Últimas

Quarta-Feira, 18 de Junho de 2008, 12h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

VARIEDADES

Mato Grosso usa dados do Inpe para fazer propaganda

AFRA BALAZINA
DA REPORTAGEM LOCAL

  Depois de questionar diversas vezes publicamente os dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o governo de Mato Grosso distribuiu à imprensa um folheto em que usa números do órgão para fazer propaganda de suas ações de combate ao desmatamento.

  No material, aparecem as taxas de desmate nos Estados segundo o sistema Prodes (Programa de Cálculo do Desflorestamento da Amazônia) e é ressaltado que o Estado obteve redução de 72% em áreas desmatadas entre 2005 e 2007. A reportagem refez o cálculo e chegou a uma redução de 65,3% -de 7.145 km2 para 2.476 km2.

  O folheto também diz que "há três anos Mato Grosso deixou de ocupar a primeira posição nacional em desmatamento". O Estado perdeu o posto de campeão no ranking nos últimos dois anos fiscais (de agosto de um ano a julho do outro). Mas ainda não é possível saber se manterá o feito em 2007/ 2008. "Anota aí, quando fechar, vai ser menor que essa taxa [de 2.476 km2]", disse à Folha Luís Henrique Daldegan, secretário de Meio Ambiente.

   O governador Blairo Maggi (PR) várias vezes duvidou dos dados do Inpe do sistema Deter (Detecção do Desmatamento em Tempo Real). Chegou a dizer que "o Inpe, nos últimos tempos, tem feito a divulgação de índices de desmatamento muito elevados em relação ao que temos encontrado".

   Segundo o secretário, o governo não concorda com o fato de o Deter considerar não só corte raso, mas também degradação florestal -enquanto o Prodes detecta só corte raso. O Inpe avalia que o Prodes, que é anunciado no segundo semestre, vai confirmar os dados do Deter de tendência de alta no desmatamento na Amazônia Legal. Segundo Dalton Valeriano, do Inpe, houve confirmação nos últimos três anos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...