Últimas

Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2008, 08h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Maggi atrai PMDB e ganha Bezerra de presente

   Após conhecer os números de uma pesquisa qualitativa em Rondonópolis, onde é pré-candidato a prefeito, o deputado Zé do Pátio, um dos poucos que fazem até agora oposição light ao governo Blairo Maggi (PR), chegou a conclusão de que é melhor mesmo o PMDB passar a ser aliado do Palácio Paiaguás. Ocorre que, com isso, joga no colo do governador Blairo Maggi o cacique Carlos Bezerra, que há mais de uma década comanda o PMDB no Estado.

    De acordo com a pesquisa interna, a maioria da população rondonopolitana entende que Pátio é um bom candidato a prefeito, mas o tem como "marionete" de Bezerra. Isso leva o pré-candidato peemedebista a perder votos. Desde já, parte do eleitorado absorveu o discurso de que, uma vez Pátio eleito prefeito, quem mandaria na prefeitura seria Bezerra. Esse discurso da oposição o prejudicou eleitoralmente em 2004, quando ficou em terceiro lugar. O deputado estadual é fiel ao seu padrinho, de quem foi secretário de Obras na época em que Bezerra comandou o município por três mandatos.

    Agora que o PMDB está decidido a formalizar aliança com o governo, inclusive tende a comandar a pasta do Desenvolvimento do Turismo com a própria esposa de Bezerra, a ex-deputada federal Teté. Assim, Pátio, indiretamente, transfere parte do desgaste para Maggi e, consequentemente, ao seu principal adversário nas urnas deste ano, o prefeito Adilton Sachetti, que vai à reeleição.

   Por mais que tenta se esforçar, Bezerra enfrenta alto índice de rejeição, inclusive em Rondonópolis. Conseguiu, após montar uma grande estrutura e muito suor, voltar à vida pública com a reconquista, em 2006, da cadeira de deputado federal. Além de prefeito e de ocupar hoje cargo na Câmara Federal pela segunda vez, Carlos Bezerra já foi deputado estadual, senador e governador.

    As últimas alianças majoritárias conduzidas por Bezerra facassaram, com exceção da de 2006, quando levou o PMDB a apoiar a reeleição de Maggi. Em 98, Bezerra se juntou ao adversário histórico Júlio Campos. Os dois "morreram" abraçados nas urnas. Em 2002, se juntou ao também então inimigo político Dante de Oliveira e Antero de Barros. Também foram rejeitados pelos eleitores. Agora. Bezerra "cola" em Maggi. As consequências virão nas eleições municipais deste ano e refletirão em 2010.

(Às 16h45) - Sob conflitos, sigla apresenta condicionantes

   Em reunião tensa nesta quinta no apartamento do deputado Carlos Bezerra, a executiva estadual do PMDB decidiu que não aceita indicar o nome de Teté Bezerra ou de qualquer outro filiado para a secretaria do Desenvolvimento do Turismo, sem antes haver regras claras. O "não" ao convite do governador vai ser oficializado em documento. A maioria entende que uma aliança oficial agora traria consequências negativas para o partido em alguns municípios nas eleições de outubro, principalmente em Rondonópolis, onde o peemedebista Zé do Pátio vai encarar nas urnas o prefeito Adilton Sachetti (PR).

    A direção do PMDB ficou de marcar uma nova reunião. Antes de bater o martelo de vez sobre composição com o Paiaguás, quer impor ao menos duas regras ao governador. Primeira, que a bancada na Assembléia tenha liberdade de atuação sobre o Executivo. Segunda, que uma eventual aliança agora não comprometa a linha de atuação dos candidatos a prefeito pelo partido.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    ANÁLISE I

    1- O que levaria BM, buscar uma aproximação desgastante com Carlos Bezerra? Uma vez que o maior prejudicado políticamente com isso seria o próprio Blairo.

