Últimas

Quarta-Feira, 06 de Janeiro de 2010, 15h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Concurso

Mapeamento de candidatos por região vai evitar atropelos de última hora, diz Maia

   Após o fiasco da primeira tentativa de realização do que seria o maior concurso público do Brasil, uma verdadeira estratégia de guerra está sendo montada pelo Comitê de Acompanhamento para que nada dê errado na primeira, das três, etapas do concurso, que acontece em 31 de janeiro. O secretário-chefe da Casa Militar, coronel Alexander Maia, coordenador do Comitê, informou que a principal determinação é a questão do trânsito, segmento responsável por grande parte da reclamação dos candidatos no concurso de 22 de novembro. Um mapeamento do domicílio dos candidatos está sendo feito para evitar grandes deslocamentos.

   Na próxima segunda (11) o Comitê terá um mapa de quantos candidatos farão provas em cada região. Foram definidas cinco em Cuiabá (CPA, Centro, Verdão, Coxipó e Coxipó da Ponte) e três em Várzea Grande (Cristo Rei, Centro e Centro II). De posse deste mapa, adianta Maia, as empresas de ônibus, que já estão sendo contatadas, poderão planejar o número de veículos para cada local. Na Baixada Cuiabana, 40 mil candidatos farão a prova de nível fundamental.

   A elaboração das questões ainda não terminou. Conforme o coordenador, as questões estão sendo feitas na UFMT e, nos próximos dias, serão encaminhadas a São Paulo para serem impressas. Segundo ele, todo o processo de elaboração está sendo monitorado por câmeras e só há manipulação por pessoal autorizado. As imagens deste monitoramento, após o certame, ficarão disponíveis para análise do Ministério Público e da OAB. Por questão de segurança os nomes dos professores que elaboram as provas são mantidos em sigilo.

   Quanto às inscrições de candidatos a fiscal, o prazo ainda está aberto para servidores ou não, que receberão R$ 60 pelo trabalho. O recurso para pagamento desses últimos, diz Maia, sairá do orçamento de R$ 13 milhões que já foi pago à Unemat na primeira tentativa.

   Maia ressalta que os candidatos portadores de necessidades especiais (PNEs) devem entrar em contato com a coordenação do concurso o quanto antes para informar do que necessitam para fazer as provas. Quem também sofreu algum tipo de acidente de novembro até agora e terá dificuldades em fazer o concurso deve avisar a coordenação para que medidas que facilitem o exame sejam tomadas.

Calendário da primeira prova (janeiro)
6 – Às 18h termina prazo para os candidatos que não encontrarem o nome na lista do nível fundamental possam recorrer
11 a 15 – Capacitação dos coordenadores
15 a 20 – Divulgação dos locais da prova
31 – Realização das provas a partir das 13 horas
 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sirlei e palestra em Brasília nesta 3ª

sirlei curtinha 400   A advogada Sirlei Theis (foto), especialista em gestão pública, palestrante e treinadora comportamental e colunista semanal do portal Rdnews, ministra a palestra Supere-se nesta terça (15), no hotel Inter City, Águas Claras, em Brasília. Em maio, acompanhada do senador Wellington, ela...

Delatado acha que EP perde reeleição

allan kardec 400 curtinha   O deputado licenciado Allan Kardec (foto), secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, e presidente do PDT-MT, até reconhece que o prefeito Emanuel faz uma gestão de razoável para bom em Cuiabá, vê o emedebista com chances de ir para o 2º turno, mas acredita que o...

Dorileo flerta com PSB, mas apoia EP

max russi 400 curtinha   O deputado Max Russi (foto), presidente estadual do PSB, convidou oficialmente o empresário Dorileo Leal, do Grupo Gazeta de Comunicação, para se filiar ao partido e concorrer a prefeito da Capital. Ambos tiveram uma longa reunião no decorrer da semana. Dorileo ficou de avaliar, mas a...

CPI da Energisa, nomes e reclamações

thiago silva 400 curtinha   A CPI da Energisa, criada pelos deputados, vai levantar críticas, denúncias e debates acalorados. E surge numa época do ano em que a conta de luz dos consumidores foi às alturas por causa do longo período sem chuva e do intenso calor. O deputado Thiago Silva (foto) foi um dos que...

Vereador e jornalista trocam ameaças

abilio j�nior 400 curtinha   O vereador Abílio Júnior (foto) e o jornalista-militante José Marcondes, o Muvuca, estão protagonizando um embate pela internet. E a raiz do conflito é o fato do parlamentar ser ligado ao deputado estadual Sebastião Rezende, que teria embolsado R$ 6,5...

Deputado, lista de Riva e preocupação

neri geller 400   O ex-ministro da Agricultura e hoje deputado federal Neri Geller (foto) aparece na lista de José Riva como um dos políticos implicados. Embora bem articulado e numa posição de destaque, como coordenador da bancada mato-grossense, Neri já enfrenta uma série de demandas jurídicas...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.