Últimas

Sábado, 12 de Dezembro de 2009, 09h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

COMUNICAÇÃO

Matéria da Sina repercute demora na aprovação do ZSEE

   Já chegou às bancas a 30ª edição da revista mato-grossense Sina, contendo entre outros temas, textos sobre meio ambiente, direitos humanos e cultura. A matéria de capa, assinada pela professora do Instituto de Educação da UFMT, Michèle Sato, e pelo jornalista Aluízio de Azevedo, aponta que os deputados estaduais ainda não conseguiram chegar a um consenso sobre o projeto de Zoneamento Socioeconômico e Ecológico do Estado (ZSEE/MT), apesar das 15 audiências públicas para debater as propostas. “Em elaboração há mais de 14 anos, há pelo menos 18 meses encontra-se em discussão no Poder Legislativo Estadual. E, provavelmente, por causa do processo eleitoral o zoneamento deverá debutar em 2010, continuando engavetado”.

   Em artigo, o artista, jornalista e vice-presidente da Oscip Instituto Creatio, Aumari Lobo, discorre sobre as ações da Usina Creatio, que, segundo ele, é o nome dado para o somatório de todas as ações sociais da entidade. “Para tal, acreditamos no potencial da cultura enquanto mediadora cultural no meio social e profundamente engendrada com o desenvolvimento humano”.

   Nesta edição, também há uma entrevista com Heitor Queiroz de Medeiros, 53 anos, fundador da primeira organização ambientalista não governamental do Estado: a Associação Mato-grossense de Ecologia (Ame), que marcou a luta ambiental de Mato Grosso na defesa da criação do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. Ele também esteve no principal movimento ambientalista do Brasil, a Eco 92. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • WLadimir Colman | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E ainda querem falar sobre o tempo de conclusão da Av das Torres...
    A ZSEE é importante de mais, para ser tratada com briga de interesses pessoais!

  • edson figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    dizem que é revista financiada por politicos, e que tem posição critica nenhuma, e só entrevista quem paga para isso.

  • Anderson Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    entendo que é necessario vender revistas,que é o objetivo da cncepçao,mas sair criticando um trabalho q esta send feito com tanto esmero é demais de abusado estes senhores,ha necessidade d cuidar d mato grosso por inteiro,de que adianta preservar mantendo o verde se matar o homem ? pq as pessoas dependem do meio p sobreviverem e nao estou falando d gd que ja esta consolidado,o gov federal inventa alguns projetos tais quais algumas ongs,mas esquecem de ir lá conversar com os assentados se tem viabilidade p eles ou nao,preservar é preciso,mas manter o homem e o nosso estado produzindo tbm,esta certa o comissao da al em demorar e analisar muito,pq dps d pronta nao adianta chorar.

  • Mário Hashimoto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu caro Edson Figueiredo (sic). Acho que vc confundiu a Sina com alguma outra revista. Por favor, me diga quem são os políticos que financiam a revista que amanhã estarei lá com nota fiscal para receber. Estou muito precisando. Final de ano, sabe né, Natal, Reveillon...

    Quanto a entrevistas pagas, ainda não recebi do procurador Mário Lúcio Avelar, do Pedro Casaldáliga, da CPT, do MST, do CIMI e até do Heitoreco. Será que eles vão me dar o cano? Faz me o favor...

    Dá dó de ver seu pobre, senão invejoso, comentário, pois quem conhece realmente a revista sabe das dificuldades que enfrentamos para manter uma publicação como essa.

    Valeu Romilson, pelo espaço. É gestos como esse que a Sina ainda consegue circular. Como conversamos anteriormente, vamos nos unir para fortalecer ainda mais. Abraços.

  • José Ricardo C Fernandez | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens aos editores da Revista Sina, os artigos são de excelente qualidade e permitem a reflexão sobre os mais variados temas.

  • Mário Hashimoto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esqueci de me identificar no post acima.

    Mário Hashimoto é diretor, editor, revisor, marqueteiro, cobrador e entregador. Às vezes faz um frila para sobreviver, sonhando com um mundo melhor para todos.

  • eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O srº mario hashimoto (?), como jornalista deveria saber aceitar criticas como a do senhor edson figueiredo, das quais concordo em termos. eu, particularmente, nunca vi essa tal revista sina falar qualquer coisa sobr os fatos que envolvem a camara muncipal de cuiabá, a assembléia legislativa, o poder judiciário de mato grosso, o palácio alencastro, o palacio paiaguás, enfim, parece que vivemos no país das maravilhas, está tudo bem, está tudo ótimo, os ricos ficando cada vez mais ricos, e o pobres? O estado sendo surripiado em seus estoques de recursos naturais para satisfazer a ganância de poucos, e bem, os pobres cada vez mais miseráveis, e a nossa mídia continua fazendo o marketing dos governos e elites econômicas de plantão, vendendo o estado de mato grosso como se por aqui fosse um estado rico, justo e sustentavel do ponto de vista ambiental, o que absolutamente, qualquer cidadão matogrossense com o mínimo de sensatez sabe que não é verdade. para fazer charminho para o governo, fazer maquiagem jornalistica já temos aqueles colunistas sociais que acham que só presta quem têm dinheiro, e pobre é sinônimo de incompetente. Oh mário, vamos parar de hipocresia, a sua revista está mais para colunismo social do que para colaborar na formulação da autocritica e ampliar consciência do povo matogrossense quanto a sua realidade socia, econômica e ambiental. O povo matogrossense não têm a sina de ser manipulado e ludibriado pela mídia amestrada, chega. precisamos da mídia livre e independente, sem rabo preso, como este RDNEWS.

  • solange | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nem acreditei quando me falaram que a Revista Sina está sendo criticada por falta de postura a favor dos menos favorecidos e ainda faz matérias pagas!!
    Precisam ler a revista antes de fazer esta crítica!
    É um dos poucos veículos de comunicação em Mato Grosso que tem coragem de levar com transparencia os fatos políticos que merecem ser destatacados, como este do Zoneamento, q, e ao lado da maioria da população que pouca chance tem de divullgar sua apinião.

  • Mário Hashimoto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eduardo ou Edson, Edson ou Eduardo(?). Não vamos, nem quero polemizar. Já desconfio quem seja, mesmo sob anonimato. Então façamos assim: a Sina segue, vc segue e vamos em frente, afinal já são 3 anos no mercado e pretendo ir mais longe. E deixe de usar pseudônimos, seja pelo menos ao teclar aqui, homem.

  • mario luis freire | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o solange, deixa de ser ingênua, o zoneamento é o maior blefe da história politica deste estado, audiências montadas, público convidado, relatoria já compromissada com o texto final, ou seja, um verdadeiro teatro amador, onde só não percebe quem tem a sina de ser enganada pela mídia amestrada ou defende outros interesses mesmo, que não o do interesse do povo matogrossense.

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...