Últimas

Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2009, 11h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

NEGÓCIOS

Maluf devolve quase R$ 30 mil a VG embolsados ilegalmente

   O médico, empresário e deputado Guilherme Maluf (PSDB), um dos sócios do hospital privado Santa Rosa, em Cuiabá, tentou colocar um ponto final na polêmica sobre recebimento indevido de salário da Prefeitura de Várzea Grande durante período de um ano. Ele devolveu ao erário R$ 27.771,28. O depósito foi feito na conta do Município no último dia 30. "Espero, com isso, colocar um ponto final nessa questão. Houve um erro administrativo da secretaria de Saúde e até discussão política", comentou Maluf, ao acusar a ex-secretária de Comunicação de Várzea Grande, jornalista Edna Araújo, de vazar a informação e de explorar o assunto negativamente na imprensa.

   Maluf é médico efetivo dos quadros da pasta da Saúde de Várzea Grande há 15 anos. Ele assegura que, assim que assumiu como deputado, em 2007, ingressou com requerimento, pedindo afastamento para exercício do cargo eletivo. Naquele ano não caiu um centavo em sua conta bancária sobre o salário de médico do município. Já no período de abril de 2008 a abril deste ano, o deputado "engordou" a conta bancária com o subsídio, mesmo sem prestar serviços e, o pior, ilegalmente. Em visita ao RDNews na quarta, Maluf alegou que, devido a uma série de afazeres e compromissos políticos e empresariais, conta com pessoas de sua confiança que cuidam e operam até sua conta pessoal e que não sabia dos recebimentos. "Na hora que fiquei sabendo, fiz os cálculos e devolvi tudo que havia recebido", destaca o deputado, ao apresentar o comprovante de depósito dos R$ 27,7 mil na conta da prefeitura.

   Maluf afirma que a culpa não foi sua e aponta negligência do setor de Recursos Humanos da secretaria de Saúde. Enfatiza que houve erro administrativo da pasta, considerando que havia solicitado a suspensão do pagamento durante este período que exerce mandato parlamentar. Diz também que a então secretária de Comunicação Edna Araújo, devido a discussões e conflitos com o secretário de Administração, Faustino da Silva Neto, acabou exonerada e, em sinal de vingança e de tentativa de prejudicar a gestão do prefeito Murilo Domingos (PR), espalhou a notícia sobre o pagamento de salário. (Romilson Dourado)


Deputado Guilherme Maluf (PSDB) diz que não sabia do dinheiro que estava caindo em sua conta bancária
Foto: Jupirany de Villart

(12h) - Maluf é vinculado à Fusvag e não à pasta da Saúde, explica secretária Jaqueline

  Jaqueline Guimarães, secretária de Saúde de Várzea Grande, explica que o deputado Guilherme Maluf integra o quadro clínico da Fusvag e o pagamento do salário feito a ele foi de responsabilidade  do Recursos Humanos do Pronto-Socorro Municipal, a partir da pasta da Administração. Segundo Jaqueline, esposa do deputado Wallace Guimarães (DEM), a pasta da Saúde não autoriza pagamento dos médicos e demais servidores da Fusvag. Ela adianta que, a partir de agora, vai solicitar que a secretaria de Administração informe os pagamentos de pessoal da Fusvag para melhor acompanhamento. Jaqueline, que deixou o DEM e virou aliada de carteirinha do prefeito Murilo Domingos desde a campanha do ano passado, destaca que está fazendo espécie de "depuração" da folha de servidores. 

(17h40) - Ex-secretária diz que não "vazou" informações e nega briga com Faustino

   Edina Araújo nega ter "vazado" informações sobre o recebimento de salários por Guilherme Maluf e atribui a "culpa" ao Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). Ainda segunda a jornalista, não há necessidade de explorar negativamente o assunto, já que o fato, por si só, já é negativo. Edina aproveita para contestar as declarações de Maluf acerca de possíveis brigas entre ela e o atual secretário de Administração, Faustino Antônio da Silva Neto. "É pertinente lamentar o lapso temporal do nobre parlamentar, pois o secretário Faustino está na função desde o início deste ano. Portanto, não poderia, em hipótese alguma, ter tido desavenças comigo, uma vez que estive a frente da Secom/VG de janeiro de 2005 a dezembro de 2007". A ex-secretária diz ainda lamentar que o deputado tenha se valido de afronta à imprensa para tentar desviar o real teor da denúncia.

