Últimas

Terça-Feira, 30 de Outubro de 2007, 19h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

Mandatos de Henry e Chica estão com Silvério

Pedro Henry e Chica Nunes são acusados de prática de compra de votos e propaganda irregular O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador José Silvério, decide na próxima terça (6) se o deputado federal Pedro Henry (PP) e se a estadual Chica Nunes (PSDB) terão ou não os seus mandatos cassados. O julgamento, que teve início no último dia 23, terminou empatado em 3 a 3 nesta terça (30) à noite. O voto do juiz José Zuquim Nogueira pela procedência da representação foi seguido pelos magistrados Rodrigo Navarro de Oliveira e Leônidas Duarte Monteiro. Já pela improcedência votaram Alexandre Elias Filho, Maria Abadia Pereira de Souza e Renato César Vianna Gomes.

   Com o empate, o voto de minerva será dado pelo presidente do TRE, José Silvério. Ele poderia ter votado ainda nesta terça, mas preferiu pedir vistas. Caso na continuação do julgamento, Silvério acate a denúncia do Ministério Público, os parlamentares terão os seus mandatos cassados. Chica Nunes e Pedro Henry foram acionados por suposta prática de compra de votos e propaganda eleitoral irregular na campanha do ano passado. 

    Segundo o MP, os dois teriam se beneficiado dos trabalhos de uma servidora pública municipal, lotada na policlínica do bairro Pedra 90, em Cuiabá, que realizara reuniões no ambiente de trabalho e pedira votos para os deputados em troca de medicamentos. O procurador regional eleitoral, Mário Lúcio de Avelar, retificou o parecer inicial, manifestando-se pela procedência da representação.

    Chica e Henry podem ser os dois primeiros casos concretos de perda de mandato após denúncias de crime eleitoral supostamente praticamente no pleito de 2006. (Simone Alves)

(Atualização às 20h)Daltro e Avalone assumiriam

    Se a cassação ocorrer de fato, o primeiro suplente do PSDB, Carlos Avalone, se efetivará na cadeira de Chica Nunes. Hoje Avalone atua como deputado no lugar do titular Guilherme Maluf, licenciado para conduzir a pasta da Saúde da Capital. Caso Maluf continue na gestão Wilson Santos, abriria vaga para o suplente Carlos Carlão, que também é secretário da Capital. Ele conduz a secretaria de Educação. Já na hipótese de Pedro Henry perder o mandato, sua cadeira ficaria com Chico Daltro, atual secretário estadual de Ciência e Tecnologia.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O ilustre desembargador José silvério,têm como nunca a oportunidade de reescrever a história política do nosso Estado,baseado no poder econômico e na defesa de interesses pessoais basta que ao consultar a sua consciência tome a sua decisão segundo a letra da lei,honrando o povo de Mato Grosso que por décadas são vítimas destes ladrões de sonhos que já comprometeram toda uma geração e o Egrégio TRE que Têm em vossa excelência um grande referêncial.Os homens e mulheres de bem da terra deRondom será eternamente grata ao senhor.

  • pedro henrique de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O duro é que sai dois parlamentares com uma série de acusações e entre dois lobos, que nada diferenciam dos ameaçados de cassação. Estamos mal, mas, muito mal mesmo de representantes políticos, todos despreparados e an$$iosos pelos poder,só pelo poder. Um já foi deputado estadual por vários mandatos, sempre apagado e agora secretário de ciência e tecnologia, e continua sendo muito apagado, sem iniciativa nenhuma. O outro, que está interino da assembléia sempre se comportou como um ventríloco do finado dante, além de só defender empresários, de preferência filiados à fiemt. Infelizmente esta é a realidade.

  • marina silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    romilson pelo amor de deus leitores não cometa o desastre da desinformaçao, quem assumiria nao e o carlao e sim o Zoi aqui de mirassol, o carlao e terceiro suplente e as contas dele nao foram aprovadas pelo tre, portanto nem ele vai assumir e sim o quarto suplente falei.

  • Mirela firolli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ao ver a peça acredito que a imprensa esta equivocada ao afirmar imediata perda de mandato, a lei concede o amplo direito de defesa a qualquer cidadao, o que esta sendo proposto é apenas autorizaçao para o tre acatar a denuncia do mp, salvo melhor juizo ambos terao o direito de se defender caso o desempate nao seja a favor de ambos. O dr. Silverio´e serio por isso ele pediu vistas da peça, o Dr. Zuquim afirma em seu voto que tem lacunas nos depoimentos portanto o mesmo julgou na incerteza. Vamos aguardar o justo, sem pressao e interesses acerca do fato. O Presidente agiu corretamente ao pedir vistas para conhecer melhor o teor do processo. Parabens não agiu para satisfazer os abutres de plantao.

