Últimas

Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2007, 23h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Maggi monta staff na base da amizade, diz Muniz

      O presidente regional do PPS e deputado estadual eleito Percival Muniz retomou nesta quarta às articulações políticas, após 22 dias isolado na região do Xingu, já provocando polêmica. Ele disse que o governador montou um secretariado que representa o perfil de fazer política do próprio Blairo Maggi. "É a política do estilo dele, de escolher equipe com base no princípio da amizade e da relação pessoal, o que não quer dizer que esteja errado. Cada um tem o seu estilo", reagiu Muniz. Observou, em seguida, que normalmente o gestor houve os partidos para composição da equipe, o que não aconteceu neste segundo mandato. "Ele (Maggi) montou o governo que ele quis e tem tudo para fazer uma administração includente, com resultados positivos esperados pela sociedade".

     Sobre a desfiliação de Maggi do PPS e de toda a turma da botina, Percival Muniz considera que o partido 'não perdeu nada'. Lembrou que Maggi enfrentava impasse com a direção nacional e o seu desligamento já era previsível. Para Muniz, o 'rei da soja' nunca foi de priorizar partido. "Então, nem a presença e nem a ausência dele muda muito. Era importante, mas não para a vida paridária do PPS".

    Muniz destaca que o principal projeto do partido agora não é de governo, mas de buscar mudança na estrutura social do país rumo a construção de uma esquerda democrática. "Governo a gente discute, sugere, mas não é o essencial. Vamos começar um novo projeto para MT", destaca o dirigente. Na sua avaliação, o PPS perde algumas lideranças, mas ganha ideologicamente. Entende que, para o projeto partidário, o PPS fica mais enxuto. "Perde mais gorduras, não em relação ao Blairo, mas sobre algumas lideranças que só estavam filiadas por causa do governador. Então o PPS perdeu quilos e uma dieta assim não faz mal para ninguém".

    Perguntado se, como deputado estadual, fará oposição ao governo Maggi, Percival Muniz desconversou: "Ajudamos a construir o governo, que é suprapartidário. Não tem porque fazer oposição, mas pode haver críticas pontuais".

     O ex-prefeito de Rondonópolis por dois mandatos demostra estar distanciado do governador. A rota de colisão começou com as discussões de bastidores sobre as eleições municipais e tambem pela aproximação de Maggi do deputado federal Wellington Fagundes (PR), adversário politico de Muniz.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PSDB veta Taques e vai priorizar Leitão

paulo borges 400 curtinha   O comando regional do PSDB não vai dar chance para Pedro Taques, caso este ensaie concorrer ao Senado com a provável suplementar, já no início de 2020 com a iminente cassação do mandato de Selma. Embora tenha dito que hoje se dedica à advocacia e à vida de professor...

Histórico de não que depois vira sim

blairo maggi 400 curtinha   Mesmo Blairo Maggi (PP) falando para todos que não será candidato ao Senado, na eleição suplementar de 2020 com a provável cassação de Selma, ninguém acredita. Nem aqueles que fazem parte dos grupos criados pelo próprio ex-governador e ex-senador. Em outros...

Francis dispara contra Túlio, Adriano...

tulio fontes 400 curtinha   O prefeito de Cáceres, Francis Maris, que chegou dos EUA na última quinta, aproveitou dois eventos para, publicamente, disparar sua metralhadora verbal contra algumas pessoas. Na sexta, inaugurou uma unidade do Centro de Testagem e Aconselhamento e fez abertura do Natal de Luzes, no centro. Nas duas...

Audiência na AL em prol dos autistas

diana serpe 400 curtinha   Convidada pela Assembleia, a advogada com forte atuação em São Paulo, Diana Serpe (foto), autora do e-book Autismo Educação e especialista na defesa dos direitos das pessoas com deficiência, vai participar de uma audiência pública e proferir palestra na segunda (9),...

Folha em dia e previsão do 13º dia 20

mauro mendes 400 curtinha   É possível que no dia 20 o governo estadual consiga pagar integralmente o décimo-terceiro dos cerca de 100 mil servidores. Ao anunciar que a folha de novembro será paga na próxima terça (10), em única parcela, pela primeira vez no ano, o governador Mauro destacou que...

Cidinho é o que mais agrega ao Senado

cidinho 400 curtinha   Depois de Blairo Maggi, o nome do empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto) seria hoje o que mais agregaria a classe política e o agronegócio em torno de uma candidatura ao Senado numa eventual eleição suplementar. Conta com simpatia do senador Jayme Campos e do governador Mauro Mendes,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.