Últimas

Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2007, 18h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EXPLICAÇÕES

Maggi usa militar como repórter em missão oficial

Governador diz também que pagou do bolso US$ 10 mil de despesas com a filha na viagem internacional

    Por 15 dias o governador Blairo Maggi (PR) esteve na Rússia e Europa e, ao invés de levar consigo profissionais da secretaria de Comunicação, com vistas a divulgar as ações da missão oficial, preferiu contratar uma jornalista européia e usar o tenente-coronel da PM, Alexander Maia, seu ajudante de ordens, como repórter e fotógrafo.

    Em entrevista coletiva nesta segunda no Palácio Paiaguás, Maggi foi perguntado sobre a política de comunicação do Estado e acabou passando por constrangimento. O governador disse que fez essa opção para reduzir despesas. Ao mesmo tempo, porém, afirmou que "comunicação é investimento e não despesa".

     Maggi levou na comitiva a esposa, secretária Terezinha (Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social) e a filha Belisa. Um jornalista logo perguntou ao "rei da soja" sobre quem pagou as despesas, se Maggi ou se o governo do Estado, e interrogou também sobre o custo da viagem. O governador reagiu, de imediato: "Eu não seria besta de gastar dinheiro do Estado". Em seguida, sobre o custo, completou: "Para mim, não é caro".

    O maior produtor individual de soja do mundo se referia aos cerca de US$ 10 mil que gastou com a viagem de sua filha. Maggi ponderou que não sabe quanto o Estado gastou com a viagem internacional. "Fomos representar Mato Grosso no exterior. Isso foi construído com sucesso". Para o governador, essa segunda viagem internacional "serviu para reforçar a necessidade de mostrar de maneira mais clara e transparente como Mato Grosso vem conduzindo suas relações comerciais e de que forma o Estado está buscando alternativas que garantam o desenvolvimento econômico aliado a práticas sustentáveis". (Pollyana Araújo)   

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • alair | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Governador sério esse não, leva a filha, paga do próprio bolso. Agora, o difícil é acreditar. Quebrando paradigmas ou tudo como dantes com o dinheiro público? E ainda por cima inovando, com militar virando repórter. É bem Mato Grosso!!! Esse é o nosso governador!!! O Sindjor? Vai falar o que para o Blairo? O certo é que vai baixar cabeça, e se brincar, elogiar a atitude do governador. Alguém aposta o contrário?

  • Leandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso que é quebrar paradgmas....!!!!!!!

  • pLINIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eSSE É O GOVERNADOR BLAIRO MAGGI. dE INTERESSANTE NÃO TROUXE NADA, SOMENTE AS IMAGENS DAS BELAS PAISAGENS EUROPÉIA NESSE TOUR TURÍSTICO COM A ESPOSA E A FILHA, ALÉM DA ESPOSA DO SACHETTI E DO PRÓPRIO SACHETTI.. FORA O TIMAÇO LIGADO A SOJA.
    tÁ NA CARA QUE FORAM FAZER ]UM TOUR E NEGOCIAR A SOJA.
    E QUEM GARANTE QUE NÃO FOMOS NÓS QUE PAGAMENTOS ESSA VIAGEM? CONTA OUTRA GOVERNADOR DOS PARADIGMAS, OUSADIA, HONESTIDADE E TRANSPARÊNCIA.

  • Marcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma vergonha ver tanta gente preocupada com a vida particular do nosso Governador, é ingênuo pensar que um homem com a inteligência e o patrimônio dele iria se sujeitar a uma burrice tão primária como esta, se sua filha viajou com ele com certeza ela deve ter dinheiro próprio para pagar sua viagem, vocês adversários que não tem como atacar o governador tentem ser mais coerentes e menos amadores tentem algo que realmente tenha sequer um fundo de verdade porque achar que o Blairo não tem condições de bancar a viagem de sua filha é realmente RIDICULO. VÃO TRABALHAR QUE VOCÊS GANHAM MUITO MAIS.

  • Borges | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu caro governado, você isentou o imposto da soja de exportação, levar sua filha de japa na comitiva é mole.Não vai demorar muito o estado não vai ter como pagar a folha. PARADIGMAS, HONESTIDADE E TRANSPARÊNCIA Há! Há! Há! Há! Há! Há! Governador você é um alienígena!

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Creio que viagens oficiais sempre são boas para o estado, sempre temos retorno com isso,mesmo por que em tempos de globalização nenhum gestor faria bobagens mesmo. Agora, o governador estava representando Mato Grosso e não estava em férias, então parente e amigo não viaja junto. Aliás, quando é que o MPE resolverá a questão do nepotismo do senhor Maggi?

  • alcantara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NA MINHA OPINIÃO jamais o Governador iria usar o dinheiro do Estado para custear qualquer viagem de parentes ou amigos. Isto eu não questiono, mas já que estava em missão oficial deveria ter levado tambem os servidores de cada área que foi o objetivo da viagem principalmente da imprensa Oficial do Estado .

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FALA SÉRIO MÁRCIA SANTOS, VAI TRABALHAR VOCÊ!!! PORQUE VOCÊ DEVE SER UMA DESSAS QUE VIVEM MAMANDO NA TETA DO GOVERNO..
    QUANTO AO SR. REPÓRTER TEN. CEL MAIA,MEU DEUS DO CÉU QUANTO ARBITRARIEDADE SR. BLAIRO, QUE TRANSPARÊNCIA, QUE QUEBRA DE PARADÍGMA..... HAHAHAHAHAHAHAAHAHAHA NÓS
    MATOGROSSENSE TEMOS QUE CRIAR A VERGONHA NA CARA E PARAR DE ELEGER ESSES PAU RODADOS..
    FALA SÉRIOBLAIRO TE ENCONTRO EM 2010 PARA SENADO!!!

  • MARIA IZABEL | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    oi governador, taí uma grande oportunidade de mostrar toda transparencia, comprove de público todos os gastos do casal compadre e da filhota, aí sim, quem sabe acreditaremos em ética, transp., ousadia,... hum.....

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.