Últimas

Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2007, 11h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Maggi quer inserir MT no debate nacional

   O governador Blairo Maggi (ex-PPS) disse nesta quarta (31) pela manhã, em entrevista coletiva no Palácio Paiaguás,  que optou pelo filiação ao Partido da República para conseguir inserir Mato Grosso no contexto político nacional. "Queremos estar mais perto das decisões do Palácio do Planalto e do Congresso Nacional", diz Maggi, dois dias após pôr fim à novela sobre seu futuro partidário.

      Maggi destaca que num partido como o PR, que começa a receber várias lideranças - na terça recebeu de uma só vez 17 deputados federais -, terá respaldo e apoio para revindicar projetos para Mato Grosso. Ele lista obras macro e prioritárias, como a conclusão do asfaltamento das rodovias BRs-163 (Cuiabá-Santarém) e 158 (Araguaia), a duplicação do trecho entre Rondonópolis e Cuiabá, a construção de uma BR ligando Sorriso a Água Boa, o avanço dos trilhos da ferrovia até Rondonópolis e da hidrovia Paraguai-Paraná. Reivindica também um aeroporto em Cuiabá.  "Vou formar um grupo político. Tenho intenção de estar inserido no contexto nacional para facilitar a viabilidade dessas obras", enfatiza Maggi. Ele descarta eventual candidatura à presidência da República.

      Segundo o governador, Mato Grosso precisa ter porta-vozes no Congresso Nacional. "Lá no Congresso parece tudo muito bonito. Aprovam-se os projetos e mandam para os Estados sem contrapartida. Quero que MT seja ouvido". Maggi observa que no primeiro mandato não teve um membro da bancada federal mato-grossense capaz de representar o governo no Congresso Nacional. Agora, propõe integração para, com isso, consolidar ações e projetos. 

   Maggi explica que o PR, que nasce da fusão do PL com Prona, terá uma bancada forte na Câmara, com ao menos 45 deputados. Na Assembléia, ele prevê o ingresso de ao menos quatro: Sérgio Ricardo, Sebastião Rezende, João Malheiros e Mauro Savi, com quem vai conversar nesta quarta.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Rossato quer "minar" reeleição de Ari

dilceu rossato 400 curtinha   Em Sorriso, a capital nacional do agronegócio, a tendência é da disputa à sucessão no próximo ano ficar polarizada entre o prefeito Ari Lafin, do PSDB, e seu antecessor, Dilceu Rossato (foto), hoje filiado ao PSL. Embora se movimente nos bastidores, o deputado Xuxu Dal Molin...

Misael nem espera janela e sai do PSB

misael partido 400 curtinha   Misael Galvão (foto), presidente da Câmara de Cuiabá, nem esperou chegar a janela partidária de março para oficializar a saída do PSB, onde esteve filiado por três anos. Para não colocar o mandato em risco, o parlamentar consultou a Justiça Eleitoral e obteve...

TCE-MT aprova e elogia gestão Binotti

binotti 400 curtinha   O conselheiro interino do TCE, Isaías Lopes, rasgou elogios ao primeiro ano de mandato do prefeito e empresário Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Relator das contas do exercício de 2018 da prefeitura, com aprovação unânime pelo Pleno, Isaías destacou que os resultados...

Primavera fará 4 intervenções na BR

leonardo 400 curtinha   Com recursos próprios, a Prefeitura de Primavera do Leste fará quatro intervenções na BR-070, no perímetro urbano, com readaptação e construção de trevos para ajustar o trânsito a uma nova e moderna realidade do município com quase 100 mil...

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.