Últimas

Segunda-Feira, 17 de Março de 2008, 15h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VÁRZEA GRANDE

MCCE denuncia Júlio de novo por propaganda

  O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) ingressou com mais uma representação eleitoral junto ao Ministério Público contra o pré-candidato a prefeito de Várzea Grande, Júlio Campos (DEM). Acusa o democrata de promover propaganda eleitoral extemporânea, ou seja, fora do período permitido pela legislação, e ainda de utilizar caixa 2.

  Segundo a representação, aliados de Júlio Campos, que disputa com Wallace Guimarães o direito à candidatura à sucessão municipal pelo DEM, estiveram distribuindo, na sexta (15), milhares de exemplares do jornal Folha do Estado, no terminal de ônibus de André Maggi. “O representado abordava as pessoas, entregava o jornal, dava o recado, tudo nas dependências do terminal André Maggi, um local público, onde é proibida a propaganda eleitoral”, diz trecho da representação.

   Anexa à representação está um DVD com imagens da entrega dos jornais, além de um exemplar do impresso com a manchete destacando o resultado de uma pesquisa eleitoral em que o conselheiro aposentado do TCE figura entre o mais cotado à sucessão do prefeito Murilo Domingos (PR).

    Caso seja confirmada a propaganda fora de época, Júlio Campos terá que pagar uma multa que varia entre R$ 21,2 mil a R$ 53,2 mil. Ele ainda corre o risco de ter o registro de candidatura indeferido. Esta já é a segunda representação do MCCE, coordenado por Antonio Cavalcanti, o Ceará, contra o pré-candidato. No mês passado, o Movimento acusou Júlio Campos de promover um jantar em uma churrascaria, que se transformou “num enorme comício". (Simone Alves)

  • Clique aqui e confira a nova representação contra Júlio Campos.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Estanislau Rodovalho da Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Entre os tres pré-candidatos que disputam para sairem candidatos a Prefeito de VG,existe uma enorme diferença de um deles. Não se pode colocar no mesmo patamar o ex-governador Julio Campos com os outros.Estes ainda não disseram a que vieram como deputados e, querer igualá-los a quem já foi governador, senador, dep. federal e conselheiro,é não saber distinguir àgua do vinho.Portanto não há o que se discutir. Vai ganhar o melhor.É Júlio!!!!!

  • vilson nery | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A teor de alguns comentários já publicados, a turma do DEM (Deixa eu Mamar)é maior que se imagina. Mas a inclusão destes (por ora, DEsMamados)em suspeitas folhas de pagamento (na prefeitura de VG) está ficando cada dia mais difícil, graças ao controle externo da sociedade e de instituições como o MP.

    O MCCE não tolera qualquer tipo de propaganda extemporânea, uma das causas do "caixa dois" e da corrupção eleitoral. TODOS os pré-candidatos em campanha na linda Varzea Grande já foram objeto de representação perante o Juízo Eleitoral e o MP. E a julgar por recentes condenações, podemos ficar essperançosos.

    Por derradeiro, assim como o MCCE não se esconde, importante seria que alguns comentários publicados trouxessem a (verdadeira) identidade de quem os expressou, a fim de serem questionados sobre o teor, algumas vezes raivoso e calunioso, de saus afirmações. É possível também comprendermos por que computadores de órgãos públicos (do Esatdo de das Prefeituras) são usados para esse fim, durante o horário de expediente.



    Vilson Nery

  • Ronan Vítor | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Várzea Grande já foi uma cidade, hoje é um distrito, graças as experiências...
    Coloque numa listagem tudo de bom que Várzea Grande tem, e já teve e procure saber quem fez, acredito que menos de 5 % tenha sido feito e conquistado em adm. de prefeitos que naum foram do PFL (hoje DEM).Digo mais, os Campos amam VG e nunca deixarão que oportunistas, que nunca fizeram nda em Várzea Grande, nem quando foram eleitos pra fazer. Várzea Grande quer, progresso e responsabilidade.
    Chega de demagogos, que fazem pilantropia, dando leite, o povo quer a vara de pescar, naum o peixe...

  • Francisco ALMEIDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante essa denuncia o MCCE,de propriedade do vulgo cidadão CEARÁ, contra a divulgação de uma pesquisa realizada´pelo jornal FOLHA DO ESTADO,publicada e registrada no TRE-mt, que dá uma vantagem de l2 por cento de vantagem para o candidato do PP, sr.MACKSUES sobre os dois provaveis pré candidato do DEM, dr.WALLACE E dr.JULIO. Pois pelo que entendo então quem tinha de ser denunciado e punido é o candidato do PP sr. Macksues que esta na frente e ganha dos dois candidatos do DEM. vá plantar banana seo CEARÁ,voce e seu MCCE tem que denunciar esses deputadinhos-locutores e apresentadores de TV, que usam e abusam da nossa paciente todos os dias fazendo demogogias.

  • KASSIRA MATTOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    quero parabenizar o FRANCISCO que alertou a nos leitores do RDNEWS, que o grande beneficiado com a divulgação dessa pesquisa do PRODATA/Folha do Estado publicada na semana passada, foi o candidato Macksues Leite do PP, que saiu em primeiro lugar, com l2 pontos a frente do JULIO e do Wallace, mostrando a força da sua candidatura. Tanto é verdade que no seu programa de rádio,e da TV ele fez questão de divulgar esses dados, ainda se vangloriando de que se o DEM escolher o WALLACE perde,e o Julio idem...
    ENTÃO a distribuição de jornal com a pesquisa que foi registrada no TRE-MT no terminal Andre Maggi não tem crime nhenhum, quanto mais abuso de poder. O MCCE deve estar a serviço de alguem para pertubar o DEM da Varzea grande,ainda bem que o nosso TRE não vai cair no conto desse vigarista e desempregado chamado de CEARA´´,que de cearense nada tem, pois os nordestinos são muito trabalhadores ,coisa que nunca vi este cidadão fazer.

  • carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse Julio. Não sabe mais o que fazer pra angariar a simpatia da população. Só lhe digo Sr julio Campos: "depois que a máscara cai é dificil recupera-la"

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

MAIS LIDAS