   Eis, abaixo, a íntegra da nota enviada por Edina Araújo

    "A respeito da reportagem “Maluf devolve quase R$ 30 mil a VG embolsados ilegalmente”, de sua autoria e publicada em seu site nesta quinta-feira {05.08}, na qual meu nome é citado pelo deputado estadual com acusações – para as quais o portal não se interessou em ouvir o outro lado –, convém esclarecer que:
   I – Não foi a jornalista Edina Araújo quem “vazou a informação” de que o parlamentar recebia salários da prefeitura de maneira irregular. Essa denúncia foi feita pelo Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral (MCCE), no dia 27 de maio deste ano – acusação essa que foi alvo de uma representação protocolada à Procuradoria Geral de Justiça de Mato Grosso nessa mesma data.
   II – Quanto ao discurso de que o assunto foi explorado negativamente, vale destacar que o VG Notícias apenas noticiou a denúncia do MCCE -- o que já é negativo por si mesmo, não necessitando de nenhum tipo de enfoque pejorativo.
   III – Sobre supostas desavenças da diretora do VG Notícias com o atual secretário de Administração de Várzea Grande, Faustino Antônio da Silva Neto – que, segundo o deputado, teriam ocasionado minha exoneração do cargo de secretária de Comunicação Social – é pertinente lamentar o “lapso temporal” do nobre parlamentar, pois o secretário Faustino está na função desde o início deste ano (2009), portanto não poderia - em hipótese alguma - ter tido desavenças comigo, uma vez que estive a frente da Secom/VG de janeiro de 2005 a dezembro de 2007.
   IV – Diante dessa discrepância de tempo – que faz com que a argumentação do deputado tucano soe como absurda –, não há de se falar em vingança contra o atual secretário de Administração, tampouco em uma tentativa de prejudicar o prefeito Murilo Domingos (PR). O que temos é uma informação de interesse público, que necessita de esclarecimentos, até mesmo pela posição que o deputado ocupa em um cargo eletivo, que depende da vontade da população – maior interessada no aclaramento das denúncias e no saneamento das possíveis irregularidades.
   V – Quanto à despreparada declaração de que o VG Notícias “espalhou” a notícias sobre os salários irregulares, vale lembrar ao deputado - e a quem insiste em se esquecer de fatos passados para justificar um posicionamento divergente atual - que o assunto foi tema de reportagens e pauta de cobertura jornalística em outros sites de notícias e jornais impressos da região, nunca se limitando exclusivamente a reprodução no portal dirigido por esta jornalista.
   Ademais, é oportuno lamentar que o deputado estadual tenha se valido de afronta à imprensa para tentar desviar o real teor da denúncia. Friso ainda que todos os esclarecimentos sobre o assunto podem ser verificados no
www.vgnoticias.com.br, a quem possa interessar – inclusive ao próprio parlamentar. Destaco, por fim, que, independente de qualquer adversidade, o VG Notícias continuará trabalhando para manter a população informada sempre, utilizando - para tanto - um jornalismo sério, ético, independente, transparente e compromissado com a verdade.
  
Atenciosamente,
   Edina Araújo
   Jornalista e diretor do VG Notícias

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • PEDRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses comentários são articulado pela turma do maluf. E Maluf, esquece cara... reeleição sua já era cara. Que historia mal contada e essa... voc^é turco mesmo

  • carlos alberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    caramba!!!!!o nobre deputado maluf....botou todos os baba ovos,para falarem bem dele....pensam que o povo é besta né!!!!

  • Mario Cardoso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo jeito as explicações da jornalista calaram a voz do deputado. Nunca vi tanta confusão por parte das explicações de um deputado, fica parecendo que está querendo enrolar a população.
    Pelo que se percebe, pelo comportamento e explicações, este deputado tem todas as qualificações para ser senador. Será um senador de dar inveja aos que lá estão.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Luis de Souza lUZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Li com todo cuidado para não cometer injustiça, se o dinheiro estava intacto na conta e foi devolvido, parabéns, responda para nós leitores da coluna mais lida, se não, me engana que eu gosto

  • José Eduardo Pessoa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como se já não bastasse um Maluf Paulista, que diz que o dinheiro não é seu, agora aparece esse daqui( Maluf) dizendo que não sabia do dinheiro na conta. O mal deles é pensar que somos BURROS.

  • arlinfo pignoto de paula | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Duvido que se o assunto não tivesse vindo a público haveria a devolução do dinheiro. Viva a imprensa livre.

  • sergio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Parabéns pela atitude deputado com açoes assim vai chegar ao senado federal rapidinho.


    a baixada cuiabana pede guilherme senador

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A ex-secretária de comunicaçaão da VG,tentou aparecer as custas dos outros,porém ela foi quem saiu queimda pois,se sabia das coisas por que não denunciou enquanto estava no cargo.
    Quanto ao companheiro Malluf,todos conhecem seu caráter,agiu certo e com transparência.

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson veja a forma como a jornalista Edina Araujo recebeu as acusações do deputado Maluf. Tá posta na coluna No Alvo do site dela sob o título: Que pena! O Maluf daqui igual ao de lá- Lembra do comportamento do deputado federal de São Paulo, Paulo Maluf, quando era pego fazendo coisa errada? Ele acusava a imprensa, o Ministério Público e os adversários por perseguição. Não é de ver que o Maluf daqui – deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) começou a agir da mesma forma. Foi pego recebendo dinheiro sem trabalhar na prefeitura de Várzea Grande, e agora acusa a jornalista Edina Araujo de perseguição. Não é isso não senhor deputado. É que o papel da imprensa é esse mesmo, somos os olhos da população e o dinheiro que o senhor recebeu, sem trabalhar, de certa forma é do povo. Como disse ontem o jornalista Analdo Jabor em entrevista: “Nós jornalistas, de alguma forma, participamos dos acontecimentos e somos obrigados a exercer o papel de informar a população. Fizemos só isso senhor deputado, exercemos o papel que o jornalismo requer e vamos continuar fazendo, quer o senhor goste ou não. Para a população mato-grossense comunicamos que estamos preparando uma nota em resposta as acusações que o deputado Maluf fez contra nossa jornalista no site RDNews, que é a medida que o caso requer. Afinal quem tem que provar que devolveu corretamente o dinheiro que recebeu sem trabalhar é o deputado.
    Essa jornalista não é aquela que o prefeito Murilo Domingos tentou tirar o site dela da internet por meio da justiça?
    Pelo jeito ela tá fazendo um jornalismo que incomoda muita gente.

  • Julio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...