Últimas

Segunda-Feira, 09 de Abril de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

PALÁCIO PAIAGUÁS

Maggi retorna com 2 "pepinos" para resolver

Governador precisa contornar pedido de intervenção federal e bloqueio da reforma administrativa

   Após 30 dias de férias, Blairo Maggi reassume nesta segunda (9) o posto de governador com dois embates jurídicos para contornar, um que bloqueia a reforma administrativa e outro que pode resultar até em intervenção federal por desobediência do Estado à ordem judicial quanto à desocupação de uma propriedade no Nortão.

   No caso do descumprimento de decisão judicial, o governador em exercício Silval Barbosa já foi notificado. Cabe agora a Maggi apresentar ao Tribunal de Justiça, num prazo de 30 dias, as razões do protelamento. Há oito anos o Estado resiste à ordem de desocupar uma área de 145 mil hectares, compreendendo três municípios (Sinop, Cláudia e Colíder). Teme conflitos com os posseiros. O clima no local é de tensão.

   Para não correr risco de haver intervenção federal em Mato Grosso, o Comitê de Assuntos Fundiários do Estado, sob coordenação da Casa Civil, se reúne com o governador esta semana para iniciar as negociações. Buscará saída pacífica dos ocupantes da propriedade, espólio de Maria Amélia Ferreira.

   Blairo Maggi também convocará esta semana os secretários da área técnica, principalmente Geraldo de Vitto (Administração) e Yênes Magalhães (Planejamento) para reavalizar a reforma administrativa, após derrota jurídica. Uma liminar concedida pelo desembargador Donato Fortunato Ojeda à uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) impetrada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário e Pecuário do Estado, determinou que as autarquias estaduais, principalmente o Indea e o Intermat, sejam excluídas dos 12 núcleos sistêmicos. Isso obriga o governo a reestudar a reforma.

   Desde o ano passado, a administração vem procurando racionalizar a execução de atividades de controle interno e de apoio para melhorar a qualidade dos serviços finalísticos. Essas mudanças prevêem exoneração e/ou remanejamento de servidores, o que vêm motivando entidades sindicais a recorrer à Justiça para impedir a tal reforma.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Reforma Administrativa foi uma pessima idéia, contrária ao princípio da Eficiência, "vendida" ao Governador como uma panacéia para seus problemas administrativos. Uma grande bobagem, dissociada de qualquer pensamento que realmente avalie e sugira melhorias no serviço público. Criticada por todos os setores que entendem de administração pública - e que querem que ela melhore, ao invés de piorar - essa idéia só não foi abandonada pela vaidade de certo Secretário de Estado, e pela vergonha que o Governador ia passar.
    Triste para o Estado de Mato Grosso perder tempo desse jeito.

  • Marco Abib | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Estado de Mato Grosso tem por obrigação a desapropriação da área em litígio, uma vez que foram fraudulentos os documentos ali usados pelas famílias moradoras, que sem culpa nenhuma estão em fogo cruzado.

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.