    - A resposta é simples...! Após alguns meses de ser empossado no DENIT, BM e Pagot descubriram que as coisas não estão fluindo como deveria, desta maneira sendo membros de uma bancada medílcre, chegaram a conclusão que precisariam de uma bancada de sustentação do Governo Lula mais próxima até para as obras serem tocadas, como o PMDB não se faz nada em Mato Grosso e nem se aprova nada, sem passar pelo cacique Bezerra, foi a única alternativa viável da base aliada.

  • Porfiria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E que presente de grego, hem governador!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    So lamento.

  • Augusto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Presente de grego!!!

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    GOVERNADOR BLAIRO,

    JULIO CAMPOS,JAYME CAMPOS , JONAS PINHEIRO E POR ULTIMO DANTE E SUA TURMA DO TENIS JÁ TOMARAM DESSE VENENO,JÁ QUE ESTAVAM MORRENDO POLITICAMENTE,SE ALIARAM COM O BEZERRA E SUA TROUPE,E AFUNDARAM TODOS JUNTOS.

    NO CASO ACIMA SE ENTENDE,O QUE É UMA UNHA ENCRAVADA PARA QUEM ESTÁ COM CANCER? CUSTA ME ACREDITAR,QUE OS BOTINUDOS ESTÃO COM MEDO DO BEZERRA,QUE HOJE REPRESENTA O ATRASO E A CORRUPÇÃO EM MATO GROSSO,OU OS "BOMBACHUDOS" RESOLVERAM ADOTAR OUTRO ESTILO POLITICO?

    CUIDADO SÓ O FATO DA VEICULAÇÃO DESSA NOTICIA,JÁ LHE TIRA MUITOS VOTOS,O MEU E DE MUITOS DA MINHA FAMILIA,VOSSA EXCELENCIA CERTAMENTE NÃO MAIS RECEBERÁ.

    BOA SORTE GOVERNADOR!!!

  • JOSE MEDEIROS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    se é assim que o PMDB vai encaminhar as coisas entao vai sozinho porque nós do PPS nao vamos acompnha-lo.
    jose medeiros
    presidente do PPS em Rondonópolis-mt

  • Osvaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Júlio aliou-se a Bezerra em 1998 e perdeu p/ Dante.
    Antero a contragosto de Dante aliou-se a Bezerra em 2002 e perdeu p/ Blairo.
    Blairo agora se alia a Bezerra e, advinhe?

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro José medeiros essa aproximação do PMDB com PR não prejudica em nada a candidatura de Zé do Pátio, aliás eu acho que o Zé fez foi ganhar pois de agora em diante não tem como o grupo do Blairo e do Sachetti falar mal do Bezerra querendo atingir o Zé Carlos, e o Percival tem que ver que se sair três candidatos e houver um empate técnico entre os três, quem leva é o Sachetti pois o dinheiro vai fazer a diferença mais uma vez, essa é a hora de unirmos nossas forças e mostrarmos pra essa elite que é o Zé que o povo quer.

  • Agnaldo da Silva Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é a quebra de paradigmas que o Governador Maggi tanto falou nas eleições.

  • Ronaldo Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Pedro Paulo, concordo plenamente com o Medeiros.
    Acho que o PPS não deve fazer parte dessa barganha politica, apoiando o candidato LARANJA que estao querendo montar. Sem duvida nenhuma Bezerra que criou o PMDB de MT e tambem o Ze do Patio. Infelizmente, nao tem como apoiar um candidato aqui, contra o governo, e o PMDB apoiar o candidato do governo em Cuiabá por exemplo. Sem falar que a esposa do cacique assumira vaga no governo. O PPS nao deve entrar em projeto rachado de maneira alugma. Se for pra rachar, vamos ter candidatura propria pra fortalecer o partido. Abraços

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TOMARA QUE ESSA "BEZERRA"QUE O GOVERNADOR BLAIRO GANHOU ESTEJA COM AFTOSA E CONTAMINE OS DEMAIS.

    AI SÓ NÓS RESTA SACRIFICAR O REBANHO TODO.HEHEHEHEHE...

    O POVO BEM INFORMADO DARÁ O TROCO NAS URNAS!!!

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.