Últimas

Sexta-Feira, 11 de Dezembro de 2009, 18h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

SAÚDE PÚBLICA

Maurélio e Augustinho são convocados pela CPI da Saúde

   O novo secretário de Saúde de Cuiabá, Maurélio Ribeiro, que assume a pasta na próxima segunda (14) em substituição a Luiz Soares, já será convocado pela CPI da Saúde da Assembleia Legislativa, em regime de urgência, para prestar tratar sobre contrato firmado com o Hospital Geral Universitário. O secretário estadual Augustinho Moro também deve ser "intimado". A parceria com a unidade de saúde é tida como uma das alternativas para acabar com a fila de espera por cirurgias em Cuiabá. Hoje mais de 3 mil pessoas aguardam por procedimentos cirúrgicos. Maurélio deve tomar posse na segunda (14) e já passará pela primeira prova. 

   Essa será a primeira prova enfrentada por Maurélio, que substiturá o polêmico Luiz Soares. Além de convocar os gestores, o presidente da CPI, Sérgio Ricardo (PR), adiantou que vai requisitar à secretaria estadual de Saúde o cálculo do valor estimado para zerar a fila por especialidade. “É preciso acabar com o sofrimento destas pessoas, por isso, devem ser feitos convênios com a rede de hospitais filantrópicos e particulares. Se necessário podemos propor preços diferenciados da tabela do SUS”, afirmou o republicano.

  Para ele, grande parte do problema poderia ser resolvido se as questões políticas fossem deixadas de lado. “Muitos estão morrendo por causa da falta de um acordo”, enfatiza. Nesta quinta (10), a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Meio Ambiente Aparecida Silva Rodrigues detalhou os motivos que levam a população a ficar nas filas de espera.

   Segundo ela, os baixos salários dos trabalhadores, o excesso no número de cargos de confiança e apadrinhamentos, além de convênios firmados com Organização da Sociedade Civil para Interesse Público (Oscips), que seriam usados para complementar o pagamentos de plantões de médicos, são alguns dos fatores que contribuem para o caos no setor. “Parece uma bancada de negócios. Por questões políticas, utilizam os cargos para colocar pessoas que não entendem o SUS”, criticou Aparecida.

   Na próxima semana, a CPI da Saúde ouvirá o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Serviço de Saúde, José Ricardo de Mello. Já está programada uma visita ao hospital Regional de Cáceres. Além de Aparecida, foram ouvidos os presidentes do Sindimed e do CRM, Luis Carlos Alvarenga e Arlan Azevedo, respectivamente. A CPI foi criada para investigar as causas do caos na prestação do serviço público de Saúde em Mato Grosso. O foco maior está em Cuiabá e Várzea Grande. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.