Últimas

Terça-Feira, 24 de Julho de 2007, 18h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INVESTIGAÇÃO

Malheiros abre CPI, pede cautela e faz denúncia

    O secretário-chefe da Casa Civil, deputado João Malheiros, abriu a CPI da Sema desta terça (24) à noite, conclamando que as investigações sejam prepositivas, que não ocorra caça às bruxas e fez uma denúncia. Afirma que recebeu informações de que estaria ocorrendo desmatamento irregular às margens de um rio que passa por assentamento em Tangará da Serra (a 220 km ao Médio-Norte de Cuiabá). Pediu que a CPI investigasse a denúncia. Para João Malheiros, o trabalho da Comissão deve ser ágil e não pode causar prejuízos aos empresários do Estado.

    Mesmo durante o recesso parlamentar, os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembléia deram início às investigações. Apuram possíveis irregularidades na área ambiental do governo Blairo Maggi. O setor vive crise. Servidores e empresários do setor madeireiro foram presos sob acusação de envolvimento em fraudes em manejo e licenciamento ambiental. Presidida pelo deputado José Riva, a CPI decidiu que vai convocar o secretário Luís Daldegan para prestar esclarecimentos nos próximos dias.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • V aldemar Brandão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nós, do Nortão do Estado, que vivemos os piores dias de nossa história como desbravadores, acreditamos nos senhores Deputados, liderados pelo Deputado Riva, que também é um desbravador, para que tão somente "justiça seja feita" em favor dos madeireiros, possibilitando-os para o trabalho.
    Entendemos, também, que o senhor Secretário Daldegam, não deva ser o bode expiatorio dessa historia; carece, isto sim, apoio para equipar a Secretaria que é deficiente em tudo.
    Chega de "operações desastrosas". Queremos trabalhar.

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhores Madereiros, porque tanta confusão quando alguem quer regulamentar o desmatamento. Voces tem que ter conciência que um dia as árvores iam acabar, ou vocês pensam que elas são eternas, quem tira da natureza e não repoe se acaba. voces destruiram todas as florestas do sul, agora querem acabar com o pouco que ainda resta no Mato Grosso. Acorda. Arrumam outra profissão.

  • Albert Louis Montabten | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O secretário-chefe da Casa Civil, deputado João Malheiros, abriu a CPI da Sema desta terça (24) à noite, conclamando que as investigações sejam prepositivas, que não ocorra caça às bruxas e fez uma denúncia. Simplesmente patético o discurso do Chefe da Casa Civil do Goberno do Estado. Tem que apurar quem são os corruptos e os corruptores e puní-los exemplamente. Afinal até quando nosso Estado será o grande celeiro de corruptos e corruptores deste mediocre País. Até quando meu DEUS.

  • valmir farias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muitas vezes uma critica como comentario causa mais espanto . porem temos que fazer elogios as medeidas do governo maggi com relação ao meio ambiente . deixo tambem os parabens a conduta sempre democratica do dep malheiros .

  • miron ferreira da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    este que elogiou a atitude do governo nao conhece a realidade do nosso estado se voces quer ver degradaçaõ ambiemtal e ver as fazendas do grupo magi
    naõ fazem igual os hipocritas ver mas nao quer emxergar ou falar que os agricultor e os pecuarista saõ os maior culpado
    o madereiro naõ destroi as matas naõ sim da vidas as arvores nova desabafa e elas recebem raios solar entaõ gente começa pelo sapezal com essa demagia de voces naõ esta acabando quem esta cometendo crime ambiemtal naõ fica as maior areas degradadas na agricutura

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

MAIS LIDAS