  • garimpeiro aposentado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu não sei a quem esta Mirela presta homenagens, certamente não ao direito. Deve-se dar a ela o devido desconto, talvez faltou-lhe tempo para ler o voto do Dr. Zuquim. Acho que a ilustre leitora da mata amazonica (aliás linda mata e de um povo muito trabalhador - especialmente os pioneiros) esta confundindo denuncia a ser aceita ou rejeitada pelo colegiado (que no caso do TRE faz as vezes do Juizo singular) com Representação por Captação Ílícita de Sufrágio. Para refrescar-lhe a memória vale lembrar do caso Rogério Silva (oriundo de AF - eleições de 2002). Vou pedir que o grande Ceará dê a mesma uma pequena aula sobre processos e representações no âmbito da Justiça Eleitoral. O Ceará é muito generoso e não se negará a esta caridade. Querida Mirela: Não se apresse. Tenho comigo que comprar consciência é mais grave do que comprar qualquer outra coisa...Felicidades.

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esperamos que o des. JOSE SILVERIO de umas voltas pelos lados de LACERDA,CACERES e regiao que vera o quanto esse dep. PEDRO HENRY QUE CIMENTO ILICITO e a dep CHICA NUNES compraram votos na regiao isso e uma vergonha se o T R E um dos orgaos mais correto do estado deixar isto impune ou acabar tudo em pizza e so o des JOSE SILVERRIO lembrar do deputado federal de mato grosso que foi cassado por compra de voto e seguir a mesma linha esse PEDRO HENRY e uma vergonha para o nossoi estado esta em todas mensalao sanquessuga furnas e outras listas que estao por vir por isso tem muito dinheiro para comprar voto

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gostaria muito que os desembargadores iliustres magistrados do TRE figue sabendo que aqui em lacerda ja foi veiculado a conversa do proprio correlegionaria do dep. PEDRO HENRY QUE CIMENTO ILICITO que :o dep com o dinheiro do mensalao compra ate aviao pegando fogo esperamos que esse FERIADAO nao de tempo pra nada e o ILUSTRISSIMO DES. JOSE SILVERIO opine pela cassaçao pois o fato e veridico aqui na regiao PARABENS PROCURADOR E DESEMBARGADORES

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Viva, o TRE esta mudando, bateu na trave e o jogo foi para a prorogação.
    Vamos torcer para a sociedade, todos contra sanguessugas, mensaleiros, clonadores e compradores de voto.
    Desembargador José Silvério que Deus te ilumine, de forças para resistir as pressões e tentações.
    Estamos com sede de Justiça.

  • MILENA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DR.SILVÉRIO,RESTABELEÇA A JUSTIÇA E A VERDADE.É ISSO QUE TODA A POPULAÇÃO ANSEIA.E QUEREMOS VER LONGE DA POLITICA ESSAS DUAS PESSOAS QUE DESMERECERAM OS VOTOS CONQUISTADOS.NÃO SUPORTAMOS MAIS CONVIVER E VER O ABUSO DO PODER ECONOMICO DE POLITICOS QUE NADA CONTRIBUEM PARA O BEM ESTAR DA SOCIEDADE,POR FAVOR,TENHA CONSCIÊNCIA NA HORA DE RELATAR SEU VOTO.PENSE NOS SEUS FILHOS,QUE PRECISAM RECUPERAR A ESPERANÇA NA POLITICA,NA JUSTIÇA

  • Regis Rodrigues Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já que é para o bem da Democracia e Justiça, será a felicidade completa do Estado de Mato Grosso, que anseia pelo império da Lei e que o TRE casse os culpados.

Mauro, desgastes e projeto à reeleição

mauro mendes curtinha   Não há como negar que o governo Mauro Mendes (foto) enfrenta forte desgaste por causa das medidas restritivas de combate à Covid e, principalmente, devido à exigência da sociedade de maior investimento e planejamento na Saúde. Por mais que o Executivo divulgue feitos e liste...

Thiago, respaldo da igreja e reeleição

thiago silva _curtinha_400   O deputado estadual Thiago Silva (foto) começa a labuta pela reeleição e não terá uma tarefa fácil pela frente. Thiago faz parte do grupo da Assembleia de Deus, que sempre prioriza o colega de Parlamento Sebastião Rezende, que vai tentar o sexto mandato. Curiosamente,...

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...