Últimas

Quarta-Feira, 28 de Janeiro de 2009, 07h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

ARTICULAÇÃO

Maggi e Riva se juntam e interferem em eleições

Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Governador Blairo Maggi (PR) e deputado estadual José Riva (PP) conduzem os 2 Poderes e em sintonia de olho no Senado

  Blairo Maggi, que em 2003 assumiu a cadeira de governador com a promessa de quebrar paradigmas e de impor um novo jeito de fazer política, sucumbiu aos "encantos" do cacique político José Riva (PP), deputado há quase 20 anos que hoje ocupa a cadeira de primeiro-secretário da Mesa Diretora pela quarta vez e que, na próxima segunda, 2 de fevereiro, toma posse pela quarta vez como presidente da Assembléia. Agora, ambos "fazem política" juntos. Viraram, como se diz no jargão político, farinha do mesmo saco.

   Empresário e até então com perfil mais técnico, Maggi percebeu que, para sobreviver na vida pública, é preciso se articular, fazer composições e alianças, mesmo que venham contrariar o discurso, afinal, o eleitor tem memória curta e sabe compreender certas situações. Assim o procedeu. O curioso é que ambos tiveram divergências no passado, com troca de farpas e acusações.

   Com Riva, o governador resolveu se expôr publicamente até nas eleições da Associação Mato-Grossense dos Muncípios (AMM) e da União das Câmaras Municipais do Estado (Ucmmat). Até então havia quatro candidatos à AMM. Riva reforçou o nome do prefeito do seu partido, Pedro Ferreira, de Jauru. O PR de Maggi contava com Manoel de Freitas, de Terra Nova do Norte. Riva, então, chamou Maggi para uma conversa. Acertaram que Pedro deveria representar o grupo. Mesmo contrariado por causa da falta de apoio do governador, Manoel se viu obrigado a "jogar a toalha". A eleição acontece nesta sexta (30). Pedro só não vai se eleger por aclamação porque Dênio Peixoto (DEM) se mantém no páreo, mesmo com dificuldades para montar chapa.

   Na Ucmmat, o candidato do PR à presidência, Aluízio Lima, que já preside a entidade pela segunda vez, buscou apoio de Riva, em nome do governador. De novo, o deputado topou a composição. Assim, tanto na Ucmmat quanto na AMM, Maggi e Riva vão ditar as regras. São representantes de Poderes interferindo nas eleições até das entidades com um único objetivo: "turbinar" suas candidaturas de olho nas duas vagas a serem abertas ao Senado, em 2010.

Postar um novo comentário

Comentários (33)

  • Carlos Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O mais engraçado em tudo isso é que na enquete que vocês do RDNEWS fizeram, vocês só colocaram respostas que acabam com RIVA E MAGGI, não colocaram um quarta opção de resposta os leitores e formadores de opiniões. Uma vez que em nosso Estado em todas as eleições já aconteceu alianças limpas e outras não.Quem não se lembra das alianças feitas num passado bem recente.Acho que voc~es deveriam ser mais democraticos..Obrigado.

  • roberto c moletro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de saber do MP. MPF.TJ. POLICIA FEDERAL como ficaria os amontoados porossesos que RIVA responde na justiça com a palavra MP. MPF. PF.E O FAMOSO TJ.

  • jefferson Carvalho Neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma vergonha, se uma pessoa como o governador (Que tem uma estrutura financeira como poucos no mundo, e teóricamente não tinha o rabo preso com ninguém) não conseguiu administrar este estado sem estes ranços políticos que ainda sobrevivem em Mato Grosso (E não me perguntem como, pois até a imprenssa fica de mãos atadas diante do todo poderoso Riva), o que será da nossa população? Será que teremos de esperar a policia federal agir? (E também não sei ainda por que não aconteceu).

  • Marcionei | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, você é o sujeito mais parcial que eu já vi na minha vida. Quando as coisas acontecem com pessoas que não estão ligadas a você, aí você se acha no direito de escrever um monte de besteiras. Mas quando é com gente da tua cozinha, as coisas são mais amenas. Se não vejamos: quando o prefeito Wilson Santos (teu amigo pessoal) resolveu prestigiar o PP (do famigerado Riva) tudo estava perfeito. Quando Wilson Santos resolveu criar um monte de secretarias pra atender sua sede de poder, se aliando a pessoas capacitadas e de bom caráter como Cel. Leite, Turma do PP, e outros mais, você achou o máximo, porque eram os interesses da turma da cozinha do prefeito. Agora, num lance de puro acerto político, já que o Governador tem mais é que manter a boa relação com os poderes, e só porque essa união acaba com as pretenções do Sr. Wilson Santos, aí você se irrita. Claro, como podem lançar um projeto que tira o teu bibelozinho da parada, não é???? kkkkkkkkkkkkk. Romilson, sabe porque eu gosto de você? Porque você é previsível!!!! E viva o jornalismo sério!!! (duvido que vá publicar, mas pelo menos você vai ler e saberá que o povo não é tão burro como você pensa)

