Últimas

Segunda-Feira, 17 de Março de 2008, 11h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

Maggi alega que acordo teve aval do Judiciário

   O governador Blairo Maggi (PR) afirmou em entrevista nesta segunda que o cancelamento do convênio feito com o Tribunal de Justiça desde 2003 não terá conseqüências. "Não há mais necessidade de continuar com este acordo", declarou. O acordo previa uma participação de 20% para o Judiciário sobre o valor total das execuções efetivamente convertidas em receita aos cofres públicos - clique aqui e leia mais. Maggi não parecia muito à vontade para falar sobre o assunto e, num olhar "quero fugir daqui" (dos jornalistas) para os seguranças, se esquivou assim que começaram os questionamentos. O governador aproveitou a oportunidade para questionar também o Judiciário. "O acordo foi feito com o consenso de ambas partes. Ninguém fez obrigado", rebateu.

    Questionado sobre irregularidades no acordo, Maggi preferiu sair pela tangente. "Se houve alguma irregularidade não sou eu quem pode dizer", respondeu. O rei da soja também passou o problema adiante, alegando que o acordo foi feito entre a Secretaria de Estado de Fazenda e o TJ. (Alline Marques)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Governador foi muito infeliz!, primeiro, em campanha promete reduçao na carga tribuária, discursa que as taxas do DETRAN, era um vergonha...! Além de nao cumprir o que prometeu, ainda faz um pacto para apertar o cerco contra o contribuinte?, e o que é pior (veja a imaturidade de sua equipe) à epoca, assinar um pacto com o Judiciário em detrimento a um povo sofrido, tem gente passando fome, gente sem remédio, morrendo à mingua, sem assistência, tudo isso porque em muitos casos o Poder Judiciário nao decide sobre processos que tramitam à anos! isso tem um nome!...isso é propina! corrupçao, dar celeridade a processos é obrigaçao (sería) do Poder Judicário. Taí a explicaçao de nesse Governo de narizes empinados (gente prepotente e arrogante), terem em seus cargos a maioria de filhinhos e filhinhas de papai!
    Para o Bliro, pobre é só para ser executado!

    Fando nisso, onde andam os que peneiravam os currilos do Governo, no primeiro mandato?, os Srs. Lucio e Sr. Joao Batista, creio que devam estar no Conselho fiscal do Governador, pois os mesmos devem serem integros, sérios,, nunca sofreram qualquer tipo de processo!, ambos teem às maos limpas....
    Pois à epoca as indicaçoes da Fentinha nao foram atendidas, mas esse Sr. Lucio, emplacou toda sua familia no Governo.

    Vocês ainda nos devem!! A fatura ainda nao foi paga Sr. Governador!

  • henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ninguém ainda endereçou todas as noticias veículadas sob este tópico polêmico ao Conselho Nacional de Justiça
    ( CNJ )?? Estão esperando o que? É para isso que serve aquele órgão fiscalizador. As notícias podem serm mandadas por email diretamente no site daquele orgão www.cnj.gov.br ou pelo correio.... A OAB não provocará o CNJ ?

  • César Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É HORA DO BASTA.

    Isso deve configurar "compra de sentença". Isso é muito grave e fere princípios constitucionais.

    O retrato fiel do "governo da Botina". Eles governam achando que tudo compram, incusive a jusiça.

    Onde anda o Ministério Público? Este nunca esteve tão calado como agora. Porque será?

    Se com a justiça o relacionamento do governo da Botina é ness nível, imagine como é com o Legislativo. Deve existir muito mais "coisa escabrosa" por debaixo do tapete do Paiaguás.

    Até quando a "Turm da Botina" vai fazer e acontecer? E, a sociedade vai assistir passivamente a tudo.

    È hora do basta, a turma do Maggi tá passando dos limites.

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa negociacao seria uma afronta ao principio da moralidade. Cade o Ministerio Publico do nosso Estado para agir, ou estao dormindo.

  • PEDRO PAULO BARROS LEITE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COM ESSA O PODER JUDICIARIO E O EXECUTIVO DE MATO GROSSO,APRONTAM A MAIOR LAMBANÇA QUE SE TEM NOTICIAS,A NIVEL DE PROMISCUIDADE ENTRE DOIS PODERES QUE DEVERIAM SER SÉRIOS.

    A TURMA DA "BOTINA" PÕE TODO O PODER JUDICIARIO EM SEUS CURRAIS,CADÉ OS MAGISTRADOS SÉRIOS,QUE NÃO SE MANIFESTAM??? PORQUE SE CALAM ? ESTARIAM COM VERGONHA?? OU ESTÃO TODOS OS RABOS PRESOS???

    O POVO AGUARDA UMA MANIFESTAÇÃO DE VOSSAS EXCELENCIAS,ASSIM COMO DO MINISTERIO PUBLICO,OAB E CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA.

  • Leocadio Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse governo Blairo Maggi está se afundando num mar de lama, negociatas e escandalos.

    É uma pena, pois tinha tudo para ser algo diferente. Começo a acreditar que o Percival Muniz tem razão quando apresenta denuncias contra o governo estadual.

    Lamentável!!!

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS