Últimas

Quarta-Feira, 16 de Julho de 2008, 15h:34 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

DENÚNCIA

MCCE pede impugnação da candidatura de Júlio

  O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) ingressou junto ao Ministério Público com um pedido de impugnação do registro de candidatura de Júlio Campos (DEM), que concorre a sucessão em Várzea Grande, em razão dos vários processos que pesam contra o democrata. O mais grave trata do suposto envolvimento de Júlio nas mortes de Antonio Ribeiro Filho e Nicolau Ladislau Haraly, sócios da empresa Agropastoril Cedro Bom e donos de 100 mil hectares de terras de garimpo em Aripuanã.

    De acordo com o MCCE, a polícia pediu a prisão do ex-governador e ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que, em seguida, conseguiu um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) e nem chegou a ser preso. O processo, porém, continua em andamento. Além disso, o MCCE questiona o fato de Júlio ter declarado bens na ordem de R$ 11,1 milhões junto à Justiça Eleitoral, sendo que sempre atuou como servidor público. "Seria um absurdo um patrimônio desse porte para quem tem a formação de engenheiro e sempre sobreviveu de salário de servidor público".

   O movimento calcula que, enquanto engenheiro agrônomo da antiga Codemat, Júlio deveria receber entre R$ 1,5 mil a R$ 3 mil. "Se ele (Júlio) poupasse os vencimentos de 30 anos de trabalho, sem pagar alimentação, não tendo gastos com roupas, prestações de cartão de crédito, carnê de crediário, bebidas, hotéis, viagens etc., sua fortuna seria de R$ 1,8 milhão, ou seja, 5% do que realmente declarou ao Juiz Eleitoral", diz o documento.

   Conforme a denúncia, ainda tramitam cerca de 14 processos contra o democrata na Justiça Estadual, sendo que a maioria diz respeito a sonegação de contribuições sociais previdenciárias. Júlio ainda é acusado supostamente de "usar e abusar" dos recursos financeiros da chamada Fundação Júlio Campos antes de 6 de julho, data a partir da qual foi liberada a propaganda eleitoral. "Em datas como Dia do Trabalhador, aniversário do município, Dia das Mães, Festas Juninas e de Santos etc, sempre havia a farta exposição de faixas nas ruas de Várzea Grande com s inscrição: A Fundação Júlio Campos parabeniza".
 (Pollyana Araújo)

  • Confira aqui a íntegra da representação

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - ---- E AÍ, M.P., S.T.J., S.T.E, E OUTROS COMO É QUE FICA, ELE TEM BERERE E NÃO É POBRE, JÁ TEM VÁRIOS SINTOMAS PARA SER IMPUGNADO, COMO É QUE FICA?????

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo o respeito ao movimento contra a CORRUPÇÃO, acho muito simplista essa coisa de fazer o cálculo do sálario do Sr. Júlio Campos como se ele fosse Engenheiro e recebesse como tal por TODA SUA VIDA. Vamos colocar os pingos nos ís, meus camaradas. Primeiro que a de se considerar que o Sr. Júlio Campos exerceu cargos dos mais diversos e com salários muito além do que é descrito na matéria (R$ 1500,00 - mil e quinhentos reais). Se buscarmos na memória os cargos exercidos, com valores atualizados teremos mais ou menos o seguinte: Prefeito de VG - salário de R$ 7000,00; dep. federal 78/82 - 12.000,00; Governador MT 82/86 - R$ 12.000,00; dep. federal 87/90 - R$ 12.000,00; Senador da República 93/98 - R$ 16.000,00; Conselheiro do TCMT - R$ 16.000,00. Bem, se computarmos todos os meses recebidos, mais 13o. salário, férias com 1/3 constitucional, descontados o Imposto de Renda e sem contar verba de gabinete, teremos um total atualizado próximo a R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais), sem contar lucros advindos de empreendimentos. Portanto, gostaria de dizer aos senhores que compõe esse tal de movimento de COMBATE À CORRUPÇÃO que façam a crítica e fiquem atentos, mas que parem de querer aparecer, viu seu Ceará??? O senhor é que deveria ser investigado pra ver se não está recebendo algo das partes interessadas nas denúncias. Fica esperto.

  • Marcos Cézar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha aí povo, tá vendo em quem estão querendo votar para Prefeito. Esse valor é só o que declarou fora o que não declarou que deve ser no mínimo o dobro. De onde saiu todo esse dinheiro? MP deve investigar.

  • edvaldo ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Hum absurdo e tanto essa materia da impugnaçao de julio campos, o pais inteiro todos os politicos tem patrimonio muito, mas muito acima da renda... esse movimento antes de mais nada, tem q pesquisa... pra poder divulga.. materias infundadas.. pior ainda o rdnews da espaço a tao falsa materia...qtos de dinheiro murilo esta desviando na cara do povo e o mcce nao faz nada... é pura persiguiçao...
    deveriam ter mais cautela na divulgaçao de materias...

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Notícias como esta que leva descrédito as instituições e piora quando vemos aqueles que procuram a vida pública não com o sentimento de servidão a sociedade mais para abriga-se pelo manto do poder em ações nada ética.Cabe a sociedade saber separar o joio do trigo,estirpando o joio que é uma erva daninha e ficando com o trigo que representa o pão da vida que alimenta a esperança de dias melhores para nós a família e as gerações futuras,isto começa quando sovamos este pão com escolha consciente dos nossos representantes políticos e mandatários do poder que poderá nos dar a cidade,o Estado e o país do sonho de todos nós construindo uma sociedade mais justa e igualitária,sedimentada em nossa cidadania,não a corrupção escravizadora de consciências.

  • Pedro Lopes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero dizer ao MCCE que prove tudo o que fala, pois se Júlio Campos tem esse patrimônio é porque trabalhou. Agora o que não podemos admitir é esses cearazinhos da vida que não tem nada a perder, do que tirar a dignidade e a honradez de um homem que ja foi Governador, Senador, Deputado Federal, Prefeito e Conselheiro do Estado como Júlio Campos. O PT usa esse MCCE para ludibriar o povo. Vamos para o voto popular, e vê quem tem a população do lado.

    Até a vitória Júlio Campos!!!!!

  • eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO AI EH SOH 10% DOS PODRES CESSE CARA AI

    ESSE JULIO CAMPOS EH UMA FARCA

    NEM O FINADO SEU FIOTE (PAI DE JULIO) NAO GOSTAVA DELE

    O POVO DE VG TAM QUE ABRIR O OLHO E NAO VOTAR NELE NAO

  • Roberto Antunes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Porque a imprensa, o TRE e o MCCE nunca levantou a fortuna do servidor público Osvaldo Sobrinho.
    Os professor sempre reclamam de seus salários baixo, fazem paralisação. Os professor estaduais deveriam seguir o exemplo do professor osvaldo Sobrinho é dono de rede de emissoras de rádio (a mais nova compra foi por quase 2 milhão uma rádio do ex-deputado Ricarth em Sinope), fazendas com mais de 3 mil cabeças de boi, apartamentos, e ainda agora no denit....viu só professores estaduais, vocês devem aprendê com o osvaldinho.....

  • J.luiz Gattas Monteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deixem de ser invejosos com relação ao patrimonio econômico do Senador Julio Campos, há mais de 50 anos,conheci o Julinho,que foi meu colega no Colegio Salesiano S.Gonçalo, isso em l958,e naquele tempo quanto todos nós jovens,iamos ao Colégio de onibus ou de bicicleta,o Julinho, o Paulo César e o António Carlos Candia,eram os unicos que chegavam de carro, Rural Willys,trazido por motorista de suas familias.Eu até ficava com um pouquinho de inveja os 3 ricaços da turma.Na epóca ja comentavam que o pai do Julio,era povo rico de V.Grande,fazendeiro e comerciante, e o dois primos Candia,Paulo e Ant.Carlos,eram donos da revenda Chevrolet em Cuiabá, e filhos de médicos importantes. Vamos admitir,se em l958 esses tres guris já eram filhos de pais ricos e importantes, imagina hoje, passado 50 anos,não tenho duvida que tanto o Paulo César e Antonio Carlos devem estar ricos,pois sei que um é médico e outro famoso Arquiteto,e o outro o Julio,que é Engenheiro,dono de empresa de Loteamento há mais de 30 anos,antes de ser politico, deve estar rico, achei até pouco ele ter apenas ll milhoes de reais de patrimonio. Pois tem muitos pau-rodados,que chegaram em Cuiabá,com uma mão na frente e outra atraz,tem o triplo de patrimonio declarado pelo Julio, como exemplo o tal de Mauro Mendes, que foi colega de meu filho na UFMT e não tinha onde cair morto,e diz ser dono de 26 milhoes de reais , e ninguem protesta, vai se rpuxa saco e covarde la na conchicina...

  • Adv Luiz António | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não acredito que vá prosperar esse tipo de representação do MCCE pela impugnação da candidatura do sr.Julio Campos,a Prefeitura de V.Grande. Pois qualquer autoridade juridica sabe, que estar sendo investigado em Inquerito Policial,em qualquer instancia,não significa estar respondendo processo.E mesmo repondendo algum processo, nhenhum cidadão brasileiro pode ser prejulgado,conforme preve as leis do nosso Brasil. Portanto seria bom que esse colega que assessora o MCCE e o sr.Ceará tenha mais cuidado com oque escreve, por isso que o indice de aprovação dos formandos pelas escolas de direito de MT, é cada vez menos nas provas da OAB-MT.

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.