Últimas

Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2009, 18h:46 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ELEIÇÃO

Maggi nega em encontro que apoio a Silval seja definitivo

   Na tentativa de conter os ânimos dos correligionários que demonstram descontentamento com o apoio da cúpula republicana à pré-candidatura de Silval Borbosa (PMDB) ao Palácio Paiaguás, o governador Blairo Maggi (PR) disse nesta quinta (17), no 3º Encontro Regional do PR, que as discussões em torno de uma candidatura própria não se esgotaram. “Atualmente temos uma predileção pela candidatura do Silval, mas ele sabe que estamos numa fase de experiência. Não queremos que a discussão em torno de candidatura própria cesse”.

   Maggi tentou justificar o apoio à pré-candidatura peemedebista com a alegação de que não há lideranças no PR com interesse em encampar a candidatura ao governo do Estado. “Antes de anunciarmos o apoio ao Silval, perguntamos ao Mauro Mendes (presidente da Fiemt) e ao Pagot (diretor-geral do Dnit) se eles tinham interesse em disputar a eleição. Eles responderam que não. Mas a discussão continua aberta, apesar de todos saberem da minha preferência”, frisou.

   O governador reafirmou que não pretende disputar cargos eletivos em 2010, mas assegurou aos correligionários que estará no palanque dos candidatos do partido. "Já anunciei que não vou disputar a eleição, mas estarei nos palanques. Queremos ter uma boa representatividade na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa”.

   Maggi também disse que pretende continuar no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2010. “As coisas mudaram. Temos muitas responsabilidades com a vinda de jogos da Copa do Mundo de 2014 para Mato Grosso”, alegou. Ele demonstrou disposição em desempenhar função partidária de relevância nacional nas eleições de 2010, mas disse que nunca foi convidado para coordenar a campanha da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, à presidência da República. “Em visita a Mato Grosso, o presidente disse de forma gentil a um repórter que eu tenho condições de assumir qualquer cargo no país, mas considerei um elogio. Não houve esse convite até agora”, disse.

   Ao discursar aos correligionários sobre as ações político-partidárias para consolidar a imagem do PR, Maggi voltou a dizer que o senador licenciado Jayme Campos utilizou-se de uma manobra política paa prejudicar o diretor-geral do Dnit, Luiz Antônio Pagot - saiba mais aqui. “O Pagot foi colocado contra a parede. Ele teve que escolher entre renunciar ao cargo no Senado ou continuar à frente do Dnit, e ele escolheu aquilo que seria melhor para Mato Grosso. Isso é uma demonstração clara de que nosso partido pensa para frente”, afirmou. (Andéa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • pedro paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ninguem consegue dever as pessoas mais que esse senhor...
    odia inteiro vem cobrador aqui atras dele ... agora tem essa ...tá explicado!

  • FERNANDO CIOLEM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É SILVAL E DIFICIL ACREDITAR EM BLAIRO, POBRE SILVAL FOI FRITADO LITERALMENTE NO HOTEL FAZENDA, ESSA É A TURMA DA BOTINA NÃO TEM PRÁ NINGUEM , SO PARA OS DE OLHOS AZUIS, ACORDA MATO GROSSO

  • selmo de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Governador, o sr parece que esta INDEFINIDO ainda!Será que foi alguma coisa séria?

    Estamos de olho Governador.

    LANÇA PAGOT$$$$ para governador. Vai levar uma surra ....

  • paulo porrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PR ESTA EMPURRANDO O PMDB COM A BARRIGA, APOS 03 DE OUTUBRO O PMDB PASSARA A SER UM PALHAÇO NAS MÃOS DOS BOTINUDOS. COM O DINHEIROS QUE TERÃO COM A COMPANHA DA COPA DO MUNDO, DUVIDO QUE ELES LARGARÃO DESSA TETA GORDA. E ASSIM O PMDB FICARA NO MUNDO DA LUA. CRIEM VERGONHA E SAIAM DESSA!!!!!!

  • Sandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Governador.
    Seu partido do coração é o PPS, é o partido que te elegeu. Volte para o PPS e vamos eleger o Deputado Percival Muniz para Governador.

  • Ernesto Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na minha opinião, esse governador deveria apoiar alguem do perfil dele, da confiança dele, pelo menos assim as chanches de dar errado e minimas, se esta dando certo não podemos arriscar, vai que o PSDB, ganha vai todo mundo pra roça e eu fecho as portas do meu comérciozinho.

  • tião | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é governador o sr. já trocou o comando geral do bombeiro,porque não começa já fazendo, mudança na policias militar do estado de mato grosso,onde o sr. prometeu só dois anos para cargos do comando geral. ou na secretária pública,só tem politicagem nisso não tó vendo melhoria nenhuma,vamos agir tá na horas de por pessoas novas para ter efeito na grande criminalidade que está cressendo muito na grande capital.rdnews vamos lutar pra ter melhorias vcs estão de parabéns.

  • DONIZETE SENA RODRIGUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TA NA PALMA DA MAO SAI DE CIMA DO MURO O BEZZERAO QUE O GOVERNO KKKKKKK

  • JOSE CUIABANO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DE 2002 ATE AGORA MT CRESCEU DE UMA FORMA POSITIVA , COM UM GOVERNO ADMINISTRADOR TEMOS QUE CONTINUAR SENDO DIFERENTE

  • Kassu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E o Maurição, o Sérgio Ricardo, cansou de dizer que quer. Ele fica só falando em Mauro Mendes e Pagot. O Maurição reiterou na reunião o seu interesse. Será que ninguém ouviu.

Kalil, ausência e críticas de educadores

gilmar ferreira 400 curtinha   O candidato a prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB) não foi a um evento realizado pelo Sintep para apresentar suas propostas aos técnicos e professores da educação básica. A ausência e sem apresentar justificativa deixou professores na bronca. O sindicalista...

Ibope vê falha na pesquisa de Cuiabá

abilio 400   A  última pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada na sexta passada (16) pela TVCA, cujo resultado destoa muito de outras amostragens, foi feita por telefone. E, por causa disso, o próprio instituto, em nota de esclarecimento publicada no próprio site,...

Medeiros x Fernanda e o bolsonarismo

jose medeiros 400 curtinha   Não são apenas Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB), que se auto-combatem, com um tentando desconstruir a candidatura do outro na corrida pela única vaga em disputa ao Senado. Como num ringue de boxe, José Medeiros (foto), do Podemos, e coronel Fernanda (Patriota)...

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

MAIS LIDAS