Últimas

Sexta-Feira, 28 de Novembro de 2008, 22h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

POLÊMICA

Maggi nomeia menos votado à Defensoria-Geral


Secretário Eumar Novacki e a defensora-geral Karol Rotini, vitoriosa nas urnas, mas excluída pelo governador Maggi

 Contrariando o resultado da eleição, o governador Blairo Maggi decidiu nomear para o cargo de defensor-público-geral Djalma Sabo Mendes, que teve somente 33 votos da categoria, enquanto Karol Rotini conquistou 81 votos (71%). A nomeação sai publicada no Diário Oficial na segunda, 1º de dezembro. O novo corregedor-geral da Defensoria escolhido também não foi o mais votado. Será André Pietro.

  O secretário-chefe da Casa Civil, Eumar Novacki, se reuniu nesta sexta à noite com Djalma para informar-lhe da escolha pelo governador. Ele argumenta que Maggi usou a prerrogativa de nomear um nome da lista tríplice. Em verdade, acabou sendo enviado para o chefe do Executivo dois nomes, o de Karol, atual defensora-pública-geral, e o de Djalma. Novacki assegura que a exclusão de Karol não tem vinculação com as denúncias sobre supostos atos de improbidade administrativa que respingam sobre a atual gestão.

    De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil, o governador demorou para tomar decisão porque fez uma profunda avaliação sobre o funcionamento, na prática, da defensoria pública do Estado. Diz ter ouvido os advogados que compõem o quadro da Defensoria, promotores de Justiça, juízes e lideranças do interior. "Uma das coisas que aborreceram o governador foi o fato de muitos defensores que deveriam estar atuando no interior terem sido designados, por portaria, para trabalhar em Cuiabá e Várzea Grande", explica o interlocutor do Palácio Paiaguás.

   Segundo Novacki, a intenção do governador em nomear Djalma Mendes e André Pietro para mandato de dois anos é de "oxigenar" a Defensoria, que tem a missão de prestar assessoria jurídica a famílias carentes. Diz que não pode transparecer que trata-se de uma eleição direta. "O Executivo vai estar próximo da Defensoria. O governo tem um respeito muito grande pela instituição", enfatiza Novacki, ao lembrar que em 2003, no primeiro ano da gestão Maggi, a Defensoria tinha um orçamento anual de R$ 3,5 milhões e, para o exercício de 2009, serão nada menos que R$ 40 milhões.

  A decisão do governador de escolher os menos votados para conduzir a Defensoria, à véspera de viajar para os Estados Unidos, devem provocar polêmica. O assunto divide opiniões. Esta é a segunda vez que Maggi atropela a ordem da lista tríplice, dentro de sua prerrogativa de nomear membros dos Poderes e órgãos vinculados a partir do resultado das eleições internas dos Poderes e órgãos vinculados. A primeira foi Maria Helena Póvoas à cadeira de desembargadora do Tribunal de Justiça.


Djalma Mendes, com 33 votos e sob a "canetada" do governador, assume a Defensoria-Pública-Geral do Estado
Foto: Edson Rodrigues

Postar um novo comentário

Comentários (35)

  • Jonas Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paizinho e Estado de Merda, ainda dizem que vivemos numa República!Parece mais uma monarquia!Com um presidente e governador com poderes Imperiais. Merda de democracia onde se elegem comprando votos.

  • juninhoPlay da Criminal | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e agora vai ser so choro dos puxa saco da rainha Karol, ou melhor, Helyodora, é que ela tem vergonha do nome. Agora quero ver como vai fica as estagiarias que nao tinha nada, e apareceram com carroes e td mais.kkakakakkaak...vai te q arrruma outra forma de arranja money agora...kakakkaa.sefu

  • cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu näo entendo pra que fazer eleicao entao, se o todo poderoso(por enquanto)vai indicar o defensor publico geral do estado.Deixa de safadeza e que emposse quem foi eleito pelo voto direto.e, sr. governador ta na hora do sr. desconfiar e pegar seu rumo,ne

  • Luiz Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Num estado em que nada funciona, onde tudo é absurdo, nomeação de defensor para família carente até que tá nos moldes da praxe... dentro daquilo que se podia esperar.

