Últimas

Quarta-Feira, 16 de Janeiro de 2008, 08h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EXECUTIVO

Maggi diz que troca 4 secretários e faz mistério

Governador garante que até antes do Carnaval fará  mudanças na Fazenda, na Cultura e na Indústria, diz que o ponto de partida do quebra-cabeça é a pasta do Turismo, avisa que Daltro e Yênes não saem, enquanto Baiano deve deixar a administração e torce para Pedro Henry não perder o mandato 

  As articulações e expectativas nunca tiveram tão intensas como neste período de pré-definição de mudanças de comando de algumas secretarias. Uns afirmam que o governador Blairo Maggi substituirá e/ou remanejará vários assessores. Outros apostam que, no máximo, quatro pastas passariam por substituições.

  Para saber como está a montagem desse quebra-cabeça telefonei para o governador nesta quarta (16). A conversa começou às 7h50. Demorou 12 minutos. Perguntei sobre todas as possibilidades de mudanças que se comentam nos bastidores. Blairo Maggi foi evasivo e explicou o porquê. Segundo ele, uma mudança depende da outra. "As peças estão sobre a mesa e nesse quebra-cabeça eu ainda não sei com vou fazer. Estou avaliando".

  O governador assegura que antes do Carnaval define todas as mudanças. Disse que haverá troca em quatro secretarias: Fazenda, Cultura, Indústria, Comércio, Minas e Energia e provavelmente na secretaria de Esportes e Lazer (ele não mencionou Projetos Estratégicos). Perguntei então, sobre o Desenvolvimento do Turismo, já que Pedro Nadaf fora convidado para assumir o lugar de Alexandre Furlan, na Indústria. "A secretaria de Turismo é o ponto de partida. Uma vez definindo o nome (do substituto de Nadaf), ficaria mais fácil para eu avançar nas outras definições", destacou o governador.

   Maggi descartou a possibilidade do secretário de Planejamento, Yênes Magalhães, deixar o governo. Já sobre Baiano Filho, ele revela que este tende a sair porque está disposto a disputar a Prefeitura de Sinop. "Eu conversei com o Baiano em dezembro e ele pediu mais um tempo para avaliar (a idéia da candidatura)".

   Sobre o substituto de João Carlos Vicente Ferreira na Cultura, o governador mato-grossense preferiu não se antecipar. "Eu não posso dizer ainda. Tenho que fazer as mudanças até antes do Carnaval. Até lá, eu faço as mudanças para a gente tocar a vida".

   Perguntei se Éder de Moraes vai mesmo assumir a cadeira de secretário de Fazenda. Em resposta, Blairo Maggi disse o seguinte: "Todos os nomes que vocês têm divulgado são possíveis de ir, mas a definição depende de alguns fatores que estou avaliando. Tenho avaliado dentro do critério técnico. É claro que eu considero a questão política também, mas uma definição depende da outra".

   Daltro e Henry

   Também interroguei o governador nesta quarta se ele pretende exonerar Chico Daltro da Ciência e Tecnologia, já que existe expectativa do secretário vir a assumir a vaga de deputado federal no lugar de Pedro Henry (PP), que está com o mandato cassado. Maggi foi enfático em dizer que nem discutiu essa possibilidade. "O Chico está bem lá (na secretaria). Eu até perguntei a ele sobre o assunto e ele (Daltro) me disse que está na secretaria trabalhando firme e que Pedro Henry é um companheiro e nem pensa nessa possibilidade (de assumir a vaga do colega na Câmara)".

  Para o governador,  uma perda do mandato parlamentar de Pedro Henry seria "muito ruim para Mato Grosso". "No fundo, as pessoas torcem para o Pedro Henry ficar (no cargo). Tenho dito que a participação parlamentar dele é muito importante. Ele trabalha muito e traz muitos recursos para MT. A perda (do cargo) seria muito ruim para o Estado". Henry teve o mandato cassado pelo TRE por compra de votos. Recorreu ao TSE e se mantém no cargo por força de uma liminar.

