Últimas

Quarta-Feira, 19 de Março de 2008, 10h:49 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

Madeireiros cobram que governador "barre" PF

     Em audiência pública nesta quarta (19), os madeireiros reinvindicam um posicionamento duro do governador Blairo Maggi (PR) e dos deputados em relação à fiscalização da Polícia Federal. O presidente do Sindusmad (Sindicato das Indústrias Madeireiras do Norte do Estado), José Eduardo Pinto, se diz indignado principalmente com a Operação Arco de Fogo, que, segundo ele, aconteceu de forma truculenta. "Queremos pedir ao governador que proíba a atuação da PF nessas fiscalizações", disse José Eduardo.

    Ele também solicitou que seja firmado um termo de cooperação entre a secretaria estadual de Meio Ambiente, sob Luis Henrique Daldegan, e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) para evitar falhas de informação por parte do Ibama. "O Ibama está vendendo imagens à mídia que não são verdadeiras", criticou o sindicalista. (Pollyana Araújo)

(Às 11h01) - Mendes chama operação de "Arco da Mentira"

    O presidente da Federação das Indústrias (Fiemt), Mauro Mendes, classifica a Operação Arco de Fogo de "Arco da Mentira". "Somos capazes de vencer, pois somos mais fortes que a operação arco da mentira. A chamo assim porque ela nasceu como uma mentira e é assim que deve ser tratada", enfatiza.

(Às 11h18) - Jaime critica governo federal

    Os pronunciamentos foram interrompidos para apresentar um discurso do senador Jaime Campos (DEM). Da tribuna do Senado nesta segunda, ele  defendeu o setor madeireiro e criticou a postura do governo federal diante do problema. Segundo o  parlamentar, o governo federal está agindo com desrespeito à classe que, segundo ele, muito contribui para o crescimento do país. O senador lembrou ainda que 5 dos 19 municípios considerados campeões em desmatamento também constam do Mapa da Violência. "Isso acontece pela não geração de emprego", avalia.

(Às11h36) - Avallone defende CPI do Ibama

   O empresário e suplente de deputado Carlos Avallone defendeu a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para  investigar o Ibama. "Com certeza, lá (Ibama) também tem problemas. Nós sabemos que têm", adianta Avallone.

(Às 11h45) - Deputado pede que Maggi cobre Lula

    O deputado Percival Muniz (PPS) disse ao governador que está na hora dele (Maggi) cobrar o apoio que deu ao presidente Lula durante a campanha de 2006. "Está na hora do governador cobrar duramente o presidente Lula, já que o apoiou durante a campanha".

(Às 12h34) - Maggi pede paciência aos madeireiros

  O governador Blairo Maggi pediu que os madeireiros tenham paciência, pois o Estado já possui índices que contestam os dados do governo federal. Segundo Maggi, apenas 10,12% dos dados apresentados pelo Inpe são verídicos. Para Mggi, duas medidas deverão ser tomadas. A primeira será ter uma conversa com o governo federal e mostrar que o Inpe errou e, em segundo, ter uma discussão técnica com o Inpe para "confrontar os dados", se referindo ao levantamento feito também pela secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). As discussões foram adiantadas em função de um compromisso do governador. Foi dado o tempo de três minutos para cada deputado se pronunciar em plenário.

(Às 14h30) - Maggi deve apresentar relatório a Lula

   Após a conclusão da fiscalização e o recebimento dos relatórios, o resultado será discutido com técnicos da Sema e do Inpe. O encontro deve ocorrer na próxima segunda (24). Maggi já solicitou audiência com o Ministério do Meio Ambiente, Casa Civil e com o presidente Lula para levar o resultado da fiscalização e cobrar uma reavaliação.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • wellington b gueiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como ficou a multa de 5.000.000.000 aplicada ao Jayme por desmatamento ilegal pelo IBAMA, ele esta defendendo o povo da agricultura ou ele mesmo?

  • Carlos Magno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E AINDA OS FUNCIONARIOS DA SEMA QUEREM AUMENTO, PRA QUE? GASTAR NO CINEMA DO SHOPING PANTANAL NO HORARIO DE TRABALHO. ENQUANTO NÃO EXIGIR PRODUÇÃO PRO FUNCIONALISMO PUBLICO RECEBER E CONTROLE NA ENTRADA E SAIDA DESSAS INTITUIÇOES NO HORARIO DE SERVIÇO, O SETRO AMBIENTAL CONTINUARA A MERCE DA BURROCRACIA.
    DUVIDA?
    É VER PRA CRER?
    VA AO SHOPIMG PANTANAL NO PERIDO DE SERVIÇO E VC VERA A QTIDADE DE SERVIDOR PASEANDO POR LÁ.

