Últimas

Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2007, 23h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Maggi monta staff na base da amizade, diz Muniz

      O presidente regional do PPS e deputado estadual eleito Percival Muniz retomou nesta quarta às articulações políticas, após 22 dias isolado na região do Xingu, já provocando polêmica. Ele disse que o governador montou um secretariado que representa o perfil de fazer política do próprio Blairo Maggi. "É a política do estilo dele, de escolher equipe com base no princípio da amizade e da relação pessoal, o que não quer dizer que esteja errado. Cada um tem o seu estilo", reagiu Muniz. Observou, em seguida, que normalmente o gestor houve os partidos para composição da equipe, o que não aconteceu neste segundo mandato. "Ele (Maggi) montou o governo que ele quis e tem tudo para fazer uma administração includente, com resultados positivos esperados pela sociedade".

     Sobre a desfiliação de Maggi do PPS e de toda a turma da botina, Percival Muniz considera que o partido 'não perdeu nada'. Lembrou que Maggi enfrentava impasse com a direção nacional e o seu desligamento já era previsível. Para Muniz, o 'rei da soja' nunca foi de priorizar partido. "Então, nem a presença e nem a ausência dele muda muito. Era importante, mas não para a vida paridária do PPS".

    Muniz destaca que o principal projeto do partido agora não é de governo, mas de buscar mudança na estrutura social do país rumo a construção de uma esquerda democrática. "Governo a gente discute, sugere, mas não é o essencial. Vamos começar um novo projeto para MT", destaca o dirigente. Na sua avaliação, o PPS perde algumas lideranças, mas ganha ideologicamente. Entende que, para o projeto partidário, o PPS fica mais enxuto. "Perde mais gorduras, não em relação ao Blairo, mas sobre algumas lideranças que só estavam filiadas por causa do governador. Então o PPS perdeu quilos e uma dieta assim não faz mal para ninguém".

    Perguntado se, como deputado estadual, fará oposição ao governo Maggi, Percival Muniz desconversou: "Ajudamos a construir o governo, que é suprapartidário. Não tem porque fazer oposição, mas pode haver críticas pontuais".

     O ex-prefeito de Rondonópolis por dois mandatos demostra estar distanciado do governador. A rota de colisão começou com as discussões de bastidores sobre as eleições municipais e tambem pela aproximação de Maggi do deputado federal Wellington Fagundes (PR), adversário politico de Muniz.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.