  • Jonas melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse governo não tem Relações públicas????É triste ver o major Novacki fazer papel de garoto de recado do Blairo Maggi. gostaria de ver o Major Novacki com toda a sua inteligência e brilhantismo comandando um pelotão PM realizando patrulhamento nos bairros periféricos da grande Cuiabá.Prendendo bandidos e estourando bocas de fumos, sendo enfim um verdadeiro PM e não só uma simples marionete ou títere de gabinete. Aliás cumprindo para com o seu juramento ao ser declarado oficial PM.

  • CLODOALDODEFENSORIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TODOS OS COMENTÁRIOS QUE CRITICAM O GOVERNADOR, DE CERTO DEVEM SER DAS FRUTAS PODRES DA DEFENSORIA QUE APOIAM A DIGNISSIMA DEFENSORA GERAL. O GOVERNADOR AGIU DE FORMA EQUILIBRADA É SÉRIA, POIS COMO EXPLICAR A POPULAÇÃO A ESCOLHA DE UMA REPRESENTANTE CHEIA DE IRREGULARIDADES. COM CERTEZA O GOVERNADOR ABRIU A FAMOSA CAIXA DE PANDORA DA DEFENSORIA, E COM CERTEZA DEVE TER FICADO HORRORIZADO COM AS FALCATRUAS NA DEFENSORIA. PELO MENOS FICAMOS LIVRE DO ILUSTRE CALMON, QUE DE CERTO NÃO VIRÁ MAIS AO NOSSO ESTADO PASSEAR A CUSTA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO, POIS DE CERTO CONHECE SÓ OS MELHORES MUNICÍPIOS, OU SEJA, OS QUE TEM UM GRANDE APELO TURISTICO COMO POR EXEMPLO CHAPADA, SÃO FELIX DO ARAGUAI ETEC.... PARABÉNS AO GOVERNADOR BLAIRO MAGGI

  • carlos silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Gean Santana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é mais uma prova de como o botinudo interpreta a democracia!!! Como diria Boris - Isso é uma vergonha! - ou melhor, mais uma dentre tantas promovidas pelo Sr. Blairo.

  • sote | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    prerogativa não se usa em demogracia, acredito que o governador esta totalmente errado, isso é abuso de autoridade.
    Vejá só, eu entendo que ele é apenas governador, quem conhece de leis são os defensores, juizes, magistrados etc, eleita com voto da maioria como é que fica a liberdade do voto, sera que o povo não tem mais direito de expressar sua vontade, agora somos obridados aguentar o poder dos coroneis descendo a guela abaixo. Governador respeite o povo, este é manifestação democratica, respeite o poder soberano e livre de escolher o melhor, não seja um impostor, nós votamos em vc foi para trabalhar em beneficio do nosso povo, desse jeito governador vossa senhoria vai levar outra surra igual da eleição passada, não deixe a orelha passar a cabeça, seja inteligente revogue o ato, nomeie esta mulher. Vai por mim, estou falando por milhães de cuiabanos que pensa igual eu.

  • ARTHUR GONÇALVES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É A PRÁTICA DO GOVERNADOR QUERER LEVAR SEM GANHAR, VEJA RONDONÓPOLIS A ELEIÇÃO DO ZÉ DO PÁTIO.
    Caros leitores imagine quando a caixa preta for aberta em rondonópolis,no paiguas e em mais 19 municipios, aí nem gilmar mendes dá jeito.

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

Tentativa de ser 1ª prefeita de Barão

margareth munil 400 curtinha   A candidata à prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (foto), é tão conhecida nas ações conjuntas com o marido nas áreas da saúde e assistência social que está levando para as urnas a combinação do seu...

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...