    Ceprotec

    O governador reforçou a tese do secretário Daltro de que só acabou a figura jurídica do Ceprotec enquanto autarquia e não o extinguiu de vez. Continua funcionando normalmente, inclusive as unidades instaladas nas cidades-pólos. "Eu estava lendo o seu blog ontem à noite e é mais ou menos o que o Chico Daltro disse na entrevista (veja aqui). Tudo continua igual. Os recursos não foram transferidos. Só acabamos com a estrutura sobre autonomia, a exemplo do que o governo vem fazendo com outras autarquias".

    Blairo Maggi explicou que, ao vincular as autarquias à administração direta, resulta numa dinâmica maior para o governo e evita problemas. Ele explica, por exemplo, que, se uma autarquia enfrentar problema jurídico, quem vai defendê-la não será a Procuradoria-Geral do Estado, mas sim um advogado contratado de fora e que, na maioria das vezes, não tem visão da estrutura do governo como um todo e isso resulta em problemas futuros. "As unidades do Ceprotec vão continuar como estão. Nada troca, nem mesmo os diretores. Só mudou a estrutura de administração independente para ficar vinculada à administração direta", conclui o governador. (Romilson Dourado)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • maria helena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FELIZ E COMPETENTEÉ O ROMILSOM QUE PODE CEDO FALAR COM O SR. GOVERNADOR E COLHER AS INFORMAÇÕES ACERCA DOS FATOS QUE DIZEM RESPEITO AO SEU GOVERNO, EM ESPECIAL, A CONFIRMAÇÃO DA PERMANÊNCIA DO SECRETÁRIO CHICO DALTRO, DEMONSTRA QUE APESAR DOS DESPEITADOS E INVEJOSOS TORCEREM CONTRA, O MOÇO ESTÁ COM A MORAL TODA COM O BLAIRO MAGGI, ALIÁS, A VOTAÇÃO DESTE SUPLENTE DE DEPUTADO FEDERAL QUE REPRESENOU A CUIABANIA NESTA DISPUTA MERECE RESPEITO DOS INIMIGOS. VALEU GOVERNADOR, QUERENDO OU NÃO, CHICO DALTRO É BOM!.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MEU CARO ROMILSON,


    A SERIEDADE DO SEU TRABALHO É QUE LHE DÁ A CREDIBILIDADE DE SER ATENDIDO NAS PRIMEIRAS HORAS DA MANHÃ PELO GOV.BLAIRO . PARABENS.

    ENTRETANTO QUERO REGISTRAR O MEU DESENCANTO COM A SEGUNDA GESTÃO DO SR.BLAIRO MAGGI,QUE NOS PASSA A IMPRESSÃO DE UMGOVERNO PAQUIDERMICO,PACHORRENTO QUE CAMINHA EM DIREÇÃO A MESMICE DOS GOVERNOS ANTERIORES.

    DECISÕES IMPORTANTES SÃO POSTERGADAS PARA AMANHÃ OU DEPOIS,PARA OS CONCHAVOS POLITICOS,NÃO IMPORTA A NECESSIDADE DO POVO,SAUDE,SEGURANÇA,EDUCAÇÃO,RODOVIAS EM CONDIÇÕES DEPLORAVEIS, E O GOVERNADOR FAZENDO POLITICAGEM.

    DEPOIS DESSA DECEPÇÃO,COMM O SR.BLAIRO MAGGI VOU VOLTAR PARA PASSARGADA,LÁ NÃO TEM POLITICAGEM E SOMOS AMIGOS DO REI.

    PELAS NOTICIAS DE PREJUIZO FINANCEIRO EM SUAS EMPRESAS,CONCLUIMOS QUE ELAS ESTÃO SENDO ADMINISTRADAS COMO O GOVERNO DO ESTADO,QUE TAMBEM TEM DADO UM PREJUIZO, ENORME AO NOSSO POVO.

