Últimas

Domingo, 26 de Agosto de 2007, 08h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Malheiros assume missão de blindar o governo

 Com atuação pífia, secretário agora precisa ter as mãos de artesão para amassar o barro e dar forma às justificativas do governo    

     Sem o trator Luiz Antonio Pagot, ex-secretário de Infra-Estrutura, Casa Civil e Educação, só resta ao governador Blairo Maggi escalar João Malheiros, da Casa Civil, como espécie de porta-voz para contrapor as críticas e ataques à administração. A tendência a partir de agora é opositores e até alguns governistas disfarçados quebrarem o silêncio. Estão em jogo interesses políticos para as eleições de 2008 e de 2010. Como Malheiros tem atuação pífia, o governo vai ter muita dor de cabeça no enfrentamento de crises.

   Com uma posição de se recolher do que enfrentar o desgaste político, Maggi poucas vezes ou quase nenhuma conseguiu enfrentar sozinho os atropelos do governo. Quem sempre exerceu a função de interlocutor do Palácio Paiaguás, inclusive para provocar discussões, foi Luiz Pagot, prestes a assumir o cobiçado cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit). Outra figura impotente em defesa do governo é a primeira-dama e secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, Terezinha Maggi. Por ser esposa do governador, suas declarações, às vezes, davam uma conotação mais pessoal.

    Com a proximidade do novo processo eleitoral, o molde de quem terá que assumir essa espinhosa função porque vai mais apanhar do que bater é o letárgico e vagaroso secretário-chefe da Casa Civil, deputado João Antonio Cuiabano Malheiros. Ele sobrevive na função por conjuntura política e pela acomodação de suplentes na Assembléia. Malheiros precisará ter as mãos de um artesão para amassar o barro e dar forma às justificativas do governo. Será que ele terá a virtude do ribeirinho, que mais ouve do que fala, ou responderá às provocações dos opositores? Só o tempo tem a resposta. Aliás, tempo é o que Malheiros mais tem. Ele mantém, inclusive, a tradição de tirar uma sesta diariamente após o almoço. Assim, o governador está, como enfatiza a letra do Hino Nacional Brasileiro, "dormindo em berço explêndido".

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • stenio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MALHEIROS deve ser substituido imediatamente, a pessoa de perfil seria o CARLOS BRITO ou SIVAL BARBOSA.

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Se investiarem com profundidade á gestão dele como presidente da câmara Municipal de Cuiabá,vai dar muito pano pra manga.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ocorre que o Dep. João Maheiros não o perfil para o cargo que ocupa ele esta secretário pela necessidade de se acomodar deputado Roberto França.
    Quanto ao desempenho do governo só não esta tendo grandes repercuções negativas porque não há oposição na AL pois todos nós sabemos que existem secretarias e secretário que aguentam dez minutos de jogo bruto.
    Atenção MP cd vc.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OH! anonimo não se omita o que vc disse é a pura realidade vc ñ mentiu o Malheiros esta ali realmente para acomodar o Roberto França na AL o governador já sabia que o Malheiros ñ tinha competencia para o cargo conclusão do governador: É melhor ter um incopetente na casa civil do que uma oposição na AL só pra se ter uma idéia veja a atuação pifia do senhor João Malheiros na camara municipal, o anonimato é o escudo dos covardes pense nisto certo?

  • João Bosco Nazareno Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É fácil para alguns chamar de pífia a atuação de um parlamentar. Será que o Povo tem errado? João Antonio Malheiros foi eleito vereador por Cuiabá e reeleito para mais três mandatos. Foi eleito Deputado Estadual e reeleito com votação superior aos “grandes Caciques”.
    O povo não errou. O povo é sábio. Conhece quem tem as mãos limpas, quem não se esconde na segurança dos condomínios, quem “é fácil de achar” e quem tem o mesmo número de celular há vários anos.
    Desculpem a franqueza, mas a atribuição do Chefe da Casa Civil não é ser trator como querem os que se acostumaram a ser tratorados, mas ser conciliador e prudente, que para os leigos por falta de “Aurélio”, confunde-se com ser pífio e negligente.
    Está certo o Governador que tem ao seu lado um expoente da cuiabania, cujos hábitos só enaltecem o nosso jeito honesto e peculiar e produtivo de ser.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Desculpe ao rdnews eu tenho que responder ao nazareno de fensor do Malheiro eu fico com a frase do rei PÉLE O BRASILEIRO NÃO SABE VOTAR OU ENTÃO COM AQUELE QUE DISSE : BRASIL NÃO É UM PAIS SÉRIO

  • Joao Gonçalo Leite | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Leandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O brasileiro não sabe votar mesmo. Caso, contrário, não teria reeleito Lula e Blairo Maggi.

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...