Últimas

Terça-Feira, 24 de Abril de 2007, 12h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Maggi resolve enfrentar rebeldia dos deputados

Governador mantém na pauta de votação os projetos sobre PM e o veto aos 30% do Fethab aos municípios 

   O governador Blairo Maggi decidiu partir para o embate com os deputados, convocou o seu secretário-chefe da Casa Civil, João Malheiros, para o trabalho de articulação e ordenou que os projetos que tratam da carreira e salário dos militares sejam votados na sessão vespertina desta terça, inclusive sem emendas, assim como o veto ao projeto do deputado José Riva, que transfere 30% do Fethab aos municípios.

   É a primeira vez nesta gestão Maggi que o Executivo e o Legislativo sinalizam para confronto. Assim que recebeu a incumbência, Malheiros começou a "disparar" telefonema para os parlamentares. Na prática, todos os 24 deputados são considerados da base aliada, mas alguns resolveram se rebelar. Argumentam que o governo não pode ser radical, ao ponto de não aceitar emendas aos projetos e, por isso, querem derrubar as mensagens.

    Maggi disse ao secretário Malheiros que agora quer saber quem é quem na Assembléia, numa demonstração clara de que deseja distinguir aliados fiéis daqueles que se posicionam a favor do governo, mas, no final, acabam agindo com conspiração. Maggi deixou o "pepino" na mão de Malheiros, transmitiu o cargo para o seu vice Silval Barbosa e viaja ainda nesta terça para os Estados Unidos. Ficará 15 dias fora. Malheiros passou a negociar com cada deputado. Com alguns já fechou acordo mediante até promessa de cargos na estrutura da máquina estatal.

    O governador decidiu encarar a rebeldia de alguns deputados, após receber recado de que as três mensagens sobre salário e promoções dos militares seriam emendadas. Maggi não aceita mudanças. Quer aprovação dos projetos originais. O projeto 5A fixa o subsídio dos oficiais da PM e do Corpo de Bombeiros Militar. O 5B define o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar e, o projeto 5C trata do efetivo da PM.

    Outra polêmica diz respeito ao veto do governador ao projeto do deputado Riva. Maggi argumenta que não tem como destinar 30% do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para as prefeituras, sob pena de inviabilizar as obras. Convencidos por Riva, alguns deputados vão insistir na derrubada do veto do Executivo por entender que é viável, sim, transferir fatia dos recursos do Fundo aos municípios.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.