Últimas

Quinta-Feira, 31 de Maio de 2007, 12h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CORRUPÇÃO

Manifesto em MT cobra zelo com a coisa pública

        Em audiência pública realizada no auditório da OAB nesta quarta (30), 21 entidades assinaram manifesto público com a finalidade de "limpar" o nome de Mato Grosso. O debate durou quase três horas. Indignadas com a onda de corrupção no país envolvendo quase sempre governantes e instituições de Mato Grosso, os representantes anunciaram apoio ao projeto de autoria do vereador Dilemário Alencar (PSB) pela criação do Conselho Municipal de Combate à Corrupção e à Impunidade em Cuiabá.

      No manifesto foram pontuados temas relacionados à fiscalização do poder público e à necessidade de criar sistemas de organização que possam cobrar das autoridades e dos políticos a aprovação de medidas de interesse sociais, como, por exemplo, a reforma política. Segundo o manifesto, o povo mato-grossense “se sente em demasia envergonhado com as atitudes de seus representantes eleitos, com seus nomes sempre presentes nas grandes operações nacionais”.

   De acordo com o presidente da OAB/MT, Francisco Faid, o manifesto tem um tom de convocar a sociedade e serve também como alerta aos políticos.

Entidades que assinam manifesto anti-corrupção

Ordem dos Advogados do Brasil
Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura
Conselho Regional de Corretores de Imóveis
Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil
Associação dos Docentes da UFMT
Sindicato dos Trabalhadores  no Ensino Público
Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público – Subsede Cuiabá
Rotary Club Internacional
Rotary Club Bandeirantes
Sindicato dos Serviços Farmacêuticos de MT
Sindicato das Farmácias de MT
Sindicato dos Médicos de MT
Loja Maçônica Grande Oriente
Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral
Ouvidoria-Geral de Cuiabá
Federação do Comércio de MT
Federação das Indústrias de MT
Instituto Focus
Instituto de Fiscalização contra Corrupção
União Cuiabana das Associações de Moradores de Bairros
Sindicato dos Contadores de MT
Caixa de Assistência dos Advogados de MT

Vereadores
Dilemário Alencar
Francisco Vuolo
Enelinda Scala

Deputado
Alexandre Luiz César

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • wbmawdewef | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.