Últimas

Terça-Feira, 27 de Outubro de 2009, 11h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE PÚBLICA

Maggi defende médicos e diz haver má gestão em Cuiabá

  O governador Blairo Maggi (PR) classificou como justa a pauta de reivindicação dos médicos grevistas de Cuiabá, que desde setembro iniciaram um movimento de demissão em massa, cobram melhores salários e condições de trabalho, além da exoneração do secretário de Saúde Luiz Soares. “Acho justo que os valores pagos em forma de gratificações sejam incorporados aos vencimentos”, pondera. Na avaliação do governador, a má gestão da saúde no município foi fator preponderante para que o caos se instalasse na Capital. Afirma que a Prefeitura de Cuiabá recebe repasses financeiros por todos os atendimentos prestados a pacientes que vem de fora. As afirmações foram feitas, em Sapezal, durante entrevista na casa do próprio Maggi.

  “Esse esteriótipo tem de ser desfeito. O Pronto-Socorro recebe por todos os atendimentos prestados à população e, por isso, não existe sobrecarga e é errado dizer que a população do interior traz apenas ônus ao município”, disse o governador, pouco antes de anunciar que estuda a possibilidade de firmar um convênio com o Hospital Geral Universitário, que está apto a atender pelo SUS, para contemplar pacientes de todo Estado e que deixem de ser atendidos no Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá.

-----------------------------------
Governo promete convênio com
Hospital Geral Universitário para
suprir demanda de pacientes que
procuram rede do SUS em Cuiabá
-----------------------------------

    Blairo Maggi entende que, dessa forma, será possível descobrir exatamente onde está o problema na saúde pública. “Vamos poder medir a situação e a prefeitura ficará apenas com os pacientes da Capital”, explica o republicano. Ele enfatiza também que se o convênio for firmado, os recursos destinados à prefeitura vão reduzir. “Mesmo sem prestar o atendimento, a prefeitura tem recebido. Com esse convênio, vamos destinar o dinheiro ao HGU, que estará atendendo os pacientes. Nada mais justo que o hospital que presta o serviço receba por isso”, argumenta o governador.

  O governador disse que deseja ajudar a Prefeitura da Capital, mas ressaltou que isso não inclui dar mais dinheiro. “Vamos sentar, discutir o assunto e ver o que pode ser feito. Podemos até tentar mais recursos do Ministério da Saúde, mas o Estado já repassa todo o dinheiro que pode”. Assegura que os 12% exigidos por lei são cumpridos pelo governo. “Aplicamos o que é exigido pela lei com base no que estabelece o Tribunal de Contas do Estado”.  (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • Germano Alquimista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SÃO TANTAS ASNEIRAS SENDO DITAS SOBRE ESSE CAOS DA SAÚDE EM CUIABÁ!

    MAS UMA COISA NINGUÉM PODE NEGAR: EM TODOS OS ESTADOS É NAS CAPITAIS QUE FICA OS HOSPITAIS E CLÍNICAS QUE TRATAM DOENÇAS DE ALTA COMPLEXIDADE!!!

    CUIABÁ NÃO FAZ NENHUM FAVOR AOS MUNICÍPIOS DO INTERIOR QUANDO ESSES TRAZEM SEUS DOENTE PARA SEREM TRATADOS AQUI! A PREFEITURA RECEBE TIM-TIM POR TIM-TIM DE CADA SERVIÇO QUE PRESTA!

    O RESTO É POLITICAGEM!!

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Brairo Magi tá agindo que nem facínora, inventa leviandades e joga no ventilador(leiasse mídia), que é para as pessoas se revoltarem contra WILSON SANTOS(45).














































    Povão (sou povão, Wilson Santos também é, e a maioria dos matogrossenses idem) NÓS SABEMOS que a saúde ESTÁ UM CAOS É EM MATO GROSSO, e que nosso Estado é o ÚNICO que não tem Hospital Estadual, mas por culpa de quem? Lógico que do (des)governador, e não por culpa de WILSON SANTOS(45), pois este é apenas um prefeito, que não tem como acudir toda a população de Mato Grosso e dos estados vizinhos. É DEMAIS PEDIR QUE ENTENDAM ISSO?

  • ANTONIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Má Gestaão é sua seu Botinudo,voce que comprou vaários Hospitais particulares e deixou inerte tudas essas compras foi p/ajudar os seus amiguinhos do Reizinho,Cadê a Segurança,Seduc,Saude,Fethab,cria vergonha e nem apareça na mídia seu BOTINUDO.....

  • rita de cassia vasconcelos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A cuiabania está estarrecida com a situação de descaso que passa a sociedade médica de Cuiabá. Sendo tratada como malfeitores sendo que está estampado em baixo do nariz de todo mundo, a pouca vergonha desse gestor Prefeito Pinóquio Maquiavélico que tenta ludibriar os homens e mulheres de bem deste estado.É caso de polícia e de psiquiatria,é crime e loucura.
    Onde está o Ministério Público para mandar prender os irresponsáveis que tomam conta de nossa saúde!
    Fecham o pronto socorro, Subestimam e marginalizam os profissionais da saúde e ainda contratam empresa de fachada e ninguém faz nada???
    Esse recado é para o governador Blairo Maggi que é um bom gestor, favor usar da sua competência e agir.Saude é direito de todos e dever do governo federal, estadual e municipal, promova uma intervenção na saude municipal.
    A mídia não está deixando sair a realidade dos fatos ,pois muitos deles são parceiros da Adminstraçaõ WS.
    Vamos governador !!!

  • Chirley Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Grande proposta. É hora de somar. A meta final de qualquer administração é o HOMEM - ajam com urgência que o caso requer; convoquem os tribunais, numa ação conjunta queimem etapas... desburocratizem... Com a credibilidade, em todos os sentidos, que tem o Hospital Júlio Müller este deve ser utilizado. Ele tem concurso válido, pode chamar profissionais, como médicos, enfermeiros, farmacêuticos, laboratoristas, técnicos.  É preciso ampliar as ações da UFMT, do Estado, do Muincípio que tem, também que entrar com contrapartida, para a comunidade, principalmente para os humildes que não têm planos de saúde, não têm recursos e têm necessidades... È hora!

  • Luis Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Estranho seria se Maggi defende-se o povo...

  • gustavo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    isso é engraçado algumas pessoas nao reconhecer o que o governador ja fez por mato grosso... o proprio wilson fica elogiando o maggi ... agora o prefeito que prometeu que ia governar cuiaba por 4 anos agora fica falando que é cand. a governo quero disser que eu tenho o video que o prefeito disse vou ser prefeito de cuiaba os 4 anos eu amo cuiaba......

  • elizeu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    -deixa de bobagem gustavo, voce esta parecendo marido traído, qualquer cidadão tem mais condições de ajudar cuiaba-mt sendo governador do que sendo prefeito.
    -afinal de contas todos nós sabemos que o governo federal detém a maior fatia do bolo tributário 50% seguido dos estados 35% e só depois é que vem os municipios 15%.
    -portanto se o cara independente de quem seja quiser mesmo ajudar é preferivel que seja governador do que prefeito.
    -e em matogrosso só o fethab arrecada mais que a prefeitura de cuiaba-mt.
    -

  • BALBINO MARQUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O BLAIRO MAGGI , O CALDO MAGICO DA GALINHA AZUL , ESQUECEU QUE NA EPOCA DO DR JULIO MULLER A SAÚDE PUBLICA FUNCIONAVA.
    HOJE TA SUCATEADA NO ESTADO TODO.
    NEM MORTO QUE SER ATENDIDO NO SUS DO MT!

  • Guilherme | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo do Blairo, deve ser uma má administração, porque se fosse boa os médicos não estariam fazendo tudo isso. Agora eu deixo uma pergunta. SERÁ QUE DEPOIS DO PAC, OBRAS NÃO FINALIZADAS COMO A ETA TIJUCAL, AVENIDA DAS TORRES, E AGORA ESSE PROBLEMA NA SAÚDE, SERÁ QUE WS TEM CAPACIDADE DE GOVERNAR UM ESTADO?

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...