Últimas

Quarta-Feira, 18 de Março de 2009, 13h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

SEGURANÇA PÚBLICA

Maluf quer criar "Patrulha Escolar" para conter violência

   O deputado Guilherme Maluf (PSDB) se reuniu nesta semana com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado, para tratar sobre acriação de uma Patrulha Escolar, formada por policiais da reserva, que fará a segurança das unidades escolares. Maluf preside a Comissão de Segurança Pública e Comunitária na Assembléia. “A Patrulha vai trazer tranquilidade à comunidade escolar. Hoje, muitos professores vivem inseguros, com medo da violência que, infelizmente, chegou aos colégios”, diz o parlamentar.

   Curado sugeriu a participação dos policiais reformados ao projeto. “Estes policiais têm muita experiência e, além de cuidar da segurança de professores e alunos, poderão proferir palestras nas escolas.” Curado disse que nos próximos dias conversará com o secretário de Educação, Ságuas Moraes,sobre o projeto.

   O parlamentar tucano sugeriu ainda a criação de um conselho integrado para auxiliar nos trabalhos da Comissão de Segurança da AL. Diversos setores da sociedade, entre Polícias Militar e Civil, OAB, PRF e MPE, serão convidados para integrar o conselho, que terá o objetivo de fazer um diagnóstico da segurança no Estado, além de apontar soluções para o problema. “Estamos trabalhando firmemente para colocar em prática estas duas ações que, seguramente, vão contribuir na redução da violência”. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo que algo tem que ser feito para conter a criminalidade em torno das escolas mais medidas concletas,nao paleativa como essa de guarda escolar formado pelos policiais da reserva pois estes ja cumpriram o seu dever e apesar da experiencia adquerida ao longo dos anos,faz-se necessario acoes mais especificas envolvendo toda a sociedade,ja ajudaria muito aqui na capital o prefeito que e do partido do nobre dep. implantar efetivamente a guarda municipal que e mais uma das tantas promessas de campanha nao cumprida.

  • joao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não,não,não, temos que perder essa mania em que tentamos combater a violencia escolar com intimidação, senhor deputado, creio que esta errado não acredito que isso dará certo, ao invez de intimidação tem que voltar o inspetor escolar nas escolas, de acordo com a constituição o dever da educação não é so do estado mas tambem da familia, porque não uma lei que obriga a familia a estar presente no horario de aulas dos seus filhos pelo menos uma vez por semana, uma visita para conversar com a direção e permisão para ir até a sala de aula dar uma olhada? existe muita proteção para os jovens, por isso existe tanta violencia, eu ja fui humilhado em sala por menor mas nem por isso disistimos de trabalhar com a familia, presença policial só vai trazer mais violencia, sejamos mais severos nas aprovação dos alunos, dependencias de materias como quer o CEE, só está criando uma geração inteira de alunos com ma formação e melhorando a estatistica do governo, mas a qualidade esta compretamente compromitida. pense nisso.

  • Martins Pallacius Ireno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nobre CHUCK NORRIS JOHNSON.
    Seu comentário foi o mais infeliz de todos. Lamentavelmente acho q vc vive num mundo de filme.
    Esteja atento ao título da notícia: Maluf quer criar patrulha escolar para conter a violência. Assim como o Sr. Charles vc também não tem qualificação suficiente para ler e entender o título da matéria. rsrsrs.
    O comentário do Sr. Charles foi mais coerente. Admita. A sociedade nao quer saber se o policial é da reserva, reformado ou qualquer outro fenômeno. Quer solução para o problema da violencia escolar. Agora, colocar policiais velhinhos para SOLUCIONAR o problema é brincadeira de mal gosto.
    Palestras pra que não transformem em futuros marginais??? kkkkkkk. PIADA. Isso tem que surgir da formação familiar. Que tal palestra lá no balneário do POLMERI??? Talvez os meninos de lá larguem mão de tornarem futuros marginais. E eu não sou policial, mas se fosse estaria orgulhoso.

  • Lucas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABÉNS AO DEPUTADO POR ESSA INICIATIVA, AQUI EM RONDONÓPOLIS O PROBLEMA EM ESCOLAS É ENORME E MEDIDAS COMO ESTA VÃO DE ENCONTRO AO BEM ESTAR DAS COMUNIDADES ESCOLARES.

