadores que sofrem com desmandos do Senhor Prefeito.
    Então temos o Direito de manifestar a nossa indignação com legitimidade.
    Eu estive lá eu defendo o movimento, não sou filiado ao PT, estive lá porque mais do que só pensar em mim eu penso em todos nós o povo de Cuiabá.
    E seja a tarifa de onibus, ou qualquer outro problema que estiver nos afetando nós nos manifestaremos!!!!!

  • aristóteles potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O senhor Marcos Penna apenas reflete a sua insatisfação de que os movimentos populares não devem criticar a camara e nem a prefeitura. Na sua opinião o senhor wilson santos está fazendo uma administração exemplar. Mas, para quem é do gabinete do prefeito não poderia esperar outra conduta, a não ser que não fosse puxa saco.

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

Queda nas receitas e o salário regular

emanuel pinheiro 400 curtinha   Prefeitos de um modo geral vão conseguir pagar a folha do funcionalismo de março, na próxima semana, sem tantas dificuldades. Já para abril, a tendência é que passem apurados para manter os vencimentos em dia, por causa do reflexo negativo da pandemia do coronavírus,...

Galvan, afronta à legislação e multa

antonio galvan 400 curtinha   O presidente da Aprosoja-MT, Antônio Galvan (foto), que tentou, mas acabou desistindo da disputa ao Senado, está sempre envolvido em polêmicas, seja nas demandas do agronegócio, seja no cotidiano da política. A mais recente é que ele, juntamente com outros produtores, está...

Destaque nas ações anti-coronavírus

leonardo bortolini leo 400 curtinha   O prefeito de Primavera do Leste Leonardo Bortolin (foto) vem recebendo elogios e ganhou o noticiário nacional por medidas práticas, céleres e seguras no atendimento à população, em meio aos cuidados para prevenção ao coronavírus. Desde a semana...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.