Últimas

Quinta-Feira, 02 de Julho de 2009, 16h:32 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

PALÁCIO PAIAGUÁS

Maggi garante legalidade no fornecimento de combustível

   Um dia após a empresa Norbeoil, com sede em Campo Grande (MS), dar início aos serviços contratados pelo governo do Estado para gerenciar o fornecimento de combustível aos veículos oficiais, o governador Blairo Maggi (PR) garantiu que não há irregularidades na contratação, que prevê o pagamento de R$ 30 milhões. O pregão nº018/2009 chegou a ser suspenso pelo Tribunal de Justiça e o caso foi discutido até no Superior Tribunal de Justiça (STJ) – leia mais aqui. “A própria Delegacia Fazendária investigou o caso. Ontem, a delegada Lusia (de Fátima Machado) conversou comigo, disse que foi até a sede da empresa em Campo Grande e não encontrou nenhuma irregularidade. A empresa está capacitada”, declara.

   O governador explicou que a secretaria de Estado de Administração (SAD), na verdade, comprou um sistema de software da empresa vencedora da licitação para realizar o abastecimento de combustível e explica que a contratação direta com postos de combustível nem é permitido pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). “Não temos nenhum vínculo com postos de gasolina onde os abastecimentos são feitos. Na verdade, esses postos são crendeciados pela empresa contratada”, rechaça. Na oportunidade, o chefe do Poder Executivo insinuou que a notícia da suposta contratação irregular divulgada na mídia tem sido arquitetada seguindo interesses de uma campanha difamatória. “Sabemos de onde vem essa conversa. Conheço os interesses que estão por trás”, dispara.

    A contratação prevê o gerenciamento da frota estadual, de máquinas, caminhões e componentes das patrulhas rodoviárias, com utilização de cartões magnéticos ou chip. Também está comprometido fornecimento dos produtos para atender aos órgãos/entidades do Poder Executivo, mediante rede de postos credenciados nos territórios de Mato Grosso, Rondônia e Distrito Federal. Além dos R$ 30 milhões, o contrato de 12 meses prevê o pagamento de uma taxa de administração de R$ 1,1 milhão destinado ao abastecimento e gerenciamento da frota. Ao total, seriam utilizados R$ 20 milhões para atender os veículos leves (utilitários, vans, caminhões, ônibus, microônibus e demais da frota do governo) e R$ 10 milhões seriam destinadas às patrulhas rodoviárias nos consórcios intermunicipais. (Sandra Costa)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • policial militar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse governo é engraçado mesmo, na segunda feira é enviado uma circular à PM do interior que até às 23:00hs do dia 30/06 todos os veiculos oficiais eram pra encher os tanques, pois seriam suspensos o contrato com a ADM(atual empresa que fornece combustivel). Lá vai nos fantoches..ops PMs abastecer porque por tempo indeterminado não sabiamos quando poderiamos voltar a abastecer de novo. E o engraçado é que dois dias depois quando nossas viaturas estão com o tanque seco, saindo apenas para atender ocorrencias graves, vem um aviso para as PMS do interior ficar em alerta que possivelmente ocorreria um assalto à banco no interior. PERGUNTO AOS SENHORES: ESSE GOVERNO LIGA PARA O BEM ESTAR E SEGURANÇA DA POPULAÇÃO DESTE ESTADO???
    Simplesmente recebemos o aviso que poderia ocorrer um assalto aos bancos do interior e cruzamos os braços.... pois não havia combustiveis para viaturas da PM fazer patrulhamento..........Mas esperar o que.. de um governo que cada dia mostra que tem tudo a seu lado.. e quando quer até muda leis estaduais para se benificiar e beneficiar seus aliados.

  • cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Recebemos denúncia a vamos tentar conferir se é procedente, mas consta que a empresa vencedora, de Campo Grande, seria de um parente do secretário Geraldo de Vito.

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...