  • João Nepomuceno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não passa nenhuma sinceridade engajamento em projetos como este, vindo de um deputado que acumula tanta função na vida: político, empresário, médico! E ainda tem tempo de se preocupar com a falta de segurança em escolas. Já pagamos impostos suficientes para termos segurança digna, com os nobres policiais hoje existentes. Se não são suficientes, que se faça concurso. Criação de novos cargos, como a tal patrulha escolar são medidas que não resolvem. Temos é que parar de eleger políticos demagogos. Ou os senhores acham que o Sr. Guilherme Maluf, médico, empresário, dono de construtora, está preocupado com o filho do pobre trabalhador que frequenta as sucateadas escolas do estado?
    ACORDA POVO MATOGROSSENSE!!

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens, deputado Guilherme Maluf, só acredito em mudanças na área de segurança publica quando, estas propostas passem pela contribuição da sociedade como um todo.
    Dr. Diogenes Curado, tem dado enfase a aproximação da segurança publica com as comunidades - não se publica, mas é o restabelecimento das policias comunitárias, às quais foram retiradas no inicio do segundo governo Maggi e só agora está conseguindo retornar ao primeiro plano, graças principalmente, ao sucesso da Operação Carnaval - em qual o conhecimento sobre as cominidades pautaram a vigilancia.
    Parabens ao Deputado Malug, ao Dr.Diogenes e ao Dep. Otaviano Piveta, que ficou muito bonitinho de Papagaio de Pirata.

  • Pacheco de Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Martins Pallacios Ireno, pergunte ao qualquer militar se ele tem orgulho de sua instituição, se ela prega a honestidade, caráter, bom serviço..............................

    Se a Instituição valoriza os bons Policiais, incentiva, dá curso, promove, elogia. OU SE ELA FAZ TUDO AO CONTRÁRIO.

    Algum dia, um belo dia, isso virá a tona, quem viver verá, fatos concretos serão mostrados.

  • populaçao de rosario@hotmail.com | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eta dep. poreta parabens guelherme maluf. a populaçao de rosario agraçe o dep. por imendas que o senhor colouco para o festival de praia 2009

  • Charles de França Irineu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ao que parece o Sr. Deputado Guilherme Maluf não conhece bem o corpo efetivo Polícia Militar e nem tão pouco a lei referente a Guarda Patrimonial.
    Os militares da reserva remunerada já prestaram seus relevantes serviços à sociedade mato-grossense por longos anos, numa escala de serviço desumana e jornada de trabalho estressante.
    Se estão aposentados, no mínimo, já estão em idade bem avançada e portadores de desgastes físicos naturais em razão da própria idade, inclusive, por doenças.
    Os deliquentes que normalmente aterrorizam as escolas são jovens e agem com certa energia e violência.
    Apesar da experiência alegada pelo ilustre deputado, jamais um policial da reserva, já desgastado pelo trabalho em que submeteu-se na caserna, terá condições de medir forças com o jovem deliquente. A atuação do policial não se resume apenas em confrontar o meliante. Ele também deve estar dotado de destreza para recuar ou fugir do agressor, como nos casos de ataques de grupos de vândalos.
    Foi-se o tempo em que bastava a simples presença do policial fardado, em algum determinado lugar, para inibir a ação dos delinquentes.
    O que mais verificamos nos jornais é a ação ousada desses marginais.
    E a palestra a quem serviria? Delinquente assiste palestra?
    Por outro lado a lei que criou a Guarda Patrimonial não autoriza seu emprego no Poder Executivo, sobretudo nas escolas. Apenas na Assembleia Legislativa, Poder Judiciário, Tribunal de Contas, MP e Defensoria Pública. Basta ler a lei para verificar isso.

  • ana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cadê a Guarda Municipal senhor Deputado, projeto e promessa do seu colega de partido e prefeito que vc mesmo ajudou a eleger, o professor wilson santos, que até o presente momento não foi criada, alias pelo que eu ainda me lembro essa foi uma das promessas de WS em sua campanha em 2004, 5 anos ja se passaram e até agora nada...em vez do senhor que imaginamos ter boa vontade de trabalhar, ficar inventando projeto, vá cobrar o prefeito e faze-lo cumprir seus compromissos..guarda municipal, moradia digna, escola e ensino de qualidade, e emprego p/ a população...tbem pode ajudar a resolver os problemas de violencia urbana..

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...