Últimas

Segunda-Feira, 11 de Junho de 2007, 11h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Mato-grossense assumirá presidência do STF

     O polêmico ministro Gilmar Mendes assume no ano que vem a presidência do Supremo Tribunal Federal. Mato-grossense de Diamantino, ele ocupa hoje a vice-presidência do STF. Pelo acordo entre os 11 membros do Pleno, Mendes será o sucessor da presidente Ellen Gracie para mandato de dois anos.

     Ex-advogado-geral da União, Mendes foi indicado à cadeira de ministro no governo Fernando Henrique, em 2002. Hoje, com 52 anos, ele nunca experimentou tanto poder. Há 36 anos, sentava-se no banco das escolas de Diamantino, município comandado hoje pelo irmão Chico Mendes (PR), que está no segundo mandato. Há 17, concluía seu doutorado na Universidade de Münster, na Alemanha. Há 15, defendia o ex-presidente Fernando Collor no STF e, há cinco anos, se torna ministro.

   Entre os feitos de Gilmar Mendes na carreira jurídica está a elaboração do anteprojeto da Emenda Constitucional que criou os Juizados Especiais Federais e, mais tarde, a lei que resultou na sua regulamentação e funcionamento. Clique aqui e saiba mais sobre a trajetória de Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens ao Ministro GILMAR MENDES pelo belo exemplo que dá,a população de MT ficará orgulhosa com mais este Cargo
    que ocuparás no poder maior do judiciario brasileiro, com isso provaremos que existem homens Probo neste territorio,
    que apesar de todas as mazelas existentes por ai MT continua
    tendo Filhos ilustres e reconhecidos pelos méritos ,pela inteligencia (videcurr).

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    GOSTEI DEVER A ALEGRIA DESTA SENHORA DO COMENTARIO ACIMA PARECE QUE TRABALHA NA ANTE-SALA DO MINISTRO P/ATENDER TELEFONE, ANOTAR RECADOS,SÓ EU QUE FIQUEI MEIO TRISTE PORQUE COLARINHO BRANCO NÃO VAI FICAR MAIS NA CADEIA, VAI TER MAIS SERVIÇOS P/ AS GRAFICAS FAZER MAIS BLOCOS DE HABEAS-CORPUS.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr Elifaz,obrigada pelo comentario maldoso acerca do Ministro, não é exatamente necessário ser uma servidora de gabinete para entender que o poder da lei sobrepõe aos seus desejos de cidadão . O Ministro conhecedor da lei foi competente o suficiente para executa-la. Volto a afirmar eu uma simples leitora , estaremos orgulhosos pela indicação
    de GILMAR MENDES pois tenho certeza, sua historia assim como tantos MT honrados escreverão para nossa alegria no contexto nacional.

  • Emerson Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Diamantino está de parabens, e Mato Grosso vive o apogeu juridico. Nao somente a Sra Ana Maria, como eu tambem, estou muito feliz em ver mais matogrossense no mais alto grau do poder judiciário desta naçaõ. Parabenizo ainda a familia tradicional do honroso ministro Gilmar Mendes. Familia de tradição no judiciário. Quanto ao Sr Elifaz José Ribeiro, bom, como sempre diz meu avo. A INVEJA SOMENTE FAZ MAU AO SEU HOSPEDEIRO.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom primeiro eu quero pedir permissão ao Rdnews p/ respondera esses dois"comentaristas de ante-sala":primeiro:eu não sou juiz p/ter inveja a minha profissão é totalmente opósta à dele a minha é:colocar:POBRE "RICO"PRETO "BRANCO"PUTA "MADAME" na cadeia espero que seu avô ñ seja parente do seu "CHEFE"para mim esta encerrado o asssunto.MUITO OBRIGADO AO RDNEWS.

  • FABIO REGIS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MATO GROSSO MAIS UMA VEZ SE SENTE HONRADO, COM ESTE ILUSTRE CIDADAO. PARABENS.

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.