  • roberto pereira phs(eu protesto) | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ola dep. RIVA fiquei feliz em saber que voçe em 2010, aposiblidade de estar junto com pr. RIVA não tenha medo de ser candidato au governo de mato grosso.voçe e un homen que esta pronto para administrar o estado. coragen amigo. DEUS vai ter abensar e eu ROBERTO PEREIRA vou estar rezando pra voçe 24 horas por dia, VAI CARA E SUA VEIZ o SÒ ten un covalo, esta em sua frente RIVA sobe nele rapidamente e galopia en rumo o paiguáis.os candidtos apé fica con minima posibilidade de esta no governo. VIVA RIVA

  • vilson sales | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como dizia o saudoso deputado Ulisses Guimaraes;política e as nuvens são iguais ,a cada hora muda de lugar

  • OSVALDINO ENORÉ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mas vamos ao que nos interessa que é a nossa maravilhosa Polica.Para você que esta decepcionado com a Politica e POLITIQUEIRO ,o que eu proponho aos amigos,é disperta-lo para o entendimento na compreensão politica e resgatar o seu interesse na participação do destino de MT.

    Por isso, meus amigos,nunca, mas nunca mesmo, se dirijam ou citem esses homens que estão na comando dA POLITICAS, MATOGROSSENSE, mas sim de POLITIQUEIRO.
    Porque é isso que eles são. Pois,só estão defendendo os seus interesse e não o interesse do POVO. É por isso, que eles não podem e não devem receber esse honroso titulo de politico.Eles não foram, não são, e jamais serão defensores
    do POVO MATOGROSSENSE. São defensores, apenas, é claro, dos grupos que lhes dão SUSTENTAÇÃO.

  • Prof. Luis Carlos Ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Marcionei,
    Quem fala o que quer... ouve o que não quer. Eu não julgava o Romilson assim tão tendencioso, até buscar espaço para votar a enquete em tela e não encontrá-lo. Você tem razão...O Poder não tem dono é do povo, para o povo e pelo povo. Portanto, não se trata de o eleitor ter memória curta (como diz o articulista), mas de perceber que, para sobreviver na vida pública, é preciso se articular, fazer composições e alianças e compreender certas situações,esquecendo sim divergências no passado, mesmo com troca de farpas e acusações...Para o bem do povo e felicidade geral da nação. Pois, quão bom e suave é que vivamos em união. Estamos a caminho de um só governo universal...que o ponta pé seja dado por Blairo e Riva!

  • sebastião josé de souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    não tenho dúvida que esta união dos dois maiores lideres politico do Estado de Mato Grosso, vai gerar bons frutos para o nosso povo, imagina o dep. Riva trabalhando como Senador pelo Estado, com a experiencia que tem, a dedicação pois trabalha dia e noite, grande articulador que é, Blairo Maggi qdo foi Senador por uns meses já demostrou habilidade, competência no Senado Federal, se esta união acontece o Estado estará muito bem representado no Senado Federal, mas acho que o Dep. Riva tem que Emprestar ao Estado de Mato Grosso a Experiência adquirido na sua carreira politica, então tem que ser Governador do Estado de Mato Grosso, pq hoje na politica são poucos os Homens que cumpre o fala, esse sim cumpre, muitos jogam pedras, na vida é assim ninguém consegue agradar a todos, nem mesmo aquele que esteve aqui na terra há 2008 anos atrás conseguiu.

  • Aparecido Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ERA DE SE ESPERAR A UNIAO DE QUEM CONSIDERO HOJE O HOMEM MAIS FORTE DE MT, JOSÉ RIVA, COM MAGGI.
    RIVA É INFLUENTE E PERFEITO ARTICULISTA, JÁ MAGGI TEM UMA EQUIPE DESPREPARADA E MUITO RUIM DE ARTICULACAO.
    AS ALTERNATIVAS DA ENQUETE NAO MERECEM MEU VOTO,
    A RESPOSTA SERIA;
    SIM, MT SÓ TEM A GANHAR.
    DIFERENTE DE ELES SE MERECEM, QUE É PEJORATIVO, ELES SE ENCAIXAM, RIVA TEM OQ MAGGI NAO TEM E VICE E VERSA.
    VIVEMOS EM UM BRASIL DEMOCRATICO, RIVA NAO DEVE SER TAO RUIM, AFINAL DE CONTAS SEUS VOTOS SÓ SE MULTIPLICAM, E BLAIRO TEM O PODER FINANCEIRO GRANDE, NAO VAI TER PRA WS, QUE AO CONTRARIO DOS DOIS DE CIMA, NAO CUMPRE UMA VIRGULA DO QUE DIZ.

Ibope vê falha na pesquisa de Cuiabá

abilio 400   A  última pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada na sexta passada (16) pela TVCA, cujo resultado destoa muito de outras amostragens, foi feita por telefone. E, por causa disso, o próprio instituto, em nota de esclarecimento publicada no próprio site,...

Medeiros x Fernanda e o bolsonarismo

jose medeiros 400 curtinha   Não são apenas Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB), que se auto-combatem, com um tentando desconstruir a candidatura do outro na corrida pela única vaga em disputa ao Senado. Como num ringue de boxe, José Medeiros (foto), do Podemos, e coronel Fernanda (Patriota)...

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

MAIS LIDAS