Últimas

Domingo, 14 de Outubro de 2007, 09h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SENADO

Maioria de senadores do PT não é favorável à cassação de Renan

Folha ouviu, em dois dias, 10 dos 12 senadores do partido; quanto ao afastamento do cargo de presidente do Senado, oito defendem a imediata renúncia

MARIA LUIZA RABELLO
SILVIO NAVARRO
DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

Em meio a uma crise que envolve o comando da bancada e aspirações pela sucessão de Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, 8 dos 12 senadores do PT defendem hoje que o peemedebista se afaste imediatamente do cargo, mas somente dois deles avaliam que há elementos para a cassação.
A Folha ouviu, em dois dias, 10 dos 12 senadores -Fátima Cleide (RO) e João Pedro (AM) não foram localizados. Foram feitas três perguntas: 1) O presidente Renan Calheiros deve se afastar do cargo? 2) Como o senhor (a) votou no primeiro processo? 3) Como votaria hoje no plenário?
No caso do primeiro questionamento, oito petistas acham que Renan deve pedir licença do cargo de presidente - Aloizio Mercadante (SP), Augusto Botelho (RR), Delcídio Amaral (MS), Eduardo Suplicy (SP), Flávio Arns (PR), Ideli Salvatti (SC), Paulo Paim (RS) e Serys Slhessarenko (MT).
Sibá Machado (AC) e Tião Viana (AC), que é o primeiro-vice-presidente da Casa, não quiseram se manifestar. Tião alega "não poder adotar nenhuma posição pela condição de vice-presidente".
Além da já declarada abstenção de Mercadante (SP), seis senadores disseram ontem ter votado pela cassação de Renan no caso Mônica Veloso -Botelho, Delcídio, Suplicy, Paim, Arns e Serys. Sibá, Ideli e Tião não quiseram revelar os votos.
Entretanto, se a decisão no plenário fosse hoje, apenas Delcídio Amaral (MS) e Paulo Paim (RS) manteriam o voto pela perda de mandato por falta de decoro.
A divisão no PT é o retrato de uma bancada que vive acirrada disputa entre a atual líder, Ideli, e Mercadante.
Além disso, ganhou peso nas últimas semanas a mudança de postura de Tião Viana, até então defensor de Renan. Primeiro na linha sucessória, ele passou a criticá-lo por permanecer à frente da Casa. A crise entre os dois foi deflagrada após a divulgação que uma funcionária paga pelo gabinete de Tião trabalhava de fato na sede do PT. Reservadamente, ele atribuiu a divulgação a Renan.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...