Últimas

Segunda-Feira, 14 de Maio de 2007, 11h:32 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Mato grosso merece mais respeito

     Quão diferentes podem ser pessoas da mesma Família. No poder ou fora ele.o ex-senador Antero, descendente de uma família que teve homens do peso e da qualidade de Antonio Paes de Barros, em um momento de luta a favor de Mato Grosso, se articula para dificultar ou mesmo “tentar” impedir a ida de Luiz Antonio Pagot para o DNIT, por simples vontade de causar empecilhos ou talvez, por vaidade pessoal, no sentido de estar na mídia.
     Quem tem telhado de vidro, não joga pedra no telhado dos outros.Façamos uma avaliação da atuação dos Governos que o citado ex-senador acompanhou e dos quais fez parte integrante, nos quais, o nosso Estado, embora tenha grandes valores, não conseguiu colocar em cargos de destaque e importância, os nascidos aqui ou os que escolheram Mato Grosso para viver. Poderia ele ter conseguido isso, não fosse a mesmice política que estava arraigada nos homens do Poder do qual fez parte. O PSDB, que tenta agora, atravancar a ida de Pagot para o DNIT, fez o que mesmo para MT nessa área? Ou em outras áreas? 
     Ficamos aí, durante anos, esperando e sempre esperando pelo pior. Na área ambiental  por exemplo, permitiram que tudo acontecesse sem jamais tomar atitudes duras e necessárias. Por essa omissão, pagamos até hoje e continuaremos pagando se também, nesta gestão, não forem adotadas políticas decisivas e sem interferência política que a impeça, o que, infelizmente, sempre acontece.
     Às vezes, o Governador deseja fazer alguma coisa certa,  mas no entanto, é obstado pelos políticos de plantão (alguns, plantonistas há muitos anos), porque eles têm que cumprir compromissos com aqueles que financiaram suas campanhas ou mesmo, com seus próprios interesses pessoais.
     Vemos esse filme novamente. Um ex-parlamentar, por mero interesse pessoal ou de alguns que com ele fazem parte de “um grupo”,  tentam impedir a inserção de Mato Grosso no cenário Nacional. Além é claro, de trazer prejuízos ao Estado, pois afinal, se o governador Blairo Maggi não conseguir arrumar estradas e melhorar a malha viária do Estado, amanhã isso servirá de palanque político para os que agora, o “apedrejam”.
     Ao que me consta, o “estrangeiro” Pagot, é um homem íntegro. O que vejo no convívio que tenho com ele às vezes, é que além de equilibrado e inteligente, é pouco afeito a conversinhas ou fuxicos políticos. Ouve, avalia e faz.
     Tenho assistido, agora fora da vida pública por opção, até que consiga ver boas intenções em nossos mandatários, um festival de corrupção e de falta de amor à Nação Brasileira. Assim, também, falta de amor e compromisso com Mato Grosso.
     Quem tem suas origens aqui ou não, deve amar e trabalhar pelo Estado. Os que não o fizerem, sendo mato-grossenses, são filhos desnaturados, e os que não forem, são ingratos e ambos, de caráter duvidoso, pois o caráter de um homem é a melhor herança que pode deixar e é o espelho da sua dignidade, honra, moral e decência.
     Mato Grosso merece respeito. Quem estiver contra Pagot, que mostre o que fez na vida política do Estado e por ele, enquanto esteve no Poder.
     Caso contrário, silenciar é a única coisa inteligente que tem a fazer, pois afinal, não é sábio falar do que não fez.

Oriana Paes de Barros é procuradora federal aposentada, pecuarista e pantaneira         

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Temor e negociação com 3 partidos

wilson kero-kero 400 curtinha   Depois de ajudar na articulação para se filiar ao Podemos o colega vereador Dilemário Alencar, que estava "fritado" e sem espaço no Pros e procurou abrigo em outra legenda, Wilson Kero-Kero (foto) está agora com receio de migrar para o partido da senadora cassada Selma Arruda e do...

Agora no DEM e foco à saúde pública

gilberto figueiredo 400 curtinha   Gilberto Figueiredo (foto), vereador licenciado da Capital e secretário de Estado de Saúde, aproveitou a janela - data limite de filiação até sábado (4) para quem quiser ser candidato em outubro -, e ingressou no DEM. Agora, o partido do governador Mauro, até...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.