Últimas

Sexta-Feira, 24 de Outubro de 2008, 08h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

MEIO AMBIENTE

Maggi defende perdão dos passivos ambientais

Fernando Ordakowski

 A proposta do governador Blairo Maggi de assegurar exploração de até 50% de áreas para desmate dentro da Amazônia Legal àqueles que, no passado, já tinham esse direito não encontrou respaldo do Palácio do Planalto. Os ministros Carlos Minc (Meio Ambiente) e Roberto Mangabeira Unger (Assuntos Estrastégicos) apresentaram resistência à idéia, que surgiu a partir do MT Legal, prestes a ser regulamentada com o propósito de melhorar a gestão ambiental e fundiária do Estado.

  Agora, Maggi vai tentar contemplar os que têm passivo ambiental atráves do projeto do Zoneamento Socioeconômico Ecológico do Estado. Os ministros aguardam a aprovação do Zoneamento, há vários anos na pauta de discussão pelo governo estadual e pela Assembléia Legislativa, e também a regulamentação do MT Legal, desde que tenha sintonia com o governo federal, de modo a não apresentar leis conflitantes.

   O Programa Mato-Grossense de Legalização Ambiental Rural (MT Legal) já foi sancionado por Maggi. Busca disciplinar as etapas do processo de licenciamento ambiental de imóveis da zona rural. O  governo tenta, nessa nova etapa, mapear e restaurar os passivos ambientais e fazer a preservação de áreas que compõem as matas ciliares e nascentes num Estado que luta para sair do ranking de primeiro colocado em desmatamento na Amazônia.

   O problema é que o Estado não pode abrir prazo para essa regularização e legalização das propriedades rurais porque, antes, o governo quer "amarrar" garantias para tirar os passivos dos ombros dos produtores. Até 1998, o desmate em florestas era permitido até 50%. Esse percentual caiu para 20% e os produtores ficaram com passivo ambiental.

  Maior produtor individual de soja do mundo, Maggi não quer avançar nas discussões sem, antes, contemplar na lei esses mesmos percentuais, algo conflitante para o governo federal. Diante disso, a secretaria estadual de Meio Ambiente vai fazer levantamento sobre as áreas consolidadas e buscará contemplar os chamados "desmatadores do passado" dentro do Zoneamento, que vai delimitar e autorizar o percentual para exploração de áreas. Essa discussão vai se estender para o próximo ano.

Postar um novo comentário

Comentários (47)

  • JOSE MARIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Romilsom, faltam menos de dois dias para a eleição e está parecendo mais um FUNERAL DE POBRE. Que coisa monótona. Onde estão as pesquisas? Onde estão os bravos e combativos eleitores de Mauro Mendes? Exceto por esse analfa aí chamado Marcelo Pires, os demais sumiram. Tenho a impressão de vai faltar gente para carregar o caixão.

  • Carlos Magno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é o motoserra de ouro!!!
    Sem adentrar muito a fundo. Mesmo que essa destruição fosse mesmo para produzir mais alimento, não teria lógica destruir nessa proporção e sem reparos na natureza.
    Essa destruição seus bocós, não é para produzir mais, aliás, é para produzir menos, o que aumenta são os investimentos, abre-se espaço para finaciamentos e ainda prolongamento de dívidas anteriores.
    È isso que move essa cultura do Governador Blairo, fazer mais dinheiro com financiamento e é óbvio, nunca pagar esse empréstimo.
    Blairo usa MT como negócio, quer monopolizar o poder nas suas mãos, quer pegar dinheiro fácil sem precisar pagar por isso.
    Vai defendendo o motoserra de ouro, verão onde MT vai parar.
    A crise vai estourar lá pelo fim de Fevereiro de 2009, vamos ver onde o motoserra vai esconder-se. Certeza que vai inventar uma desculpa e jogar o vice na frigideira quente.
    Guardem esse comentário, é sério! No final de Fevereiro coloquem aqui no RDnews e me cobrem sobre o que falei.
    Terei os dados para mostrar o porque MT se individou e não terá como pagar. Ninguém, nem mesmo o Governo Federal imaginava essa crise econômica mundial, agora estão desesperados tentando inventar uma maneira de esconder a crise em MT.
    Como diz o cuiabano: quem madô tê oio grande!

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse cara so pensa nele, se voce andar pelo interior vera que tem muita terra limpa que não se planta nada, tem que proibir desmatamento, multar e tomar a terra desses loucos, temos sim que aproveitar melhor os espaços abertos, o minc esta certo.

  • Antonio Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    LAMENTAVEL POSIÇOES QUE VAO FORA DO ANSEIO DA SOCIEDADE E PELA QUAL O NOSSO GOVERNADOR FOI ELEITO, INFELIZMENTE VOTAR EM EMPRESARIO E ISSO. DEFENDE OS INTERESSES PESSOAIS MESMO SABENDO QUE A MAIORIA PEDE OUTRA COISA.
    SENHOR GOVERNADOR OBRIGADO POR NOS LEMBRAR ESSAS POSIÇÕES ANTES DESSAS ELEIÇOES DO DIA 26. PARA NAO COMETER O MESMO ERRO NO NOSSO MUNICIPIO.. COLOCANDO UM EMPRESARIO QUE QUER EMPLANTAR A ESCRAVATURA BRANCA!!! OW ALGUEM ACHA QUE O SR. MAURO MENDES VAI CRIAR LEIS QUE BENEFICIAM O TRABALHADOR COM CERTEZA NÃO.. VAI BENEFICIAR COM CERTEZA A CLASSE QUE ESTA DANDO DINHEIRO PRA ELE NESSAS ELEIÇOES.. GENTE VAMOS VOTAR EM LIDERANÇAS QUE REPRESENTA O POVO E NAO LIDERANÇAS IMPROVISADAS.. DE LABORATORIO!!!

  • Mara Lisboa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Blairo, como governador você é um ótimo plantador de soja. Pede prá sair !

  • angelica | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    macelo pires se mudar a cor da grma com certeza vc passará fome

  • alice | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    se mudar a cor da grama vc passa fome marcelo pires, vc pode usar o espaço sim, mais deveria saber usá-lo, vc só abre a boca pra falar m...., Deus me livre

  • marcelo pires | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    caro JOSE MARIA da Cidade:RONDONÓPOLIS con toda consideração que poderia ter por voce voce ja teve o seu 5 minutos de fama agora se recolha na sua ignorancia e vai catar latinha. se nao sabe perder na va para a guerra. deves de ser um bobo metido a intelectual e ainda diz que é de rondonópolis o povo desta cidade nao merece um .... como voce eu acho que voce faz parte da equipe dos tres patetas da ufmt voce deve ser o chefe da trup; (hildebrando, jaedson e milton abreu ) o chefe jose maria

  • Paulo José | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Claudio Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sai daqui cara..
    vaza deste estado..
    volta para o Paraná...
    po o cara chega aqui vira governador, o estado para e ele fica mais rico a cada dia..
    temos q rever isso..
    Este estado sao para os matogrossense nao para gaucho q vem e tira as nossas riquezas..
    Se desmatar fosse bom e aquecesse a economia daqui o pib do estado nao seria só 1,7% a nivel nacional..
    AGORA WILSON DENOVO....
    nao quero que os cuiabanos sofram oque nós rondonopolitanos sofremos...

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...