Últimas

Segunda-Feira, 12 de Janeiro de 2009, 08h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

ARTICULAÇÃO

Maggi neutraliza e mantém AL na palma da mão

Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação

   O governador Blairo Maggi inicia o sétimo dos oito anos de mandato sem nenhuma preocupação com a Assembléia. Todos os 24 deputados são tidos como aliados. Parlamentares como os petistas Ademir Brunetto e Alexandre Cesar que, em tese, deveriam ser opositores considerando o histórico ideológico e as posições políticas no Estado, se transformaram em governistas de carteirinha. Eles seguem o que determinou a direção do PT, assim que perdeu as eleições de 2006 para governador com a senadora Serys Marly. Sob argumento de que Maggi é aliado do presidente Lula, o petismo se aproximou do Palácio Paiaguás e foi recebido com cargos. Assim, sacramentou-se a aliança. Brunetto virou até vice-líder do governo na AL, enquanto o deputado licenciado Ságuas Moraes se transformou em secretário de Educação e, de quebra, tem como uma das adjuntas a ex-deputada e então opositora ferrenha Verinha Araújo.

   Outra bancada que também não contrapõe a administração é a do PSDB, com os deputados Guilherme Maluf e Chica Nunes. Mesmo com posições duras contra o governo de seus principais líderes, principalmente do ex-senador Antero de Barros, os dois parlamentares preferem uma relação de quem deseja ser aliado da turma da botina. No muro, os deputados Otaviano Pivetta (PDT) e Percival Muniz (PPS) se manifestam na base do bate-e-assopra.

   Nem mesmo as articulações visando eleições majoritárias futuras, que colocariam em campos opostos candidaturas de partidos como DEM, PPS, PP, PDT e setores do PMDB e PSDB são capazes de desgrudar deputados da base da administração Maggi. Eles preferem as benesses do poder. E, assim, Maggi vai tocando o seu governo com um Legislativo "na palma na mão", frase utilizada pelo rei da soja na sua primeira campanha vitoriosa a governador, em 2002.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Jota | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha sinceramente é uma vergonha esse nosso estado e mais vergonhoso ainda é essa classe politica que ai esta hoje.
    o problema é que eles nao querem abrir mão das regalias do governo do famoso cargos de confiaça que o governador esta dando a cada sigla partidario , o fato ´q ue em Mato grosso não existe oposição estao todos falando mal do governo enquanto o governador nao disponibiliza gargos é uma questao de falta de vergonha na cara mesmo dos partidos..
    Aliáss os presidentes é que são calças froxas negociam sempre pensando em seu grupinho politico e esquece o bem social e publico , Tambem pudera passar fome ninguem quer, mas mamar na tete todo mundo nao regeita...infelismente é iso o nosso estado o governo tem e terá sempre nas mãos principalmete os incopetentes que nao conseguem articular uma nova politica no estado ...

  • Carmem Carmim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Foi-se o tempo em que a marcação dos adversários políticos eram acirradas, no tempo em que Ferraz foi Presidente da Assembléia, não se faziam um favor ao Deputado que era de outras siglas, até os funcionários eram proibidos que irem nos Gabinetes dos contrários, imaginam Governo e Adversários, não tinha esta de negociação com Governador para votar esta ou aquela matéria, hoje todos entram no bolso dos Governantes, mais uma vergonha que aumenta a cada dia em nossos meios meios políticos.

  • Maria Eduarda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Hoje o que se vê é a falta de vergonha e respeito aos eleitores, existem vários Partidos que seriam para exigir ou reivindicar melhorias para a população, mas, o que acontece é que os políticos só vivem em troca de favores (grana pública) e o povo que se dane.Alguns até faz algo só que é para inglês ver (tipo engana bobo), e nós bem sem vergonha que somos continuamos a reelegar certos políticos que estão se tornando donos de Mato Grosso.Quem sabe um dia aprenderemos a escolher os políticos.

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...