    SERÁ QUE VAMOS TER QUE VOTAR NOVAMENTE,POR FALTA DE OPÇÃO, NAS PROXIMAS ELEIÇÕES NA TURMA VENCIDA PELO BLAIRO, E HOJE ELE É O MAIOR CABO ELEITORAL DO JAYME CAMPOS E SUA CATREVA.

  • Bruno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Perseguição na política é de praxe Pedro Henry.O governador tem demonstrado companherismo e isto é muito importante.
    E mais, apoiado pessoas como os Daltros, fiéis discípulos de Dante de Oliveira.Interessante.
    Agora, turismo, cultura,secretarias de baixo orçamento, precisam de gestores qualificados e boas parcerias.
    Quem vai ser o homem? Mulheres....são peças raras neste governo. Coisa de sulista. Portanto, repito, quem vai ser o Homem que vai aguentar o tranco. Pedro Nadaf, já está abandonando as chuteiras e pulando de galho.Vou parar por aqui. Pesguisa Governandor. PESQUISA MELHOR.
    Hoje,as pessoas estão atentas.


  • Luiz Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Governador, que o sr tenha condições de escolher pessoas que venham acrescentar para a gestao do nosso estado. EScolha as pessoas certas, ouça a sociedade e nao se deixe levar somente pela politicagem. Temos bons nomes para todas as pastas, pessoas direitas que trabalham duro para o engrandecimento do estado. Nao nos decepcione sr governador,logo, logo tem eleições.
    Boa sorte

  • Benedito Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É, o senhor Brairo vai pular miudinho pra substituir uns e outros. No turismo, até agora ninguem disse pq estava lá, limitaram-se a continuar na mesmice, sem inovações ou visão de futuro, pobre de nós, dinheiro do Turismo não veremos tão fácil, ainda mais se o home for mesmo pra sicme... Na cultura o João trabalhou bem, mas foi exprimido tanto que não aguentou, vai ser duro achar outro que faça... No esporte tivemos avanços que podem render bons frutos, o Baiano podia bem pensar nisto e esquecer um pouquinho os projetos pessoais...
    Rezo pro sr. governador. Que Deus o ilumine...

  • Vânia Pedroso de Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TEMOS QUE PARABENIZAR O GOVERNADOR POR INCLUIR A SEMA NESTA REFORMA. VÁRIOS SITES JÁ DIVULGARAM ESTA NOTICIA E ONDE HÁ FUMAÇA HÁ FOGO. CHEGA DE ESCÂNDALOS NA ÁREA AMBIENTAL, DE INEFICIÊNCIA, PERSEGUIÇÕES E DE ESQUEMAS NA SEMA. É PRECISO COLOCAR PESSOAS QUALIFICADAS PARA UMA ÁREA TÃO IMPORTANTE PARA O ESTADO. SE FOR VERDADE, A SOCIEDADE MATOGROSSENSE AGRADEÇERÁ E MUITO AO GOVERNADOR.

  • Cassiana Martins de Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor Governador;
    Será que o senhor e todos não perceberam que as criticas, e os elogios são dos familiares do "LUIZ CALDART", que estão morrendo de dores de cotovelos pelas percas dos cargos, pois acho que esta havendo mtas picuinhas a respeito da extinção da "CEPROTEC",acho governedaor eu como eleitora e aposentada, percebo que essa fámilia "CALDART" não tem o que fazer e fica o dia todo só no rdnws (espero que coloque essa) Ainda o senhor quer leva - lo para "CEPROMAT"?pd verificar os textos são todos das mesmas formatação,obrigada não sou politica mais é minha visão!!!!1

Esforço e a contemplação no IFMT

adriano breunig 400   Quem está comemorando exaustivamente e feliz da vida com a vitória de Júlio Cesar para reitor do IFMT é o professor Adriano Breunig (foto), atual diretor de Políticas, Projetos e Avaliação Institucional. Adriano mergulhou na campanha de Júlio. Fez visitas, pediu voto, se...

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...