  • MARCOS VELAZQUEZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - FICAMOS ESPANTADOS PELO TAMANHO DO APARATO ARMADO NESSA OPERAÇÃO, DIGO CIRURGIA, POIS ATÉ A GUARDA DAS FORÇAS NACIONAIS VAI ENTRAR, DAQUI A POUCO VEM SWAT, FBI, CIA E POR QUE NÃO BIN LADEN E OUTROS. - PESSOAL TEM QUE HAVER "FISCALIZAÇÃO" E NÃO "TORTURA", POR QUE AO MEU VER ESTÃO FISCALIZANDO EMPRESÁRIOS QUE AQUI VIERAM A CONVITE DE GOVERNOS E PROGRAMAS ANTERIORES QUE PELO VISTO A MINISTRA MARINA NÃO ESTA A PAR DO QUE JÁ ESTAVA NOS PLANOS E PROGRAMAS ANTERIORES A ESSA GRANDE OFENSIVA CONTRA O PROPRIO TRABALHADOR QUE DA O SUSTENTO A TODOS ESSES QUE ESTÃO FAZENDO ESSA ABERRAÇÃO CONTRA OS MADEIREIROS DE NOSSA REGIÃO, SENHOR PRESIDENTE LULA O AI 5 JÁ ERA E A ERA DA DITADURA TAMBEM, SE NÃO VOCES NÃO ESTARIAM AI HOJE, SÓ PARA LEMBRAR, OK!!!! ELEIÇÕES 2010 SERÁ UM ESTARDALHAÇO NACIONAL........´SO LEMBRAR DISSO.....

  • Senhor Entediado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse secretário é péssimo gestor, o problema do meio ambiente se arrasta e governador nada faz para tentar minimizar o problema!! Tenha paciência... Continue com o facão na Sema, Governador... Ponha meia dúzia de gente prá correr e Vossa Excelência irá sentir algumas coisas melhorarem.

  • Ramiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Mauro Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa de que passaram o facão na SEMA é pura ilusão. Basta ir à sede do Órgão para deparar com o Sr. Bathilde exercendo as atividades de assessor jurídico "de fato", com a complacência do Senhor Secretário. Ou seja, continua cedido pelo Poder Judiciário, mandando na SEMA. O serviço do Governador teria ficado pela metade?

  • paulo cesar sampaio filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gestão ambiental em mato grosso não existe, pessoas despreparadas tecnicamente assumiram a sema, promovendo atrocidades e encobertando interesses de pessoas e grupos. A sociedade matogrossense não é burra, e já está evidente que o órgão ambiental estadual esta cada vez mais perdendo o pouquinho de credibilidade que ainda lhe resta, e não é atoa que o ministério do meio ambiente e o ibama preferiram fazer a operação arco de fogo distante da sema, pois todos sabem que o órgão estadual hoje está totalmente atrelado a interesses escussos e imediatistas de detonar os recursos naturais em detrimento de beneficios que certos setores e grupos econômicos estão tendo com a irresponsabilidade ambiental do Estado de Mato Grosso. É uma vergonha o governador usar deste artificio administrativo e mandar a sema defender degradadores e piratas da amazônia.

  • vinicius marcos tardelli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pode um governador utilizar de estrutura governamental, especificamente de uma secretaria de estado para que esta atue como verdadeira representante de interesses de grupos (ligados a seus interesses empresariais) que agem na forma de contravenção, burlando a legislação ambiental e utilizando de métodos predatórios de exploração dos recursos naturais??? Nada justifica a degradação ambiental patrocinada por tais grupos insaciáveis, sugadores do patrimônio florestal de toda a sociedade brasileira e mundial, nem mesmo a justificativa histórica de incentivos da sudam, pois um erro do passado não pode perdurar eternamente como verdade absoluta, e sempre há tempo de corrigir distorções e omissões do governo federal, e é isso que o governo federal está fazendo. Se fizerem uma pesquisa, com certeza pelo menos 80% da população brasileira apoia a preservação da floresta amazônica, e é inadmissivel um grupelho de gangsters da floresta dizerem que estão representando interesses da sociedade, só se for a sociedade anônima deles mesmos. NOSSOS APLAUSOS E ADMIRAÇÃO PELA MARINA SILVA E PELA PROMULGAÇÃO DO DECRETO, ISSO SIM É AGIR COM RESPONSABILIDADE AMBIENTAL, COISA QUE INFELIZMENTE O ATUAL GOVERNO DE MATO GROSSO A CADA DIA PROVA QUE NÃO TÊM.

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...